F-16V

Enquanto a Índia e a França não decidem sobre a negociação de fornecimento de 36 caças Rafale, a Lockheed Martin e a Saab estão tentando um acordo de governo para governo para fabricar caças na Índia.

Segundo matéria no jornal texano Star-Telegram, o CEO da Lockhed Martin fez uma oferta ao Primeiro Ministro indiano Narendra Modi em setembro do ano passado.

A empresa americana que já produziu mais de 4.500 caças F-16 nos últimos 40 anos, atualmente está produzindo um desses aviões por mês para atender uma encomenda do Iraque. O Paquistão, tradicional rival da Índia, também é usuário do F-16 e deve receber mais oito aeronaves em breve.

Gripen NG para o Brasil - concepção artística Saab

Enquanto isso, o site Defensenews informa que uma comitiva industrial sueca que incluiu Ericsson, Volvo, ABB, Scania e BAE Systems Hägglunds AB visitou a Índia para oferecer uma parceria para produção do Gripen NG na Índia, dentro dos moldes da transferência de tecnologia da encomenda de 36 caças feita pelo Brasil.

Representantes dos governos da Índia e da Suécia realizaram encontros entre os dias 14 e 15 de fevereiro e a Saab esteve presente em pelo menos um deles.

Tanto a Saab quando a Lockheed Martin pretendem abocanhar uma grande fatia dos 650 aviões de combate que a Índia vai precisar substituir nos próximos anos.

A Saab também disputa com seu Gripen E a concorrência de caças na Finlândia e na Bélgica, para substituir os velhos F/A-18 e F-16.

Subscribe
Notify of
guest
73 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader
4 anos atrás

O Gripen E seria a melhor alternativa para a Índia. De uma paulada só mandava os franceses da Dassault e sua jaca dourada Rafale praquele lugar e já desistia da joça do Tejas.

Mas… Esses são os indianos…

Vader
4 anos atrás

Outro dia o PM indiano disse que ficou “magoado” com o Tio Sam por ter fornecido 8 novos F-16 ao Paquistão…

Ora, os caras não compram o caça americano oferecido (F/A-18E), preferindo ficar há trocentos anos com essa novela de bollywood chamada Rafale e ainda querem impor que os EUA não possa vender seus caças para os outros?

Ora, vá catar cérebros de macacos!!! 🙂

Essa Índia é ridícula…

Fernando
Fernando
4 anos atrás

O F-16 seria um excelente caça para FAB, ainda acredito na possibilidade de vir alguns como caça tampão; Tudo depende de qual governo está a comandar o país, e por essa crise toda não dúvido o congelamento do contrato do Gripen.

alex prado
4 anos atrás

pois é….enquanto isso aguardamos os nossos.

Paraná CWB
Paraná CWB
4 anos atrás

A índia vai acabar escolhendo outro vetor. Correndo por fora o MiG-35…anotem aí .. rs

André Bueno
André Bueno
4 anos atrás

Fernando 19 de fevereiro de 2016 at 14:15

Se não me engano só interessaria à FAB os Gripen C/D como tampão por conta da comunalidade de emprego dos mesmos com os futuros E/F.

Quanto a congelar a aquisição dos Gripen E/F, não deverá haver problema já que o contrato já foi assinado e os desenbolsos ocorrerão após o recebimento do último exemplar.

Paraná CWB
Paraná CWB
4 anos atrás
Ednardo de oliveira Ferreira
4 anos atrás

Indiano é o famoso nem arreia o barro nem sai da moita. Tudo de errado em planejamento e gestão eles têm feito: 1- Investimentos em projetos fracassados; 2- Má manutenção do parque e equipamento instalado; 3- Variedade de compra de equipamentos (creio que nenhuma força do mundo tenha uma salada tão grande de aeronaves, piorando que são de pelo menos 4 países diferentes) 4- regras obscuras de contratação. 5- ‘vendas’ casadas em excesso (HAL tem que estar em todas e em tudo) Tanto faz gerir uma padaria ou uma força aérea. é receita para fracasso.

Ednardo de oliveira Ferreira
4 anos atrás

Olhando a salada um pouco mais a fundo segundo (en.wikipedia.org/wiki/List_of_active_Indian_military_aircraft):

Força Aérea:

Su-30MKI 242 + 30

tejas 9 + 119

MIG 29 59
MiG-29UPG 10

M2000H 39
M2000TH 9
M2000I/TI 2

Mig 21 245

Jaguar 145

MIg 27 85

Aviação naval:

Mig 29 39+6

Sea Harrier 11 (saindo de serviço)

Paraná CWB
Paraná CWB
4 anos atrás

A única opção que a Índia até o momento nao cogitou foi o A-4 Skyhawk modernizado. kkk

Ednardo de oliveira Ferreira
4 anos atrás

Considerando apenas as eronaves de combate, a força aérea já tem 8 tipos de aeronaves, de pelo menos 4 países diferentes. Fora a questão de modelos diferentes em quase todas elas.

Se eles reduzirem 8 modelos para 5 já “melhora” muito em relação ao que é hoje.

“os 2 ou 3 caças” que eles pretendem comprar devem substituir os Mig 21, Jaguar, Mirage 2000 e Mig 29 nos próximos 10 anos.

devem ficar, em 2020, com Su30, PAK-FA e Tejas, mais dois modelos entre rafale, F16 e Gripen.

Paraná CWB
Paraná CWB
4 anos atrás

Ednardo de oliveira Ferreira: Só um detalhe .. a força áerea indiana, mesmo sendo essa salada de fruta, sozinha; passa por cima de todas as forças áreas sul-americanas juntas!

Ednardo de oliveira Ferreira
4 anos atrás

Sem dúvida. mas a maior ameaça que temos aqui no Brasil somos nossos próprios criminosos.

A Índia não pode se dar ao luxo de ser a bagunça que é. Além de não terem dinheiro sobrando, estão arrodeados simplesmente por Rússia, China e Paquistão. Fora outros inúmeros interesses.

é nestas horas que só quantidade não é suficiente.

shambr
shambr
4 anos atrás

se a fabrica brasileira de gripens NG tivesse pronta a gente poderia oferecer estes mesmos 650 cacas novos para a india em um futuro naum muito distante o gripen NG vai vender feito agua igual o super tucano hehe

Ednardo de oliveira Ferreira
4 anos atrás

a Índia não quer os caças apenas. ela quer fábrica. assim, não poderíamos oferecer a fábrica. apenas a Suécia pode oferecer a fábrica e produção.

Mas se a Índia virar cliente do Gripen, vai ser um baita marketing do avião e, todo o mundo.

groosp
4 anos atrás

Nunca entendi porque o F-16 não estava no short list da FAB. Qual foi o vencedor? O Gripen. Qual o avião com as características mais próximas ao Gripen? F-16. Quais os outros aviões da short list? F/A-18E e Rafale. A short list não faz sentido.

Jeff
Jeff
4 anos atrás

groosp o que pegou no caso do F-16 foi a transferência de tecnologia e a fabricação do jato aqui no Brasil. Os gringos não abrem suas caixas-pretas assim tão facilmente, só pro tio Jacob e olhe lá ainda…
E eles é que estão certos.

Paraná CWB
Paraná CWB
4 anos atrás

Se o contrato do Gripen entrar na Lava Jato, poderia pintar por aqui um F-18 Super hornet de prateleira .

Ednardo de oliveira Ferreira
4 anos atrás

A despeito de ser um excelente caça, o F16 é um projeto de quarta geração, com 40 anos nos couros.

A short list dos anos 2000 (o F16 estaria na short list dos anos 90) já especificava diversos requisitos que o F16 não poderia atender. E nem apenas questões de tecnologia, mas questões diversas de requisitos da aeronave e de sistemas.

A transferência não seria tanto um problema porque os EUA ofereceram o Super Hornet (bem mais moderno que o F16). Era mais limitação da aeronave frente aos requisitos que se espera dela.

Aéreo
Aéreo
4 anos atrás

Ednardo
Era mais limitação da aeronave frente aos requisitos que se espera dela.
————————————————————————————————

Exceto o desempenho em pista de pouso e decolagem, qual requisito técnico / operacional que o F-16 Block 60 não cumpre e que o Gripen NG cumpre?

shambr
shambr
4 anos atrás

cara o que ele queria dizer e que o f 16 vai ficar obsolete como plataforma de technologia o gripen naum ele acabou de sair do forno e podera ser feito varios updates a vida util mais de 40 anos eu acho para a realidade brasileira ou ate la a embraer entre de sociedade com mais alguem e toquem o barco do gripen pra frente um gripen de sexta geracao stealth com BVRs radars e sensors de ultima geracao biposto e bimotor kkkkk

groosp
4 anos atrás

Jeff, não pode ser já que o SH tava na short list.

Bardini
4 anos atrás

Falam mal do pequeno, mas ele esta comendo pelas beiradas e pode vender muito ainda, especula-se por parte da SAAB de 300 a 450 aeronaves nos próximos 20 anos. Segundo eles estariam na lista: -Finlândia (substituto dos Hornets) -Croácia (substituto dos MiG-21) -Bulgária (substituto dos MiG-29) -Áustria (substituto dos Eurofighter T-1s) -Suíça, vão precisar de um caça na mara -Malásia -Índia -Talvez Filipinas -Namíbia, mas os caras não tem dinheiro -Botswana (Gripen C/D) -Colômbia, onde deveríamos investir mundos e fundos para vender para eles o caça -Nós, Brasil. Aliás, no Singapore Air Show, mais precisamente ontem, a SAAB afirmou que… Read more »

Duanny D.
Duanny D.
4 anos atrás

O Gripe E/F não é um upgrade de um projeto dos anos 80?

Duanny D.
Duanny D.
4 anos atrás

*Gripen (tudo bem que não é muito antigo, mas está longe de ser zero bala).

Carlos victor
Carlos victor
4 anos atrás

Amigos,se a india escolhesse o gripen,o projeto do sea gripen nao se tornaria mais real?
Outra pergunta:seria possivel fazer uma versão STOVL do gripen,semelhantemente ao do F-35B,porem com trens de pouso reforçados para poder ser lançado por catapulta também? Assim,tanto a MB quanto a marinha indiana poderiam ficar com um tipo de caça só, e talvez a inglaterra tivesse interesse também numa versao do gripen à essa maneira,sem falar da espanha

Rafael
Rafael
4 anos atrás

Bem-vindo de volta, Vader. Que a força esteja com você.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
4 anos atrás

É Vader… Mas tudo isso não depende só dos militares mas principalmente dos políticos indianos e o que eles levariam comprando o Gripen. Carlos Victor, o Gripen NG, na versão naval seria ótimo para India, pois veja bem, Eles teriam caças para Força Aérea deles e caças para Força Aeronaval respectivamente e nós do Brasil ficaríamos na primeira fila assistindo se dar certo a Saab se meter nesse investida de caça naval para depois nos aventurarmos a adquiri-los.

Bruno W.
Bruno W.
4 anos atrás

Desculpe mas dizer que o Gripen E/F é apenas um upgrade seria o mesmo que dizer que o SH é um upgrade do Hornet C/D ou o mesmo em relação ao Tucano/ Super tucano.. Embora sejam externamente parecidos são aeronaves novas, essa discussão já foi feita, e é inócua..
Em relação a essa hipotética venda a Índia, se for concretizada, quem garante que no futuro vejamos um embate F-16 vs Gripen nos céus da Caxemira..

Nonato
Nonato
4 anos atrás

O pessoal gosta de falar mal da Índia Se eles têm dinheiro não sei. Mas tem um certo avanço tecnológico. Mísseis, satélites, foguetes, porta aviões. E muitos aviões… Eu não concordo de ter apenas um tipo. Algo como 400 f 16. Ou 400 su 30. A não ser que um deteminado avião se mostrasse ser o suprasumo… Se eu fosse a Índia compraria uns 100 gripen desede que a Saab consertasse o tejas. Não acho gripen grande coisa. Como quebra galho têm o tejas mas que é fraco. Fariam essa jogada. 100 gripen. 200 tejas 100 su 35 (ou Rafale,… Read more »

RenanZ
RenanZ
4 anos atrás

Da vontade de falar mal dessa bagunça indiana, mas aí eu lembro que estou no “BraZil”………..

Renato Vieira
4 anos atrás

Não dar para entender mesmo esses inidianos, caras conseguem enviar uma Nave interplanetária gastando míseros U$ 73 Milhões, daí gastam bilhões com o tejas onde os resultados todos nós sabemos, surpreende essa disparidade de gastos x eficiencia entre a HAL e a turma do Centro Espacial Satish Dhawan. Acho que a disciplina e o profissionlismo dos suecos poderia fazer um bem danado aos indianos num possível SAAB Gripen NG Indu, isso claro, se os corruptos de lá não melassem ou atrapalhassem o cronograma do projeto !

timuskukii
4 anos atrás

Eu boicotaria os caças americanos, nos sabemos qual os interesses do governo deles, apenas dominar o mundo. Veja a guerra na Síria, financiam um conflito que dura desde 2011 e o mundo finge não ver o que acontece. O Iraque apanhou , e hoje são ´´aparentemente parceiros“ do próprio antigo inimigo. O governo brasileiro fez certo em não aceitar o F/A 18 como o vencedor do FX2. Nada contra o país em si, mas sabemos que existem coisas obscuras através do governo americano. Optaria por caças russos.

Jeronimo
Jeronimo
4 anos atrás

O gripen ng não é pequeno como dizem ,a não ser que o compare com o su 35 ,as dimensões do ng e’ semelhante a do mirage 2000 ,que ninguém chama de pequeno, agora no que se refere ao F 16 acha-lo melhor que o gripen ,não creio pois o F16 e’ um avião que tem sido anabolizado ,e está no seu limite,e também o seu projeto e’ caça bombardeio e não superioridade aérea,prova disso é que os EUA utilizam o F15 para este fim , utilizando o F 16 somente contra nações de terceiro mundo com aviões obsoletos.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
4 anos atrás

Fernando 19 de fevereiro de 2016 at 14:15
Sem chance, não faz sentido.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
4 anos atrás

Ednardo de oliveira Ferreira 19 de fevereiro de 2016 at 14:37
Variedade de compra de equipamentos (creio que nenhuma força do mundo tenha uma salada tão grande de aeronaves, piorando que são de pelo menos 4 países diferentes)

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Em asas rotativas somos imbatíveis. Salada com óleo Maria, sai da lata ! (Quem lembra ?).

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
4 anos atrás

Xiiiii, os famosos USAMERICANU MARVADOS voltaram, meu D’US !
____________________________________________

Gostei, 100 desse, 200 d’aquele, 180 do outro, Helmann’s total de volta. (rs)
____________________________________________

-Nós, Brasil. Aliás, no Singapore Air Show, mais precisamente ontem, a SAAB afirmou que o Sea Gripen fará parte do seu futuro porrifólio de produtos, e… Inicialmente o Sea Gripen atenderá a Brazilian Navy.

____________________________________________

Verdade, em 3022 ! (rs)

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
4 anos atrás

Estou assistindo inteligência artificial (AI), Kkkk rsrsrs tudo haver !

______________________________________

Tem doze(12) países comprando Gripen + a Brazilian Navy, vou mandar meu Curriculum para a Suécia, que Embraer que nada !
Shabet Shalom

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
4 anos atrás

Foi proposital tá ! Shabat Shalom

Chris
Chris
4 anos atrás

Estão repassando tanto essa tecnologia do GRIPEN… Que daqui a pouco vai parecer o ANDROID…. Tudo mundo tem e faz o que quer com ele !

Na posição de inimigo… Eu já estaria pensando numa forma de derruba-los… Via software !

Chris
Chris
4 anos atrás

Há mais de 30 países no mundo… Que não possuem água suficiente nem para abastecer suas cidades… Muitos deles, adoram até cortas pescoço de crianças por aí ! E ainda tem gente que acha que seria os EUA que poderiam querer invadir o Brasil ??? Não é para menos que eles chamam isso de paranoia brasileira ! Sobre dominar o mundo ???? Eles já dominam ! São 56 bases instaladas em outros países (E não invadiu nenhum deles) ! E esse papel de POLÍCIA MUNDIAL que fazem… Já evitou até guerras nucleares… Salvou o JAPÃO de ser bombardeado pela CHINA…… Read more »

Leopoldo
4 anos atrás

Fico me imaginando como deve funcionar o controle logístico de abastecimentos de peças para suas variedades de caças…. Mas se de fato ocorrer alguma reviravolta o Gripen E é o melhor caminho para eles.

Não sei o que passa quando falam que o Gripen E vai ser pior que SU-30 entre outros… O que manda em um combate não é só capacidade do caça e sim sua doutrina e relação a capacidade do novo Gripen E só deve ficar atrás do caças 5° geração.

Duanny D.
Duanny D.
4 anos atrás

A atualização estrutural do gripen e não é comparável a do super hornet.

BrancoF-16
4 anos atrás

Se os Indianos pensarem em custo beneficio vão de F-16 projeto já esta pago há tempos e pela grande quantidade que eles vão precisar substituir é a melhor opção, sem contar uma lista de armamentos integrados sem fim, nesse quesito o F-16 é imbatível.

Outra salada nas forças indianas é de helicópteros os cara devem ficar louco, deve ter caça e helicópteros voando até com peças de outros caça e helicópteros sem saber kkkkkkk

Duanny D.
Duanny D.
4 anos atrás

Na verdade, penso que sua diferença está mesmo no novo radar, motorização, armas que pode carregar, IRST, etc, do que propriamente na estrutura.
Pra mim o upgrade está muito mais próximo da atualização dos F-16 block 60 dos anteriores, que inclusive tiveram também acréscimo de combustível (por CFTs), solução não seguida pela SAAB. Chamá-lo de “outro avião” penso ser muito generoso.
Mas isso também hoje é só “chute” só saberemos quando for apresentado.

Duanny D.
Duanny D.
4 anos atrás

Outra coisa amigo, um pensamento divergente do seu não é inócuo. Inócuo é não defender sua posição com argumentos racionais.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
4 anos atrás

Nossa, esse debate sobre o FX-2 é interminável! Por que não entrou esse na short list, por que não escolheram aquele, tal avião é o melhor do mundo, FAB burra e corrupta… Meu Deus!
Editores, vamos fazer um seminário sobre o FX-2. Vou convidar o Brig Cha, da minha turma, Presidente da COPAC. Quem sabe ele possa nos explicar definitivamente algo sobre o Gripen NG.

mauriciosilva2014
mauriciosilva2014
4 anos atrás

Olá.
Seria de extrema valia, Rinaldo. Se for possível, por favor.
SDS.

Alexandre Galante
4 anos atrás

Prezado Rinaldo, esse espaço é para isso mesmo, estamos à disposição. Abs