Home Asas Rotativas Pela primeira vez uma mulher comanda helicóptero de ataque da FAB

Pela primeira vez uma mulher comanda helicóptero de ataque da FAB

1209
13

Tenente Vitória em AH-2 Sabre - foto 3 FAB

Aos 23 anos, a Tenente Vitória conduz uma máquina de guerra capaz de disparar mísseis e foguetes

A Tenente Aviadora Vitória Bernal Cavalcanti entrou para a história da aviação brasileira ao se tornar a primeira mulher do País a alçar voo no comando de um helicóptero de ataque. Na última sexta-feira (06/03), ela realizou a sua primeira instrução no cockpit da aeronave AH-2 Sabre, com sede na Base Aérea de Porto Velho.

“É uma grande honra e responsabilidade ser a primeira mulher a pilotar um helicóptero de ataque da Força Aérea Brasileira. Espero que isso sirva de inspiração para todas as mulheres, mostrando que, por meio do esforço e da dedicação, nós podemos alcançar qualquer objetivo”, ressaltou.

Tenente Vitória e AH-2 Sabre - foto FAB Tenente Vitória em AH-2 Sabre - foto 2 FAB

Formada pela Academia da Força Aérea (AFA) em 2013, a Tenente Vitória, hoje aos 23 anos, é natural de São Paulo (SP). Ela é a primeira aviadora do Esquadrão Poti, equipado com os helicópteros de ataque AH-2. A aeronave, armada com um canhão de 23mm e capaz de lançar mísseis e foguetes, é blindada e pesa 12 toneladas.

“Ainda terei muitos estudos e treinamentos pela frente para cumprir todas as ações da FAB atribuídas ao Esquadrão Poti, que são defesa aérea, ataque, escolta, supressão de defesa aérea inimiga, varredura e apoio aéreo aproximado”, destacou.

Após voar aviões T-25 e T-27 na AFA, a Tenente Vitória passou um ano em Natal (RN), no comando de helicópteros H-50 Esquilo. Transferida em 2015 para Porto Velho, seu primeiro desafio foi o curso teórico da aeronave AH-2 Sabre. Agora, ela treina para atuar como POSA (Piloto Operador de Sistemas de Armas), responsável por acionar o armamento do AH-2.

Tenente Vitória em AH-2 Sabre - foto FAB

FONTE / FOTOS: FAB (Esquadrão Poti)

13
Deixe um comentário

avatar
12 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
Rinaldo NeryWellington GóesHamadjrRafael M. F.Fernando "Nunão" De Martini Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Kojak
Visitante
Kojak

Show, adorei.

Notícia auspiciosa, ela tão jovem e ascendendo literalmente.

Fabianos,

qual a relação na AFA e após com os membros do sexo oposto ?

Profissionalmente e em relação ao respeito ?

Curiosidade !

Cumprimentos a Oficial.

Rafael M. F.
Visitante
Rafael M. F.

Que Pitéuzinho! Um toque de beleza nesses crocodilos com asa.

Todo sucesso para a oficial! Realmente, uma menina ainda! E já dominando uma máquina do porte de um Hind.

Curiosidade: A FAB já admite mulheres desde 1983, se não me engano. Já há alguma mulher no círculo de oficiais-generais?

André Sávio Craveiro Bueno
Visitante
André Sávio Craveiro Bueno

A AFA admite mulheres desde 2002 ou 2003, se não me engano. Se os oficiais de alta patente saem dali, então não devem haver mulheres generais. A não ser que isso seja possível através do quadro de oficiais temporarios, médicas, por exemplo.

André Sávio Craveiro Bueno
Visitante
André Sávio Craveiro Bueno

Valeu Nunão.

Bem, então são os oriundos da AFA que podem chegar ao posto mais alto, tenente-brigadeiro. Uma questão: para chegar a este posto basta ser piloto ou apenas aqueles que são caçadores é que lá chegarão?

Rafael M. F.
Visitante
Rafael M. F.

Fernando,

Antes das mulheres poderem ingressar na AFA elas não atingiam o oficialato através de outras instituições?

A UNIFA, por exemplo, não formava oficiais?

Rafael M. F.
Visitante
Rafael M. F.

Informação valiosa, Fernando!

Pode ser que nos próximos cinco a dez anos tenhamos a primeira mulher a alcançar o generalato na FAB, e talvez em toda a força.

A Armada foi a primeira das três armas a admitir mulheres, em 1981. O exército só admitiu acho que em 1992, coisa assim.

Hamadjr
Visitante
Hamadjr

Espero que ela nunca fique com TPM qdo estiver voando com essa inofensiva maquina de combate, aliás para atormentar a galera da eterna duvida, será que esse HA-2 é aquele que faltou na última apresentação?

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Dá pra ver que numa das fotos ela está usando o capacete russo padrão, acredito que tenham resolvido os tais problemas de comunicação propalado tempos atrás, ou não? Se sim, alguém tem mais detalhes da solução?

Até mais!!! 😉

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

A Vitória é da turma do meu filho. Hoje, na FAB, só há médicas no posto de Coronel. E poderão atingir o generalato, sim. Lembrando que médicos, engenheiros e intendentes só chegam a 3 estrelas. A promoção ao generalato é por Lista de Acesso por Escolha (LAE), e não é necessário ser caçador. A minha turma promoverá no próximo dia 31, 14 Brigadeiros, e a minoria é caçador (4, se não me engano). A promoção é definida em reunião do Alto Comando. É necessário que o Coronel tenha cursado o CPEA (Curso de Política e Estratégia Aeroespaciais), na ECEMAR, ou… Read more »