Home Aviação de Caça Ministro da Defesa e Comandante da FAB presenciam o primeiro voo do...

Ministro da Defesa e Comandante da FAB presenciam o primeiro voo do caça Gripen E

4094
20
Ministro Jungmann, piloto Wandt e Brigadeiro Rossato

O Ministro da Defesa, Raul Jungmann, e o Comandante da Força Aérea Brasileira, Brigadeiro Rossato, presenciaram o primeiro voo do caça Gripen E. Eles também celebraram esse momento com o piloto de testes que conduziu o voo, Marcus Wandt.

O piloto Marcus voou por 40 minutos e estava muito entusiasmado quando pousou. “Não é preciso dizer que estou muito feliz por ter pilotado esse voo inaugural. O desempenho da aceleração é impressionante!”.

20 COMMENTS

  1. Rapaz feliz esta ai, no mais sucesso ao Gripen NG, espero estar presente quando ele fizer o primeiro voo com um piloto da FAB.

  2. Também gostaria de estar presente no primeiro vôo dele no Brasil, mas provavelmente difícil de eu presenciar este momento, o que me resta é este espaço!!! Terei que acompanhar pelo PoderAereo, mas feliz de de ter esse blog para me informar!!!

  3. Será que seria interessante para o Brasil oferecer o Gripen NG para Portugal??
    Quem sabe até com alguma participação deles fabricando algo do avião, como foi no KC-390.

  4. Antonio de Sampaio 15 de junho de 2017 at 17:31
    não acredito que o brasil irá atender clientes europeus, esse ficarão a cargo da SAAB

  5. gustavo 15 de junho de 2017 at 18:02
    Acho que hoje não faz mais sentido, estamos próximos de receber os novos e definitivos, acho que neste momento, não faz mais sentido.
    _____________
    ivo 15 de junho de 2017 at 17:47
    A SAAB informou que a Embraer vai fazer parte do programa de construção de todos os Gripen, ou seja, se houver exportação, seja pra onde for, a Embraer vai fabricar partes do avião.
    Acho que no caso de Portugal, pela proximidade, seria melhor o Brasil entrar em campo e oferecer o avião, em caso de interesse, aí sim a SAAB entraria para tratar das negociações, mas acho que seria um Gripen de Gavião Peixoto, pelo entendimento que já existe entra Brasil e Portugal nessa área.
    Os F-16 de Portugal são defasados, o Gripen atual é bem mais moderno.

  6. Antonio de Sampaio 15 de junho de 2017 at 18:12 De repente Kc 390 para la e Gripen C / D para ca. Algo como uma espécie de leasing. Treinamos no C/D, criamos uma doutrina transitoria digamos assim.

  7. Gustavo, não faz mais nenhum sentido fazer um leasing de Gripen C/D para serem usados por mais ou menos 5 anos. Quem se virou com F-5 até hoje, se vira mais um pouco em vez de colocar centenas de milhões de dólares num leasing, ter que treinar pilotos, mecânicos e etc para usar por apenas 5 anos.
    .
    O tampão ainda fazia um pouco de sentido em 2014, quando a crise ainda não era tão grande. Não acho que a FAB vai optar por tampões, muito menos numa casadinha com KC-390 para a Suécia. Até acho que a Suécia irá comprar o KC-390, mas não agora.

  8. Eu, contribuinte, talvez comparativamente falando, dono de uma fração de algum parafuso deste avião, sinto-me como um pai dando um presentinho novo ao filho: um Gripen para os jovens pilotos patriotas brasileiros! Eu fico feliz por eles, com algo novinho e com poder. Isto anima né?

  9. O Brasil realmente é um país estranho e dividido em dois, claramente não em partes iguais. Uma enormemente muito superior a outra. Essa outra quase despercebida formada por brasileiros responsáveis, que amam seu país, que trabalham por ele não se cansam de buscar algo bom, mesmo que seja pequeno, porém honesto. O resto, a grande maioria são mediocres bandidos que dilapidam esse grande país.
    Parabéns a esses brasileiros que de alguma forma estão construindo um novo DNA para o Brasil, a esses militares, técnicos e demais pessoas envolvidas no projeto e na construção dessa aeronave. Esse é o Brasil que dá certo.

  10. Victor Moraes..me identifico com seu sentimento!!! Mas é um sentimento duplo!! O de oferecer pras novas gerações algo melhor, que de orgulho, mas o de estar recebendo, me sinto feliz de ver que agora, “de repente”, estar participando de um momento de virada, um marco na história de meu país!!! Posso estar vendo e vivendo, no momento em que meu país vai mudar, repudiar velhos estigmas, e se tornar algo novo, sério, digno de respeito!!

  11. Deus te ouça Kobáuca. Eu cresci ouvindo que nós, à época crianças, seríamos o futuro da Nação. Então, mãos à obra!

  12. Nosso ministro poderia aproveitar a viagem e assinar um contratinho, pelo presidente, de mais um lotezinho de 36 para a FAB.
    Depois mais um lote e fecha em 108. Quem dera um lote bônus de 24 ou 36 de F-35 em 2024…25…
    Abraço a todos.

  13. Tanto o Ministro Jungmann, quanto o Comandante Rossato foram fazer o que lhes cabe, está presente no lançamento de um dos principais projetos estratégicos da defesa aeroespacial nacional, estão certíssimos em estarem presentes. Posso até discordar de uma ação/decisão ou outra, mas como representantes do Estado Brasileiro, estão cumprindo bem seus papéis.
    .
    Até mais!!! 😉

  14. O piloto não é militar, tá na cara. Embora na FAB seja mais ameno, não se abraça um **** assim, como se estivesse num baile funk.
    Mas, o momento é alegre, de toda a forma.

  15. Salomon Weetabix 16 de junho de 2017 at 21:08
    O piloto é um funcionário da Saab, e os dois caras do lado dele são clientes da empresa

  16. O piloto abracando um oficial superior como se fosse um jogador de futebol.
    Ate a Suecia sucumbe a irreverencia!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here