Home Indústria Aeronáutica Embraer recebe clientes para celebrar 20 anos de operação do jato ERJ...

Embraer recebe clientes para celebrar 20 anos de operação do jato ERJ 145

2172
3

Rio de Janeiro, RJ – 11 de abril de 2017 – Como parte das comemorações dos 20 anos de operação comercial do jato ERJ 145, de 50 assentos, a Embraer recebe, a partir de hoje, quase 30 operadores da família de jatos para dois dias de conferência (Embraer Operators Conference – EOC) no Rio de Janeiro. O primeiro voo comercial do ERJ 145 ocorreu no dia 6 de abril de 1997 com a Continental Express, dos Estados Unidos.

“O ERJ 145 significou o renascimento comercial da Embraer, abrindo caminho para o desenvolvimento de novos programas, como o de E-Jets, que levou a Empresa à liderança do mercado de aviação comercial de jatos até 130 assentos”, disse Paulo Cesar de Souza e Silva, Presidente & CEO da Embraer. “Pessoalmente, tenho grande carinho pelo programa, que me trouxe à Embraer. Participei de praticamente todas as campanhas de vendas do jato como diretor de financiamento aos clientes.”

A família de jatos ERJ 145 é composta pelo ERJ 145 (50 lugares), ERJ 135 (37 lugares), ERJ 140 (44 lugares) e o ERJ 145 XR (versão de longo alcance da versão 145). Desde a entrada em operação, a família ERJ 145 acumulou mais de 27 milhões de horas voadas e quase 730 milhões de passageiros transportados, sendo utilizada por mais de 120 operadores diferentes.

Nos últimos sete anos, a base global de clientes do ERJ quase dobrou, aumentando de 39 operadores, em 2010, para 70 atualmente. No mesmo período, a aplicação e utilização dos modelos ERJ cresceu em mercados emergentes como a África, onde a frota aumentou de 16 unidades em 2010 para quase 60 em 2017.

ERJ 145 ISR

Robusta e com excelente histórico de operação, a plataforma ERJ é um sucesso na aviação comercial, com quase 900 unidades entregues, além de ter aplicações nos mercados de aviação executiva, com os jatos Legacy 600 e Legacy 650, e também de defesa, como AEW&C, multi-intel e patrulha marítima para o segmento de Inteligência, Vigilância e Reconhecimento (Intelligence, Surveillance and Reconnaissance – ISR, na sigla em inglês).

No total, mais de 1.200 aviões da plataforma ERJ 145 já foram entregues em todo o mundo, o que coloca o programa ERJ entre os mais bem-sucedidos na indústria aeronáutica.

DIVULGAÇÃO: Embraer

3 COMMENTS

  1. A Embraer deve muito à essa aeronave e seus criadores. Do jeito que as coisas andavam na época, ou ela já tinha fechado as portas, ou teria uma pequena fração do tamanho (financeiro) que é hoje.

  2. Apesar de ser algo ate sinistro, o fato é que as estatisticas de acidentes demonstram o quanto essa familia ésegura. Este é mais um dos porques do seu incrivel sucesso.

  3. Apesar de ser algo ate sinistro, o fato é que as estatisticas de acidentes demonstram o quanto essa familia ésegura. Este é mais um dos porques do seu incrivel sucesso.
    Caro Braga, se olharmos SJC, Taubate, Pinda e aoutras adjacências, realmente é incoformavel ver gente que trabalhava em fabrca e que hoje come pao obtido em lata de lixo. Talvez se a CUT nao tivesse conseguido ate fechar fabricas que tornaram-se inviaveis pelas greves e ingerencias descabidas isso nao acontecesse. Pelo menos algumas foram para outros estados brasileiros , nos quais os custos sao menores, embora quase tao imsuportaveis quanto. E nao venham me dizer que é obra de empresarios com olhos ensandecidos estrangulando criancinhas na esquina e pagando autos premios para quem decepar o dedo. Infelizmente.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here