Home Aviação de Caça Saab Gripen E completa primeiro voo com sucesso

Saab Gripen E completa primeiro voo com sucesso

5125
56

A empresa de defesa e segurança Saab completou hoje o primeiro voo bem sucedido do caça de próxima geração inteligente, Gripen E.

Às 10:32 na quinta-feira, 15 de junho, o Gripen E decolou no seu primeiro voo, tripulado por um piloto de teste da Saab. A aeronave (designação 39-8) saiu do aeródromo da Saab em Linköping, na Suécia, e voou sobre as partes orientais de Östergötland por 40 minutos. Durante o voo, a aeronave realizou uma série de ações para demonstrar vários critérios de teste, incluindo a retração e a extensão do trem de pouso.

“O voo foi exatamente como esperado, com o desempenho da aeronave combinando com a experiência em nossas simulações. Seu desempenho de aceleração é impressionante com um bom manuseio. Não preciso dizer que estou muito feliz por ter pilotado este voo inaugural”, diz Marcus Wandt, Piloto de Teste Experimental da Saab.

“Hoje, voamos esse caça de classe mundial pela primeira vez. Nós conseguimos isso com o software totalmente qualificado para o revolucionário sistema de aviônica. Trata-se de dar aos nossos clientes um sistema de combate inteligente com o futuro projetado desde o início. As atividades de teste de voo continuarão a desenvolver essa conquista com o programa no caminho certo para alcançar o cronograma de entrega de 2019 para nossos clientes suecos e brasileiros”, diz Jonas Hjelm, vice-presidente sênior e chefe da área de negócios Saab Aeronautics.


 
FONTE: Saab

56 COMMENTS

  1. Magnífico…
    .
    E não era sem tempo…
    .
    Enfim, não dá mais para os críticos ficarem remoendo que é um “caça de papel”…

  2. Muito bom, e ainda “Nós conseguimos isso com o software totalmente qualificado para o revolucionário sistema de aviônica. Trata-se de dar aos nossos clientes um sistema de combate inteligente com o futuro projetado desde o início.” A SAAB prestou bastante atenção nas cagadas que a LM tem feito no F-35, e salvo suas proporções, (se é que existem), se comprovado que o produto esta PRONTO, é um fato digno de louvou para as equipes da SAAB.
    Novamente Parabéns aos envolvidos.

  3. Esperei por isso tanto tempo, e a notícia vem assim, de supetão!! Nem acordei direito!!! Mas a alegria e satisfação são imensas!!! Acredito que a demora é justificada, o produto na minha opinião, e achismo, deve estar muito avançado, devem estar entregando a aeronave com os componentes e sistemas muito mais maduros e calibrados Do que outras aeronaves estiveram em seu primeiro vôo!!!
    No mais, feliz pelos suecos, por nós brasileiros, pela fab, pelo Poder Aéreo, e por nós leitores, leigos entusiastas da aviação!! Saudação a todos que aguardaram este primeiro vôo com ansiedade e expectativa…. sauve, sauve, aleluia e amém… abr a todos..

  4. Algo inacreditável.
    Um caça tão inovador.
    Tudo novo.
    Fuselagem nova, asas novas, stealth…
    E voou…
    E ainda recolheu trem de pouso em pleno vôo…

  5. Ola ederjoner, bom dia.
    Claro que o F-35 é uma boa lição mas creio que ainda está na lembrança deles os problemas de software que foi a causa do acidente do prototipo do Grippen em 89.

  6. Ótima notícia!
    Quem sabe agora o “mimimi” de que escolhemos uma aeronave que sequer voou, entre outros argumentos risíveis e típicos de torcedor, arrefeça por estas bandas.
    Como se desenvolver uma aeronave a partir de uma plataforma já existente fosse algo que a SAAB não domine há tempos.
    A Boeing que o diga.
    Sds.

  7. Vale um update aí na matéria: saiu um vídeo no canal oficial da Saab no Youtube. O vídeo é mais longo e mostra o piloto de testes, a aeronave em voo com o trem recolhido e o pouso com 2 gripens de paquera.
    .

  8. Enfim voou!!!! Tirou o dedo!!!! Ainda bem!!!! Mas…… Rsrsrs
    .
    Sem festejos antes do tempo. Para ter demorado assim, eu pensava que iria decolar com algumas coisas a mais, como o IRST. Não entendi também aquele barbatana ventral, parecendo um pilone para pode.
    .
    Agora é esperar para que mais voos ocorram, com mais celeridade possível.
    .
    Ah tá, é digno de nota a presença do ministro Jungmann e de parlamentares brasileiros neste primeiro voo.
    .
    Até mais!!! 😉

  9. Posso estar enganado, afinal só somente um entusiasta da aviação mas, este avião hoje tem o melhor custo-benefício dentre os seus concorrentes, sem ufanismos e sem puxar a sardinha para a FAB, mas, foi a melhor escolha mesmo! E olha que sou fã do Rafale hein!!!!

    Vai conquistar muitos mercados futuramente, haja vista o envelhecimento das frotas de vários países mundo afora!!

    Se a decisão for técnica e não política, ninguém segura a SAAB!!! Salvo melhor juízo de especialistas aqui do foro que sei que tem!!!

  10. 2:05 O novo piloto de testes da SAAB: Cap Pauderney “Killer” Avelino, Raul Jungmann também estava por lá.
    Afinal pode ter sido apenas uma coincidência, entre Le Bourget, visita do KC-390 à Suécia e primeiro voo do Gripen E com a presença do pessoal da defesa do Brasil e da Embraer presentes, mas acho que não, planejaram para tudo coincidir.
    Belíssimo avião, e pensar que será fabricado no Brasil.

  11. Marcelo, o Gripen foi de fato a melhor escolha que o governo fez para a FAB no FX2, aliado ao bom preço de compra e baixo custo de manutenção. Ainda bem que não foi uma escolha politica como seria com a Rafale.

  12. Sobre avião de papel…
    Participou da concorrência na qual Lula falou que o Rafale levava… Em 2009…
    Ou seja, passaram-se uns dez anos do início da concorrência é somente agora voou…
    Sem falar que se trata apenas de um gripen C alongado ou um gripen D o qual no lugar do segundo assento colocaram um tambor de combustível.
    Por isso as críticas pela demora.
    Nada contra o avião.
    A crítica é à demora.
    É um grande upgrade o fato de levar radar aesa, ter link, etc.
    Mas isso não justifica a demora.
    Na verdade sequer se trata de um novo caça.
    Numa má comparação, seria o mesmo que a modernização do F5 ou AMX.
    Coloca rádio criptografado, visor de cristal líquido, novo radar…
    Nada do outro mundo…

  13. Ah, sim. 10 anos para desenvolver o software…
    E daí o software?
    Vai fazer o que de novo?
    No f35 faria o piloto olhar e mirar no alvo, o que acho antiquado.
    Pensei que depois de tanto avanço a mira não fosse mais pelo olhar.
    Passa um segundo o alvo muda de lugar…

  14. Nonato 15 de junho de 2017 at 12:49
    Com todo respeito amigo, suas palavras revelam que você não é do campo das engenharias, e provavelmente não tenha conhecimento nas áreas de software, hardware, cálculo, física e procedimentos de logística, tampouco visão comercial, se eu estiver errado, sugiro você a rever sua tese.
    Você tem ideia do que precisa ser feito para alterar a fixação do trem de pouso de uma aeronave?
    Você tem ideia do que precisa ser feito para acomodar mais combustível (colocar um tambor de combustível)?
    Você sabe o que é CG, empuxo, inércia, gravidade, RCS, e etc?

    Se você sabe, deveria saber que esta errado em dizer que simplesmente alongaram o caça, se vc não sabe, não deveria dizer essas coisas…

    A demora é justificada por que ninguém quis pagar para fazer um projeto da noite para o dia, custo!

  15. Nonato 15 de junho de 2017 at 13:19
    Então, A Lockheed gasta bilhões e ainda atrasa o cronograma para fazer um simples caça monomotor. A Saab demora pra caramba pra desenvolver um caça baseado numa plataforma já existente. Todas essas indústrias aeronáuticas gastando rios de recursos pra fazer meros aviõzinhos, que no fundo são todos iguais: asas, fuselagem, motor. Você, caro Nonato, não vê aí uma grande oportunidade? Afinal, a Nonato Aircraft poderia fazer essas coisas em muito menos tempo e com muito menos dinheiro.

  16. Nonato, se fazer um site ou programa em html, c+,c++, java etc. já é complicado, fazer um software de última geração totalmente do zero, que seja imune a ataques eletrônicos e de hackers é extremamente trabalhoso. Perfeitamente explicável o atraso.

  17. Fora todo o entusiasmo deste primeiro voo, mesmo com o atraso, a questão é, será que valeu apena​ mudar substancialmente o airframe, apenas para acomodar mais combustíveis e um novo motor?! Não teria sido menos traumático apenas o uso de CFTs e de melhorias no motor RM-12?! O futuro dirá, mas como a SAAB percebeu que o antigo airframe do Gripen ainda tem muito potencial de venda, tudo indica que este novo Gripen vai ter concorrente dentro da própria casa. Mas esperamos pra ver o que o futuro nos aguarda.
    .
    A título de nota, os novos F-16 estão tendo ótima saída com os CFTs e a Boeing já está caminhando nesta direção com os F/A-18 E/F Block III.

  18. O que me impressiona mesmo é a alegria e o orgulho dos suecos que estavam assistindo
    Vale muito a pena morar em um país assim
    Só uma nota: o nosso país tem muito, muito e muito dinheiro, é só ver o que foi roubafo, tingido até agora. E continuam

  19. Notícia do Ano!
    Calando a boca de muita gente…
    E já no primeiro voo ele recolheu os trens de pouso. Lembro que no primeiro voo do F-35 eles não recolheram. O que é normal no primeiro voo.
    Resta saber o que mais a Saab vai divulgar nas próximas semanas como velocidades atingidas, capacidades testadas, etc…
    SALVE GRIPEN!

  20. Excelente notícia! Que venha o Gripen, e que venha com todo o suporte.
    Que a FAB faça excelente uso desta bela máquina.

  21. Nonato, numa boa vc leu o que escreveu?
    Pensou minimamente antes de escrever?
    Está totalmente fora de contexto/embasamento o que vc insiste em repetir.
    Na verdade se retirarmos a questão stealth(a tal da pintura somada ao formato poligonal do vetor que absorve quase toda a radiação/ondas emitidas pelos radares) do F-35 e só olharmos a eletrônica embarcada ,o Gripen bate de frente com o F-35 na boa e sem deixar a desejar.

  22. Parabéns pela escolha sensata. Tudo tem prós e contras, mas o pacote final veio do jeito que o país e a FAB precisavam: avião bom que voará por um bom tempo com tecnologia adequada a um custo que podemos pagar. #gogripen

    De compra governamental acabaxi já bastam os H725, que dão muito trabalho, muito custo e voam pra uvo. Se fosse compra de nação seriam H60…

    Um dia nossos políticos aprenderão a parar de pensar em si e pensar na sociedade (kkkkkkkkkkkkkkkkkk)…

  23. Nonato,

    Deveria pesquisar sobre a Dassault também, que cansou de alongar diversos modelos da família do Mirage, e foram excelentes aviões com capacidades melhoradas e distintas. E até sucesso de exportações.

  24. Assisti o vídeo umas cinco vezes seguidas!!! É nítido a felicidade do piloto, mesmo não entendendo uma palavra do que ele diz, nota-se a alegria estampada na cara dele!!!
    É de como os profissionais que estão assistindo orgulhosos!!! É exclusivamente mérito da Saab, e de seus engenheiros e técnicos!!! Os brasileiros merecem elogios, mas o crédito tem que ser dado aos suecos!!! A plataforma e o projeto é deles tanto quanto o Kc390 é mérito da Embraer, mesmo com a participação dos outros sócios do projeto, o mérito é da Embraer!!!

  25. Parabéns aos envolvidos no projeto! Será que esta demora não deu aos técnicos brasileiros mais intimidade com o desenvolvimento do caça!? Por que falar em PAK FA, F35, RAFALE, se temos a nossa realidade financeira, e precisamos de aeronaves que atendam as nossas necessidades com menor custo de operação e manutenção!? Sinceramente estou otimista! Que não fiquemos apenas nas 36 unidades, é isso que eu realmente espero!

  26. Um momento aeronáutico histórico destes todos os aficionados por Defesa não podem deixar de participar…
    A felicidade impossível de ser contida do piloto de testes, desde as primeiras horas do nascer do dia deste primeiro voo do Gripen E é linda de se ver.

    “E”,
    Não me falhe a crítica, creio que pela primeira vez a FAB terá em mãos um caça realmente de ponta, que não deixa nada a desejar. Ainda que em suas épocas de aquisição os F5 e Mirage fossem bons caças não o eram tops. Desta forma a FAB a partir da próxima década de 20 estará em vários aspectos à frente, ou em pé de igualdade, com todas as outras forças aéreas do mundo… Maravilhoso isto.

    Mas sobra ainda grande expectativa pelo voo do nosso Gripen EBr.

    Abç a todos!! Grande Dia!!

  27. alguém pode me informar o ano da queda deste gripen e quantas vezes isso aconteceu até chegar ao atual, que voou hoje?

  28. Olá Pessoal,

    Vi o comentário do Nonato e não sei por que mas lembrei de alguns pedreiros querendo fazer serviço do engenheiro. Amigo, criar carros ou aviões não é igual bicicleta q você troca os pneus, mudas os freios e o sistema de amortecimento. Não menospreze a engenharia…

  29. Muito bom ver isso bom ver que o nosso país está progredindo e reforçando cada vez mais nossa segurança e isso ai

  30. Se vc não tem o stealth, essa é a melhor opção existente: um caça eficiente, barato, com hora vôo barata. Foi nessa linha linha que os Suíços decidiram: todos cumpriam a missão e a diferença entre caças de quarta geração simplesmente não era relevante !! Mesmo pq cada um tem vantagens e desvantagens. Então que se escolha o mais acessível economicamente…
    Enfim, não tem stealth, que tenha o combo bom AEW + datalink + caça com bom míssil (Meteor).

  31. Realmente emocionante! Que o BRASIL tenha no Gripen mais um elemento de apoio à sua afirmação enquanto nação e que seja um versor muito significativo para o nosso desenvolvimento tecnologico e social.

  32. ederjoner 15 de junho de 2017 at 13:28
    .
    Não… ele não sabe de nada disso !
    A anos que esse cara escreve esse tipo de baboseira por aqui…

  33. JT8D 15 de junho de 2017 at 12:59
    Relaxa meu velho, quando falta capacidade cognitiva não adianta… rss

  34. FAB também entra para historia pela melhor escolha técnica. o Aéreo entra para a historia na divulgação das matérias do FX. Nós, brasileiros, fazemos parte desta historia!!
    Muito feliz

  35. Eu só ficarei feliz e realizado quando ver essas aeronaves operando no Brasil. E mesmo assim, na ansiedade de que venham mais que as 36 já adiadas por quase 20 anos!

  36. JT8D, vai depender de como vai se sair nos próximos voos de testes. Dizem por aí que, apesar do aumento de potência, mesmo assim a aeronave deve perder em capacidade de manobra e carga em relação ao antecessor (por incrível que pareça). Vai ganhar em raio de ação, por conta de mais combustível, mas com um airframe maior e mais pesado, devido as alterações, deve perder em outras capacidades, segundo se comenta, imagina então com mais CFTs, que em tese não seriam mais necessários. É aguardar pra ver o desenrolar disso (se é que irão divulgar a verdade).

    Ah tá, o piloto disse que tem mais potência coisa e tal, mas é bom lembrar que a aeronave estava pelada, inclusive sem pilones e outros sistemas embarcados, então…… Quem tem capacidade cognitiva, sabe disso não é Wilton Feitosa?!

    Até mais!!! 😉

  37. Wellington Góes
    .
    Eu duvido que a FAB não tenha garantido em contrato as capacidades da aeronave. Portanto, custos de manutenção, hora de voo, com valores a serem alcançados ao longo de toda vida da aeronave, bem como os requisitos desejados, cronograma de entrega devem estar em contrato.
    .
    Se algum problema, atraso ocorrer, a SAAB terá de se virar para entregar o produto que está em contrato.
    .
    A FAB teve acesso a dados sigilosos das tres aeronaves finalistas e tomou sua decisão que foi/deveria ter sido técnica. O Gripen NG é a aeronave que melhor atende aos requisitos da FAB e ponto.
    .
    Se levar em conta então a falta de verbas para oque seja essencial dentro das Forças Armadas (tendo em vista o gasto excessivo com pessoal), fica mais claro ainda que a escolha foi correta. O Gripen era a escolha mais barata entre os 3 finalistas e a aeronave prometida cumpria os requisitos da FAB. Agora cabe a FAB exigir que os requisitos prometidos sejam cumpridos.
    .
    O resto é fofoca e achismo. Esses requisitos nem são públicos.

  38. É a melhor escolha. Eu tinha receio de nossos falidos vizinhos de esquerda arrumarem algum problema enquanto o F-39 estivesse no papel. Afinal já estaríamos com o F-18 operacional aguardando o F-39 num esquema hi-low.
    Mas Deus é brasileiro e nada aconteceu.

  39. ZorannGCC, concordo contigo, mas em momento algum eu botei em xeque a capacidade da FAB/COPAC em amarrar as coisas em contrato, mas se você já trabalhou com projetos deve saber, previsões falham, o que é natural, afinal são projetos.
    .
    Até que a aeronave esteja declarada operacional, não há como definir custos, ciclo de vida, etc e tal, há a possibilidade de previsão, estimativa, até lá, me reservo o direito de esperar mais informações e até de duvidar se assim eu entender.
    .
    Quanto a decisão pelo Gripen E/F, após a seleção do short list, ela foi política, baseado em outros fatores (estratégia e interesses nacionais, condições orçamentárias, etc…). Tecnicamente, as três propostas atendiam à FAB. A minha discordância é de caráter estratégico, ponto. Pois entendo que esta aeronave que hoje, enfim, comemoramos seu primeiro voo, ou melhor, na proposta que a Flygvapnet queria, poderia ser adquirida num segundo momento, mas apenas acho, pois não tenho poder de decisão.
    .
    Agora convenhamos, o ufanismo beira a irracionalidade, querer comparar está aeronave com um caça de 5ª geração, é querer muito forçar a inteligência alheia. É a mesma propaganda que a Sukhoi (Su-35), Dassault (Rafale), Airbus (Typhoon) e Boeing (Super Honet e Silent Eagle) falam de seus caças a anos, “só não é de 5ª geração, porque não é stealth”. Querer, com isso, agora dizer que é o suprassumo dos caças de 4ª ++ geração, é achar que aqui só comenta desinformados. Nos contentamos com algo mais do tipo, “caça honesto”.
    .
    De resto, tudo é especulação, esperamos os passos seguintes.
    .
    Até mais!!! 😉

  40. Vou parar por aqui, a maioria não entende o que e porque questiono algumas coisas, vão dizer que estou ‘agorando’, longe de mim. Fui!!!

  41. Wellington Goes, concordo plenamente! Na verdade com o Gripen o Brasil está entrando do século 20 e não no 21 como disseram, seria no século 21 se tivéssemos entrado no rateio do F-35, de resto, é um bom avião, mas não se compara aos de 4,5ª e 5ª gerações; a nível de América do Sul está ótimo, pena que pensamos pequeno e não rumamos logo para o F-35, enfim, está bom, com certeza representa um salto quântico para a FAB que ainda usa aviões da guerra do Vietnan…

  42. Queridos, falando apenas em uma característica do Gripen E, quais caças atuais, século 21, possuem supercruzeiro?

    Como é difícil mesmo a aceitação do Gripen E como um dos caças TOP do mundo. Mas cada um com seu conhecimento e opinião.

  43. Por uma vez, apostamos no cavalo bom ao que parece. E isso por EGO! quado normalmente este tipo de decisão tempestiva induz a erros crassos, desta vez, por incrível que pareça e de quem veio, foi um acerto fenomenal! 1.000 jogadas burras para 1 gol! Mas valeu!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here