Home Aviação de Caça Marinha dos EUA quer comprar mais 80 F-18 Super Hornet por US$...

Marinha dos EUA quer comprar mais 80 F-18 Super Hornet por US$ 7,1 bilhões nos próximos cinco anos

3262
12
F-18 Super Hornet

A Marinha dos Estados Unidos disse ao subcomitê do Poder Marítimo dos Serviços Armados do Senado que a Força precisa de pelo menos 80 novos caças F/A-18E/F Boeing Super Hornet para “lidar com a demanda contínua dos combatentes por aviões táticos avançados”.

De acordo com o USNI, a Marinha pretende adquirir os jatos em lotes, começando com 14 jatos em 2018 e comprando entre 14 a 23 aeronaves por ano até 2022.

12 COMMENTS

  1. O que está bem claro é que o F-35 e mesmo o F-22 e seus similares ultra modernos, tanto na China quanto na Rússia, ainda vão demorar muiiiiiitooooooo tempo para substituírem os caças convencionais. E arrisca chegarem operacionais, já numa situação em que ser stealth não represente muita coisa…

  2. O que precisa ser provado antes, mais que a tecnologia embarcada no F-35, são os sistemas anti-stealths. Esses sim são caixas pretas que até agora gastaram tufos de dinheiro mas que ninguém ainda tem certeza que funciona.

  3. Nada de novo.
    Só um tapa buraco até a entrada do F-35.
    Não tem mais volta. Assim como o F-18 substituiu o F-14, aos poucos, o F-35 fará o mesmo com aquele.
    Tudo uma questão de tempo.
    Abraços.

  4. Emmanuel, realmente é questão de tempo, mas quanto tempo?! Time is money!!!
    .
    No mais, estes novos Super Honets não são para substituir outros Super Honets e sim os Honets Legacy que os Lightining II deveriam​ substituir. Ou seja, outra falha do F-35.
    .
    Time is money!!! 😉

  5. alguma esta errada na compra dos gripen da FAB , 1° a compra se deu por 4,5 bilhões de dólares por 36 caças ok ? entao me expliquem a compra do SH F18 hornet da marinha do eua ? vejam bem 80 CAÇAS POR 7,1 BI ! o negocio ta feio mesmo pro lado dos militares das FAAS do BRASIL ratazana gorda é mato !

  6. iran Freitas 16 de junho de 2017 at 21:40
    Olá Iran.
    O custo dos Hornet para o Brasil seria na casa dos 5 bilhões de dolares tambem. Não se pode comparar o valor que a USN e o governo americano vai pagar. As negociações com certeza seriam diferentes.

  7. Sem entrar no mérito que tem gente levando bolada.
    A compra do F-18 deve ser somente do avião, como os gringos já operam a anos, não necessitam de ferramental, material para manter o avião, manuais de manutenção, treinamento etc etc.
    Caso o Brasil comprasse o avião, teria que vir tudo isto, inclusive sobressalentes (desde a porca até a turbina) que acabam encarecendo bem a compra. Agora o Grippen além deste preço está embutido a tal de transferencia de tecnologia, customizações para as necessidades da FAB e se não me engano o valor para o desenvolvimento do biplace, que o Brasil deseja (os Suecos não neste momento, afinal tem os brasileiros bomzinhos que vão bancar).
    Sem contar que parte dos NG serão construidos (ou montados) no Brasil.
    Tudo isto encarece e muito um projeto.
    Agora que a diferença saltam os olhos..saltam.. De repente a comparação mais justa, seria a compra do F-15 do Catar.

  8. Falou tudo humberto, sem contar que a Rainha Sueca é brasileira, um casamento perfeito. A compa dos caças tem uma longa história.estamos de bom tamanho com os GRIPENs, que sejam breves sua chegada.

  9. As compras de caças de quarta geração e as constantes atualizações encaixam-se não num prov´[avel fracasso do F-35 mas no atraso do seu projeto.
    O F-35 não é só um avião novo, é uma plataforma tecnológica nova e, como tal, sofreu reveses típicos de uma mudança de paradigma. Isso sem falar nas exigências operacionais de USAF, US Navy e Marines….
    Ele veio para ficar, ainda que muito bla bla bla continue rolando solto…… Paulatina e inexoravelmente teremos mais F-35 e menos F-18, F-16 e F-15…..

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here