Home Feira de Defesa LAAD 2017: jatos russos para países sul-americanos

LAAD 2017: jatos russos para países sul-americanos

7157
2
MiG-35

O exportador de armas estatal da Rússia cita Colômbia, Peru, Venezuela, Uruguai e Argentina entre os países que estão considerando comprar aviões de combate russos

RIO DE JANEIRO, 4 de abril / TASS /. Alguns países da América do Sul estão explorando a possibilidade de comprar aviões de combate da Rússia, disse o vice-presidente-executivo do exportador russo de armas Rosoboronexport, Sergei Ladygin, à TASS na terça-feira.

Ladygin dirige a delegação Rosoboronexport na exposição de defesa e segurança LAAD-2017 no Brasil.

“Colômbia, Peru, Venezuela, Uruguai e Argentina podem ser mencionados entre os países que estão pensando em comprar aviões de combate russos”, disse o vice-presidente da Rosoboronexport.

Especial atenção aos aviões de caça russos é motivada pelas excelentes características operacionais demonstradas pelos aviões de geração 4+ e 4++, disse ele.

MiG-35

“Em grande medida, o interesse aumentou após a operação bem sucedida da Força Aérea Russa na Síria”, disse o chefe da delegação.

Anatoly Punchuk, vice-diretor do Serviço Federal da Rússia para a Cooperação Técnica e Militar, disse à TASS na terça-feira que a Rússia havia apresentado suas propostas sobre a entrega de aviões de combate Mikoyan MiG-29 à Argentina, que havia manifestado seu desejo de comprar esses aviões.

A mostra internacional LAAD-2017 de defesa e segurança da América Latina será realizada no Rio de Janeiro de 4 a 7 de abril. Um total de 367 empresas de 36 estados expressaram seu desejo de participar.

A exposição russa organizada pelo exportador estatal de armas Rosoboronexport contará com os produtos de 23 empresas, 11 das quais irão demonstrar modelos de hardware militar avançado, incluindo o avião de treinamento de combate Yak-130, helicóptero de combate Mil Mi-28NE, Kamov Ka -226T rotocraft, o helicóptero leve multifunção Ansat, o sistema de mísseis antiaéreo de curto alcance Tor-M2KM, a corveta projeto 20382 Tigr, o navio patrulha projeto 12200 Sobol e outros materiais.

FONTE: TASS

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Guilherme Poggio
Editor
3 anos atrás

Peru é um histórico comprador de caças russos por estas bandas.

Mario F Navarro
3 anos atrás

We all know, that Colombia is not going to buy Russian fighters and that there is no official word of the the part of the Argentinian gov’t regarding this offer & that unlikely will be, because of lack of funds, the likely buyers are Venezuela and Peru & maybe Bolivia, if they have the money???