Home Aviação de Caça Qatar compra 36 caças Boeing F-15 por US$ 12 bilhões

Qatar compra 36 caças Boeing F-15 por US$ 12 bilhões

4563
47
Boeing F-15

O Qatar assinou um acordo de US$ 12 bilhões para comprar 36 aviões de combate F-15 dos EUA.

A venda foi finalizada em uma reunião em Washington entre o chefe de defesa dos EUA Jim Mattis e sua contraparte do Qatar.

O acordo vem dias depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, acusou o Qatar — um grande aliado dos EUA — de financiar o terrorismo “em um nível muito alto”, uma acusação que o Qatar nega.

Outros países do Golfo recentemente cortaram os laços com Doha, acusando-o de desestabilizar a região através do suposto apoio de grupos extremistas e ligações com o Irã.

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, falou aos reis da Arábia Saudita e do Bahrein, bem como ao emir do Qatar, na quinta-feira, instando-os a “abrandarem urgentemente a situação” e “dialogarem de forma significativa”, de acordo com uma declaração de Downing Street.

Qatar é o lar da maior base aérea dos EUA no Oriente Médio, Al-Udeid. Ela abriga cerca de 10.000 soldados e desempenha um papel fundamental nas operações lideradas pelos EUA contra o chamado grupo islâmico (IS) na Síria e no Iraque.

Os comentários do Presidente Trump pareceram em desacordo com o Departamento de Defesa dos EUA, que havia louvado o “comprometimento duradouro do Qatar com a segurança regional” alguns dias antes.

A Arábia Saudita, outro aliado chave dos EUA, movimentou-se para isolar o emirado rico em gás desde o início deste mês. Riyadh isolou sua fronteira, fechou seu espaço aéreo para a Qatari Airways e – juntamente com o Bahrein, os Emirados Árabes Unidos e o Egito – romperam as relações diplomáticas.

Um funcionário do Qatar disse que o acordo para os aviões de combate era “a prova de que as instituições dos EUA estão conosco, mas nunca duvidamos disso”, informou a agência de notícias Reuters.

“Nossos militares são como irmãos. O apoio da América ao Qatar é profundamente enraizado e não é facilmente influenciado por mudanças políticas”, disse o funcionário anônimo.

Uma fonte do Ministério da Defesa do Qatar disse à Reuters que Doha comprou 36 dos aviões.

O acordo ocorre apenas algumas semanas depois que os EUA concordaram em vender aos sauditas mais de US$ 100 bilhões em armas.

À medida que as tensões entre o Qatar e os seus vizinhos aumentam, o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu, visitaria o Kuwait na quinta-feira, como parte de uma missão para tentar resolver a crise.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, apoiou firmemente o Qatar, chamando as medidas lideradas pelos sauditas de “desumanas e contra os valores islâmicos”. O Kuwait também tem mediado a situação.

Na semana passada, o parlamento turco autorizou o desdobramento de tropas turcas no Qatar no que foi visto como um show de apoio ao emirado. Ancara também enviou alimentos para o Qatar, que dependia das importações da Arábia Saudita.

FONTE: BBC

47 COMMENTS

  1. É o que dá juntar muito dinheiro, religião e gente louca.
    Alguém aperta um botão, faz cabum e aí já viu.
    Seu eu fosse Israel ficava de olho nessa zona para não sobrar para eles também. Afinal de contas, aquele pessoal só quer um motivo para baixar o pau num judeu. O problema é conseguir.
    Abraços.

  2. Corsario137 16 de junho de 2017 at 12:45
    ————————————————
    Sempre que eu acho que estou conseguindo entender um pouquinho das coisas de lá, surgem novos fatos incoerentes, e eu volto a me perceber ignorante.
    Há uma disputa entre os sunitas – ou melhor, os wahabitas do Golfo – para liderar o sunismo.
    Abaixo da liderança natural da Arábia Saudita, o Qatar e os Emirados Árabes Unidos procuram se mostrar “moderninhos” com ações de propaganda como a Al-Jazeera e suas empresas de aviação comercial, com o turismo, etc., mas, de fato, são extremistas religiosos.
    Talvez o Qatar tenha se aproximado do Irã por antagonismo aos EAU.
    Ou então eu estou conjecturando de forma completamente equivocada – e isso é bastante plausível.

  3. Qual será o pacote de armas vendido? Visto que foram 12 bi por apenas 36 caças! F-15 é caro mas nem tanto… rs

  4. o erro do qatar foi só o irã. o qatar por ser a monarquia mais avançada e moderna da região pro globalização pensou q poderia aproximar sunitas de xiitas; é mais facil judeus e wahabitas conviverem q com aquela gente do irã…o irã pensa q vai se ver livre disso a propria arabia saudita esse mes ja lançou um ataque contra o parlamento iraniano e estão cometendo um grande erro na siria e em uma parte do iraque mais pros lados de mossul q é o motivo do nascimento do ei. é o abuso de poder dos xiitas q excluem os sunitas em um pais onde são maioria. o irã não pode continuar cometendo seus crimes impunemente. sanções devem ser aplicadas a todos q conversam com o irã q tem q ser um país isolado dos outros…assim como a coreia do norte e como cuba foi. axo q esses f-15 foram a forma q os eua axaram de agradar o qatar q com certeza se arrependeu de conversar com o irã

  5. Os problemas do Oriente Médio, chamam-se, interferência externa e muito petróleo.
    E saciar a sede de petróleo dos EUA e da China, não é fácil.
    Com certeza a China e os EUA estão envolvidos nesses problemas.

  6. Só sonhando… Mas que seria legal 36 águias dessas complementando os 36 Gripens aqui na FAB… Aí caí da cama!

  7. O problema se chama dutos de óleo ! O Catar tem projetos que ligam ele a Europa e que passa pela AS,Iraque e Síria com a influência iraniana aumentando no Iraque e na Síria os Sheiks do Catar tem q pedir benção ao aiatola

  8. brasilino 16 de junho de 2017 at 14:25

    Curioso a sua opinião, pois eu penso exatamente o oposto. O problema do oriente médio vai muito além do simples petróleo e intervenção externa. Lá eles já se matavam antes do petróleo, quando não há intervenção eles se matam do mesmo jeito. kkkkkkk
    Esse papo de petróleo é coisa de professor do ensino médio no Brasil querendo jogar os jovens contra os EUA, o que tem de professor doutrinando aluninhos não é pouco. A situação no oriente médio é mais complexa.

    Abraço!

  9. O problema é a Arábia saudita e não o Irã.
    Se eu fosse o Irã esqueceria essa história de bomba atômica.
    Acho correto o apoio que eles estão dando na Síria e no Iraque.
    Afinal de contas, quem criou ou apoiou o estado islâmico?
    O catar está errado em apoiar a irmandade islâmica.
    O pior é que tirando Arábia saudita, Irã, Iraque e Egito esses outros são um ovo.
    Não tem território nem população.
    Essa exclusão do catar é autoritária…

  10. o problema é do oriente médio é o islã, sunita e xiitas, monarquias nadando em petroleo… é cultural…
    eles se matam antes mesmo de entenderem para que serve petroleo…

  11. 36 caças F-15 por $12Bilhões, ou seja 333 Milhões cada um, Teorias de conspiração são muito bem vindas e nesse cenario podem ser realistas

  12. Se eles sempre se mataram, o problema é deles. Se é o que eles querem, ótimo. O problema da interferência externa é que a maluquice deles acaba respingando no resto do mundo. Tem coisa que é melhor não mexer, senão fede

  13. Cade o Bosco pra defender os estadunidenses ? Trump acusa o Qatar de financiar o terrorismo e dias depois o EUA vende um dos melhores caças do mundo ao Qatar. O Ocidente é cúmplice de todo o caos que os Sauditas e o Qatar geraram no Oriente Médio, e do crescimento islâmico na Europa ( plano Kalergi ? ).

    Ps: isso mostra que Trump é um hipócrita, ou ele é apenas um fantoche e não manda na Casa Branca.

  14. timuskukii 16 de junho de 2017 at 18:03
    Trump é apenas um legítimo representante de seus eleitores, isto é, um idiota

  15. JT8D 16 de junho de 2017 at 18:08
    Idiota é quem pensa que o EUA estão levando democracia ao mundo e que o presidente manda em alguma coisa. As eleições no EUA são uma fraude, assim como na Rússia e na China. Quem manda são as megacorporações, o Establishment. Isso ficou estampado depois da eleição e Trump, ele disse uma coisa e fez outra… Essa é a Matrix, bem vindo a realidade.

  16. O dinheiro sobrepuja qualquer ideologia… Lembrei do personagem milionário Raymond Tusk, da série House of Cards.

  17. Sempre penso como se dá o empuxo supersônico em países com essa geografia. Imaginem um F-15 decolando do Qatar……tem que voar no limite do stol pra nao sair do espaço aereo.

  18. Timuskukii,
    Como todo mundo estou embasbacado com essa informação sobre o Qatar e nunca tinha ouvido falar dele ser financiador do terrorismo até uma semana atrás. Me admira é ver você acreditar agora nas boas intenções da Arábia Saudita que aponta o dedo para os que financiam o terrorismo.
    Quanto a acreditar que os EUA querem levar democracia ao mundo eu particularmente acredito tanto nisso quanto acreditava nas boas intenções da “nomenklatura” soviética em almejar o fim das classes sociais e o bem do proletariado.
    Em relação ao mundo ser governado por megacorporações, concordo plenamente. Haja vista o George Soros. Aliás, a “esquerda” e todos os partidos e organizações que a compõe em todo o mundo, com um pensamento planificado, se comporta também como uma megacorporação que no meu entender é tão nociva, aproveitadora, manipuladora, inescrupulosa e ávida de poder quanto qualquer outra do mundo capitalismo, que em tese visa o lucro e o poder.
    Na verdade acho que vejo mais oportunidades num mundo governado por megacorporações ao estilo capitalista do que num mundo governado pela megacorporação da esquerda tendo em vista os exemplos que temos dela quando domina uma nação. A esquerda gosta tanto de pobre e de oprimido que não quer acabar com eles mas só gerenciar o nível de sofreguidão que eles podem suportar. Prefiro correr o risco no mundo corporativo do capitalismo selvagem que já ter meu “destino” determinado pelo comitê central do partidão. Sem falar que eu fico horrível de macacão cinza.
    Alguém achar que pelo simples fato de ser contra o capitalismo selvagem e suas megacorporações e no processo abraçar causas alinhadas com a esquerda radical (e internacional) achando que ela por ter um discurso em defesa dos oprimidos é mais íntegra e nobre não passa de uma atitude ingênua. Pra mim, não me iludo com megacorporações de direita ou de esquerda e se pretendesse viver sem suas malévolas influências teria que virar um ermitão do deserto e não estaria agora digitando num computador.

  19. Com os 13 anos de poder do PT é que pudemos ter uma visão clara de como realmente as megacorporações (de direita e de esquerda) se associam promiscuamente pra tirar vantagem e se manterem no poder, usufruindo do bom e do melhor, enquanto o povo é que se lasque.
    E eu vou me preocupar com o Trump ser fantoche do capitalismo lá na casa do cascalho???

  20. Bosco 16 de junho de 2017 at 19:29
    É a mesma coisa em todo lugar. Só se está falando em Trump aqui porque o tópico envolve a política externa dos Estados Unidos e não de Banania

  21. Oque tu citou não é capitalismo, mas na verdade se chama metacapitalismo e/ou corporativismo (capital de Estado !? ). Em nenhum momento eu falei que eu apoio a esquerda ( e só por curiosidade, me considerado de direta conservador ). Se eu falo mal do EUA, não quer dizer que eu apoio Rússia e China. Eu apoio a Rússia intervir na Síria em apoio a Bashar Al Assad, mas não concordo com a intervenção que os russos tem feito na Ucrânia, e nem ser cúmplice de Maduro na Venezuela sugando o petroleo enquanto o povo morre de fome. Eu apoio do EUA em dar direito aos cidadãos americanos de terem armas, mas não concordo com sua política externa, principalmente na Síria. As pessoas tem que aprender a separar as coisas, simples.

  22. Trump é independente.
    O problema é que é perseguido dia e noite.
    A CNN, atores e cantores descolados…
    O judiciário lá muito preocupado com o bem-estar dos Afeganistãos, sudaneses, líbios.
    O presidente de mãos atadas por alguns poucos juízes.
    Ora de Trump mudar as leis de lá que beneficiam estrangeiros em detrimento do país.

  23. Nonato 16 de junho de 2017 at 20:02
    Será que ele autorizou a venda de caças F15 ao Qatar por pressão de cantores e atores descolados !?… hahaha… É cada coisa uma que se lê…

  24. Geopolítica é geopolítica os EUA já defenderam regimes piores que Catar para ter uma boa posição na grande estratégia, quem viveu a guerra fria lembra ! Mas isso não quer dizer que EUA não defendam a democracia no mundo tanto que depois que eles não precisarem mais desses regimes opressivos eles os deixa de lado e até suportam uma mudança democracia em alguns casos . Uma prova disse foi os anos 80 que começou se com EUA,Japan,Canadá e os países da Europa Ocidental como democráticos e terminou com o fim da guerra a fria com praticamente a maioria dos países do globo sendo democráticos isso meus amigos só aconteceu pq os EUA venceram a guerra fria assim como depois da 2GM com a vitória dos aliados teve uma onde democrática no mundo ! Isso é história básica deveria ser ensinado nas escolas ao mesmo nível do que é ensinado sobre a cultura grego-romana, valores judaicos-cristãos e Iluminismo

  25. 12 Bi por 36 aeronaves? Obviamente tem programa de manutenção, simuladores, sobressalentes, e claro os dentes ou seja, os armamentos,
    Fica a curiosidade pra saber as armas, e suas quantidades.

  26. Sobrou bronca até para o Bosco kkkkk viram como esses árabes geram conflitos?
    Engraçado é que metem o pau no Trump (mídia, artistas e os politicamente corretos que estão destruindo a Europa, os gênios do mundo), mas diante dos inúmeros desastres do Obama eles ficavam quietos. Aliás, Obama era santo, era o novo, era aquele que foi financiado com dinheiro doado pelos eleitores através da internet kkkkkk Obama era o cara, só decisões perfeitas!
    Como a Globo dizia: “Trump o bilionário” (como se a Hillary fosse muito pobre mesmo kkkkk), as maiores corporações do mundo, os homens mais ricos do mundo apoiavam Hillary e não Trump.
    Trump o racista kkkk é tão racista que ganhou em todos os Estados com maioria negra dos EUA. Ganhou na Florida cheio de imigrantes, inclusive cubanos!
    Não vejo absolutamente nada de errado no Trump. Muito pelo contrário, concordo com tudo. Olha, sou formado em Administração Pública, servidor público, isso me dá um bom embasamento para concordar com muita coisa.
    1 – Discordo do acordo climático, aliás, um acordo que abrange todos os países do mundo, com todas as suas diversidades geográficas, culturais, econômicas etc…por si só é impossível de ser implementado. Qualquer acordo em nível global deve ser visto com desconfiança! Alguém está querendo ganhar algo com essa história de aquecimento global.
    2 – O acordo Transpacífico seria mais um incremento para a saída de empresas dos EUA para países com mão de obra barata (sem a interferência chinesa). Somente isso!
    3 – Trump sempre toca na questão do equilibrio da balança comercial, ele tem razão, tem países que deveriam comprar muito mais dos EUA. Trocas comerciais devem sempre que possível buscar um equilíbrio. Isso é algo que nem se discute, aliás, o Presidente chinês nem discutiu, concordou com o Trump e disse que pretende buscar o equilíbrio nas trocas comerciais.
    4 – Não aceitar refugiados, perfeito! Mais de 1/3 do mundo é árabe, por que essa onda de árabes invadindo países cristãos?? Ninguém suspeita disso? Sério??? Desde essa imigração vários países europeus estão passando pelo inferno. Polônia e países do leste europeu disseram não e até agora estão imunes a ataques terroristas e outros males (cada ação uma reação), quem busca logo encontra! Governo de um país trabalha para o povo nacional e não querendo dar um de bom samaritano com o dinheiro dos contribuintes. Questão de refugiados deixou há muito tempo de ser uma questão de migração, trata-se de segurança nacional para diversos países.
    5 – Concordo com o Trump na redução do Estado, reduzir impostos sempre é bem vindo, aliás, quanto menos impostos mais dinheiro no bolso de quem trabalha (de quem trabalha), quem vive ás custas de dinheiro público adora impostos, pois é o beneficiário desse roubo.
    6 – Cuba, o acordo do Obama com Cuba é uma piada! Um desastre! Desde quando um ditadura tem moral para impôr regras? para exigir tratativas? Só um babaca igual o Obama para fazer isso! Muitos não sabem, mas o embargo dos EUA contra Cuba é ruim para a economia dos EUA, diferente do que muitos pensam. Na outra ponta o embargo é indiferente para Cuba, pois o embargo vale apenas para empresas sediadas nos EUA, qualquer empresa estrangeira pode abrir filial em Cuba. No Brasil a Ambev e Odebrecht tem filiais em Cuba. O fato de Cuba ser um lixo não tem absolutamente nada a ver com o embargo, mas sim porque Cuba é um lixo de país. Quem discordar de mim, faça o seguinte, pegue seu dinheiro e abra uma empresa em Cuba. Parabéns, verás na prática porque nenhuma empresa nesse mundo investe em Cuba.
    7 – O que tem de errado em vender armas para o Catar? A maior base dos EUA no oriente médio está no Catar, então por que não venderia? Trump nunca disse que não venderia armas para os árabes. Na minha opinião tem que vender muita arma, muita mesmo, gerar muitos empregos! Cada um que tenha consciência do uso desses equipamentos. Se não compram dos EUA, eles vão comprar da Rússia, da França, do Reino Unido, da China etc…uma coisa é discordar da política do Catar em relação ao EI, outra é deixar de vender armas e perder um aliado estratégico.
    8 – Trump não está cumprindo o que prometeu? Uma matrix? Onde está acontecendo isso? Não sei onde você está lendo essas coisas! Trump é o chefe do Poder Executivo, suas ações são restritas a esse cargo. O que espera dele? Até o momento, 5 meses de governo, a Globo diz que o Trump vai destruir o mundo, mas antes mesmo de Trump nascer a Globo já dizia que Trump iria acabar com o mundo. Trump não faz parte do seleto grupo que domina a política há 300 anos, logo é uma ameaça! É nítico que a mídia em diversos países, inclusive aqui no Brasil, ataca o Trump o tempo inteiro, distorce tudo, para essa mídia tudo o que ele faz é errado. Cuidado para não caírem nesse papo! São justamente esses meios de comunicação que elegeram e apoiaram durante 14 anos uma organização criminosa no Brasil (chamado de governo). Lulinha paz e amor…salvador dos pobres, equidade, mãe do PAC etc…
    Essa mídia brasileira é tão inteligente que o país está afundado em um esgoto político! O senhor Enéas, médico, militar, matemático, escritor etc… era o louco diante da Band, Record, SBT, Globo etc…bom mesmo era o Lula, analfabeto funcional, nunca trabalhou na vida, recebe 5 mil por ser perseguido do regime militar, mais 4 mil por causa do dedo perdido sei lá onde, homem que diz que um político ladrão é mais merecedor do que um servidor público que faz uma simples prova e não se preocupa com mais nada! Membro do Foro de SP, homem que diz ter preguiça de ler, não tem o hábito da leitura! Vamos ficar tranquilos, a mídia sabe exatamente quem escolher para o governar o Brasil e ditar políticas públicas mundo a fora! Vamos acordar!

  27. Entre o Trump que privilegia o país dele e os lixos que (des)governam o Brasil, que querem abrir as portas para estrangeiros e agora permiti-los votarem e ser votados…
    eu fico com o Trump 100% das vezes..

  28. Que raciocínio limitado. Então a escolha é entre Trump e o lixo? O que as pessoas fazem para justificar suas escolhas …

  29. Srs

    O Tio Sam, do ponto de vista geopolítico, vem descendo a ladeira desde o governo Clinton. Trump é apenas mais um incompetente numa sequência iniciada na sucessão do velho Bush.

    Sds

  30. O mundo é governado pela mediocridade.
    Cada um que defenda seus interesses de acordo com sua competência e recursos.
    Nós, do lado de cá somos apenas expectadores ou torcedores.

  31. JT8D, me desculpe, não acho que o raciocínio seja limitado.
    Não encaro o que você escreveu “entre o Trump e o Lixo” como justificativa para indicar que vc apoia os nossos últimos governantes, que foram um Lixo sim.

  32. Se você falar um brasileiro que governou o nosso país nos últimos 20 anos que não seja um lixo eu mudo o que eu falei.

  33. 36 F 15 0por 12 bilhões de ´dólares! existe comprador , que se venda. está aí o motivo de tudo. Dinheiro gera dinheiro, miséria gera miséria esta é a diferença. quem pode comprar material bélico, tem condições de construir arranha-céus, estradas, ilhas artificiais, etc… quem não tem fica com o refugo. e se tem acha que nunca vai precisar pois é país amigo de todos(Brasil). Ledo engano. Gostaria que nosso país pudesse comprar, vender , ter infraestrutura e boa formação intelectual. Ser desenvolvido ao ponto de não votarmos em analfabetos funcionais, nem falsos salvadores da Pátria. Apenas que fossemos desenvolvidos. saneamento básico em todas as cidades, educação boa saúde boa, segurança com tolerância zero para meliantes e adequada a nos defender. Pudéssemos vender não só comódites mais concorrer de bom tamanho com produtos industrializados. Defesa fosse prioridade e investimento. Dr. Enéas faz muita falta. homens como Ozires silva são poucos. estes são brasileiros.

  34. Sérgio Ribamar somos governados por Deus sabe o “que” não deixam nada para crianças, velhos, desamparados nada terra devastado a nossa

  35. Uma duvida: a linha de produção dos F-15 ainda estava em atividade? Esta versão do Qatar tem qual configuração?

  36. Bosco, eu concordo sobre as semelhanças entre megacorporação de esquerda ou direita. Mas elas tem muito mais semelhança que diferenças, quando um pequeno grupo domina o mercado acabou a concorrência, acabou o mercado. Se o capitalismo clientelista, ou “crony capitalism” dominar o mundo a diferença entre esquerda e direita será irrelevante.

  37. Galera falando que não entende. Só não ser tapado. Os EUA acusaram o Qatar de patrocinar o “terrorismo” (coisa que eles mesmos fazem) e logo em seguida o Qatar recebeu diversos bloqueios na região dos países alinhados com os EUA. Logo em seguida vem essa notícia da compra dos caças. Nada de novo além da velha política norte americana de sempre. Patético.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here