Home História da Aviação Poder Aéreo nos Estados Unidos: Fort Worth Aviation Museum – parte 1

Poder Aéreo nos Estados Unidos: Fort Worth Aviation Museum – parte 1

437
13
FWAM vista aerea
Vista aérea do Fort Worth Aviation Museum

 

Alexandre Galante
Enviado especial

Vinheta ExclusivoPreservar, Inspirar e Educar é a missão do Fort Worth Aviation Museum (FWAM), localizado no norte do Texas, a apenas 35 minutos de Dallas. O museu, que fica ao lado do Meacham International Airport em Fort Worth, se chamava Veterans Memorial Air Park até 2013, quando foi rebatizado. O lema do FWAM é “Bringing Aviation History to Life” – Trazendo a História da Aviação para a Vida”.

Tivemos o privilégio de fazer uma visita no fim de semana passado e foi uma experiência emocionante conhecer de perto e tocar algumas aeronaves que só conhecíamos de livros e filmes.

FWAM entrada

O FWAM tem 25 aeronaves e abriga na verdade dois museus, o B-36 Peacemaker Museum e o Forward Air Controllers’ Museum. Este último conta a história dos Forward Air Control (FAC) – Controladores Aéreos Avançados, empregados em Close Air Support (CAS) – apoio aéreo aproximado, a história do avião North American Rockwell OV-10 Bronco e a história da aviação no norte do Texas, com ênfase na Air Force Plant #4, agora conhecida como Lockheed Martin.

O corredor principal do museu tem uma linha do tempo com os eventos principais do Norte do Texas e do mundo, inclusive com fotos e histórias sobre aviação americana.

A parede do lado esquerdo mostra a evolução das missões de controle aéreo avançado e um mapa do teatro de operações no Vietnam, com a localização das aeronaves OV-10 Bronco abatidas e fotos dos tripulantes que perderam suas vidas.

OV-10 Bronco servicemen killed in action memorial

Bronco Ready Room – o “ready room” retrata uma sala de briefing de um esquadrão e inclui fotografias e posters do OV-10 dos EUA e de outros países.

OV-10 Bronco Ready Room

Interior do museu

Na tabela seguinte, a lista de aviões do FWAM. Alguns deles estão sempre em restaurações e pintura, porque ficam expostos ao ar livre.

Modelo Fabricante Serial # Notas
A-4 Skyhawk Douglas 147715 tipo: A-4C
A-4 Skyhawk Douglas 158073 tipo: TA-4J
A-7 Corsair Ling-Temco-Vought 154479 tipo: A-7B
A-12 Avenger McDonnell Douglas
General Dynamics
Mockup nickname: “Flying Dorito”
BT-13 Valiant Vultee 8408 ano: 1943
CH-53 Sea Stallion Sikorsky 153715 tipo: CH-53A; nickname: “Patches”
F-4 Phantom McDonnell Douglas 64-0825 tipo: F-4C
F-4 Phantom McDonnell Douglas 153821 tipo: QF-4S; nickname: “Scooby”
F-5 Tiger Northrop 74-1558 tipo: F-5E Tiger II
F-8 Crusader Vought 146898 tipo: RF-8G
F-14 Tomcat Grumman 159600 tipo: F-14D; nickname: “Christine”
F-18 Hornet McDonnell Douglas 162826 tipo: F/A-18; ex-Blue Angels
F-102 Delta Dagger Convair 56-2337 tipo: TF-102A; nickname: “Hewy”
F-105 Thunderchief Republic Aviation 60-5385 tipo: F-105D; nickname: “Fireball Express”
F-111 Aardvark General Dynamics 68-0009 tipo: F-111E; nickname: “Balls 9”
O-1 Bird Dog Cessna 51-16953 tipo: O1-A (L-19A)
O-2 Skymaster Cessna N/A tipo: O-2A; nickname: “Kudy Jay”
O-2 Skymaster Cessna 67-21430 tipo: O-2A
OH-58 Kiowa Bell Helicopter 71-20606 tipo: OH-58A
OV-10 Bronco North American
Rockwell
Mockup tipo: OV-10A; mockup original de fábrica
OV-10 Bronco North American
Rockwell
68-03825 tipo: OV-10A
OV-10 Bronco North American
Rockwell
155426 tipo: OV-10A
T-33 Shooting Star Lockheed 53-5215 tipo: T-33A
T-37 Tweet Cessna 57-2261 tipo: T-37A

Abaixo, seguem as fotos que fizemos das aeronaves do FWAM. A grande supresa foi encontrar o mockup do avião de ataque stealth A-12 Avenger II (“Flying Doritos”), na parte externa, aguardando montagem e reastauração. O A-12, cancelado em 1991, iria substituir o A-6 Intruder.

A-4C Serial 147715 - FWAM
A-4C Serial 147715 – FWAM
Northrop F-5E Tiger II Serial 74-1558
Northrop F-5E Tiger II Serial 74-1558
Cessna O-2 Skymaster Serial 67-21430
Cessna O-2 Skymaster Serial 67-21430
Skyhawk TA-4J Serial 158073
TA-4J Skyhawk Serial 158073
Cessna T-37 Tweet Serial 57-2261
Cessna T-37 Tweet Serial 57-2261
Grumman F-14 Tomcat Serial 159600
Grumman F-14D Tomcat Serial 159600
McDonnell Douglas F-18 Hornet Serial 162826
McDonnell Douglas F-18 Hornet Serial 162826
Convair TF-102A Delta Dagger Serial 56-2337
Convair TF-102A Delta Dagger Serial 56-2337
North American OV-10 Bronco Serial 155426
North American OV-10 Bronco Serial 155426

Continua em próximo post…

Subscribe
Notify of
guest
13 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Baschera
Baschera
5 anos atrás

Fantástico !!

Mas o “meu” museu tem tem um Grumman F-14D (1:48) mais bonito…que acabei de remontar.

Sds.

Corsario137
Corsario137
5 anos atrás

Parabéns pela viagem e pela reportagem Galante.

Um presente de sábado!

Impressionante como o Rafale tem inspiração no Convair TF-102A Delta Dagger. As entradas de ar, a silhueta da fuselagem para acomodá-las, as assas em delta..

a.cancado
a.cancado
5 anos atrás

Realmente, muito legal a matéria, Galante, obrigado..

a.cancado
a.cancado
5 anos atrás

Só não entendi por quê eles, lá, mandam para museus aeronaves de combate moderníssimas, que poderiam e deveriam ser modernizadas para padrões mais avançados, assim como nós, aqui, pretendemos fazer…

Vader
5 anos atrás

Kkkkkkkkkkk…

Só nesse museusinho de meia pataca tem mais poder de fogo do que metade das forças aéreas da América Latrina, rsrs…

Nessas horas que vemos como somos mesmo uma piada.

No mais, bom trabalho Galante. Veja se consegue dar uma esticada e visitar o AMARG. Abraço.

Vassili
Vassili
5 anos atrás

Vader, isso mesmo….. Quem sabe lá no AMARG o Galante encontra alguns bicudos para a FAB escrapear né….. Ou e uma solução AMARGa demais??????

Abraços……

Vassili
Vassili
5 anos atrás

E o canopy desse TA-4J hein….. Mas que cara de F-16 rsrsrs…..

Yluss
Yluss
5 anos atrás

Não sei se é por ter assistido Top Gun mais de cem vezes..
de todo jeito.. o Tomcat é o avião mais lindão que já existiu!

😀

Saudações o/

Mauricio R.
Mauricio R.
5 anos atrás

“O FWAM tem 25 aeronaves e abriga na verdade dois museus, o B-36 Peacemaker Museum e o Forward Air Controllers’ Museum.”

O museu dos Controladores Aéreos Avançados está plenamente representado, c/ exemplares de aeronaves O-2 e OV-10.
Quero ver a representação do museu do B-36…
E não valem aquelas réplicas, exibidas na vitrine da 5ª foto.

Mas eu estou vendo realmente, o que estou vendo:

Não tem calçada do lado da travessa, a cerca chega até a guia.
A garotada da vizinhança fica no meio fio, de cara colada na cerca.

Guilherme Poggio
Editor
5 anos atrás

Caro Mauricio R.

Isso mesmo. Esse lado da rua (o do museu) não tem calçada. Essa é apenas uma via de acesso à entrada secundária do aeroporto de Meacham, que fica atrás do museu.

Parabéns pela matéria Galante!

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Guilherme Poggio
5 anos atrás

“a.cancado em 13/06/2015 as 12:56” O ritmo de voo deles é maior, seja na paz ou na guerra, então é comum ter aeronaves tanto estocadas no deserto ou em museus mais cedo do que estamos acostumados a ver por aqui. Mas, quando interessa, eles modernizam e atualizam aviões, trocam asas etc. Em todo caso, temos por aqui também alguns aviões relativamente novos em museus, notadamente protótipos (casos de A-1, A-29, por exemplo) Aproveitando, Galante, muito boas as fotos, interessante em especial o Delta Dagger ressaltado pelo Corsario mais acima. Quando puder ir ao PIMA em Tucson, você certamente vai pirar… Read more »

Augusto
Augusto
5 anos atrás

Galante,

tive vontade de passar pelo FWAM quando estive em Dallas e nas cidades pequenas da região (Garland, Denton, Grapevine, Fort Worth e Arlington). Deixei para o último dia e acabei não indo.

Voltarei muito em breve e desta vez irei lá.

Grande abraço.

Mauricio R.
Mauricio R.
4 anos atrás

OFF TOPIC…

…mas nem tanto!!!

Um “Tomcat” p/ o século 21???

“The report notes that both the Super Hornet and the F-35C are severely challenged by new enemy fifth-generation fighter aircraft such as the Russian-built Sukhoi T-50 PAK-FA and Chengdu J-20.”

“Indeed, certain current adversary aircraft such as the Russian Su-30SM, Su-35S and the Chinese J-11D and J-15 pose a serious threat to the Super Hornet fleet. It’s a view that shared by many industry officials, U.S. Navy, U.S. Air Force and even U.S. Marine Corps aviators.”

(http://warisboring.com/articles/does-the-u-s-navy-need-a-21st-century-f-14-tomcat/)

PS: O rato Jerry é contra.