Home Aviação de Caça Em evento do KC-390, MD da Argentina anunciou decisão para negociar 24...

Em evento do KC-390, MD da Argentina anunciou decisão para negociar 24 caças Gripen

660
66

Gripen E com camuflagem pixelizada - imagem Saab

Brasil e Argentina assinam acordo para fortalecer cooperação aeronáutica

 –

Gavião Peixoto (SP), 21/10/2014 – Os ministros da Defesa do Brasil e da Argentina, Celso Amorim e Agustín Rossi, assinaram nesta terça-feira (21) um importante acordo de cooperação bilateral que garantirá base jurídica e política para a ampliação de projetos conjuntos no setor aeronáutico.

Denominado Aliança Estratégica em Indústria Aeronáutica (AEIA), o acordo tem como objetivo integrar e fortalecer os setores industriais de defesa de ambas as nações. Para estímulo do setor produtivo dos dois países, figuram no documento a possibilidade de adoção de medidas como a identificação de potenciais alianças industriais, a elaboração de novos projetos conjuntos e a geração de demanda antecipada de produtos capazes de propiciar economia de escala.

A assinatura do acordo ocorreu logo após a cerimônia de lançamento (roll out) do avião cargueiro e reabastecedor militar KC-390, na unidade da Embraer em Gavião Peixoto, interior paulista. Um dos mais importantes projetos estratégicos da Defesa Nacional, o KC-390 foi projetado pela Força Aérea Brasileira (FAB) e fabricado pela Embraer com a participação de outros três países: Argentina, Portugal e República Tcheca.

KC-390 - roll out - 21-10-2014 - foto 7 Nunão - Forças de Defesa

Em pronunciamento realizado durante a assinatura do acordo, o ministro da Defesa argentino ressaltou a importância da participação da indústria de seu país na fabricação do cargueiro da Embraer. Segundo ele, os investimentos feitos para a produção de peças do KC-390 na Fábrica Argentina de Aviões (FAdeA), em Córdoba, foram fundamentais para revitalizar a indústria aeronáutica de seu país.

Agustín Rossi também anunciou a decisão do governo argentino de iniciar as negociações para aquisição de 24 caças suecos Gripen NG que serão produzidos no Brasil. As condições da compra, assim como a eventual participação argentina na produção desses aviões, serão objeto de tratativas, nos próximos meses, entre representantes dos dois países. O contrato de aquisição e desenvolvimento de 36 Gripen NG, pelo Brasil, deverá ser assinado até dezembro deste ano.

O ministro Celso Amorim comemorou a assinatura do acordo com a Argentina, classificando-a como simbólica e “duplamente estratégica” por juntar os setores de defesa e aeroespacial. “Nossa disposição de cooperar com Argentina, país vizinho e amigo, é total”, disse.

Amorim afirmou que o Brasil estudará “com empenho” a possibilidade de participação argentina no projeto do Gripen NG. Em sua avaliação, há um extenso campo a ser explorado na cooperação em defesa entre os dois países. Como exemplo, ele citou a indústria naval, na produção de navios-patrulha e corvetas.

O Brasil mantém estreita cooperação com a Argentina em outros projetos na área de Defesa. No âmbito do Conselho de Defesa Sul-Americano (CDS/Unasul), os países participam, juntamente com outras nações da região, do desenvolvimento de um avião militar de treinamento básico e de um veículo aéreo não-tripulado (Vant). Brasil e Argentina também iniciaram uma troca de experiências no setor de defesa cibernética. Além de participar da produção do KC-390, o país vizinho já manifestou a intenção de compra de seis unidades da aeronave.

Participaram também da cerimônia de assinatura do acordo os comandantes da Marinha (almirante Júlio Soares de Moura Neto), Exército (general Enzo Peri) e da Aeronáutica (brigadeiro Juniti Saito), o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (general José Carlos De Nardi), além do secretário-geral (Ari Matos) e do secretário de Produtos de Defesa do Ministério da Defesa (Murilo Marques).

FONTE: Ministério da Defesa

NOTA DO EDITOR: o título original é o subtítulo.

COLABOROU: Baschera

66
Deixe um comentário

avatar
63 Comment threads
3 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
37 Comment authors
CarlosPanglossJúlio CostaIväny JuniorMauricio R. Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
juarezmartinez
Visitante
juarezmartinez

Pronto, estava indo tão bem, agora começaram as viagens ao mundo maionese.

Grande abraço

Hercules Araujo
Visitante
Hercules Araujo

Isso sim é um furo de reportagem como dizíamos antigamente.
Abs

nunes neto
Visitante
nunes neto

O Gripen não tem equipamentos fabricados na Inglaterra?

André Sávio Craveiro Bueno
Visitante
André Sávio Craveiro Bueno

Nunes, me lembro de cara do assento ejetável ser Martin Baker.

Tudo bem, querem comprar, ótimo! Quem vai financiar?

nunes neto
Visitante
nunes neto

Alguma dúvida? Nós, via BNDS…

André Sávio Craveiro Bueno
Visitante
André Sávio Craveiro Bueno

Nunes, seria hilário. Nós contraimos empréstimo fora e, depois, fornecemos aos argies. Bom, só se cobrar uma taxa salgada. Mas que diferença fará? Eles não pagarão mesmo!

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Isso é fruto desse ________ nojento querer apoiar esses governozinhos populistas. Vendam GRIPEN pra Bolívia tbm!

COMENTÁRIO EDITADO

Nick
Visitante
Member
Nick

O Gripem NG tem componentes ingleses. Se eles concordarem, beleza…

Agora os argentinos não tem dindin para nada. Como que fica?

[]’s

André Sávio Craveiro Bueno
Visitante
André Sávio Craveiro Bueno

Rinaldo, não vejo o __________ como panacéia mas que deve ser algo menos ruim. Ao menos na política externa deve ter os pés mais firmes no chão.

Nick, o lance deve ser o Brasil apoiar as exportações via BNDES, creio. Mas temos grana para tanto? Certamente não.

Eles que negociem com os suecos a compra!

COMENTÁRIO EDITADO. SENHORES, EVITEM MENCIONAR PARTIDOS NESSA RETA FINAL DA ELEIÇÃO. COLABOREM PARA QUE O DEBATE NESTE ESPAÇO NÃO DESCAMBE PARA PROPAGANDA / CONTRAPROPAGANDA POLÍTICA.

Victor Matheus
Visitante
Victor Matheus

Acho difícil os ingleses cederem os componentes pra uso da Argentina. Eles já ficaram doidos só com as tratativas dos caças F1 e Kfir, imagina Gripen então!
Att.

Baschera
Visitante
Baschera

Ou pode ser mais uma “embromation” da Senhora K…

Nunão, grato pelo crédito !

Sds.

rommelqe
Visitante
rommelqe

Prezados, Vejo nesta tentativa de participação dos argies um fator extremamente complicador. Afinal não são apenas componentes fornecidos pelos britânicos, pois não deve ser esquecido (e nem menosprezado) que os ingleses são desenvolvedores dos Gripen em colaboração direta com os Suecos… Além disso, como já comentei anteriormente, o processo de aprendizado/agregação de conhecimento junto aos suecos já vai ser por si só difícil. Imaginem então com a interferência de terceiros com o “direito” de participar na gestão (mesmo que indiretamente) desse processo? Bom pelo menos (“on, off course”, ironia) na grana vamos ter um ” peso” no real (“improvement .-… Read more »

rafael bastos
Visitante
rafael bastos

Os argentinos não tem capacidade de absorver o know-how de uma transferência e tão pouco dinheiro e estrutura para produzir a aeronave localmente. O máximo que poderão fazer, acredito eu, é uma compra ” de prateleira” o que sairia por menos de dois bilhões de dólares (a serem financiados por bancos estatais e parcelados a prestações de perder de vista). Sob esta perspectiva mais realista eu acho que a compra seria possível, se não fossem os ingleses é claro….

rafael bastos
Visitante
rafael bastos

A unica solução dos argentinos para o problema inglês seria talvez a produção local ou a compra através de outros fornecedores dos componentes de origem britânica que compõe o Gripen. O Irã faz algo parecido para manter o F-14 no “ar” porque a maluca da Kirchner não poderia fazer o mesmo?

Júlio Costa
Visitante
Júlio Costa

Olá a Todos “O contrato de aquisição e desenvolvimento de 36 Gripen NG, pelo Brasil, deverá ser assinado até dezembro deste ano.” ————————- “O governo brasileiro pretende assinar até o dia 24 deste mês o contrato de aquisição dos caças supersônicos Gripen NG, produzidos pela empresa sueca Saab.” http://www.aereo.jor.br/2014/10/02/gripen-ng-contrato-de-compra-de-caca-sueco-sera-assinado-este-mes/ ————————– Esse jogo de informações parece uma dança: um passo pra cá e outro pra lá, um passo pra frente e outro pra traz. —————————————————————————- Voltando ao tema rafael bastos, “A unica solução dos argentinos para o problema inglês seria talvez a produção local ou a compra através de outros fornecedores… Read more »

Aldo Ghisolfi
Visitante
Aldo Ghisolfi

comment image

Vader
Visitante

Senhores, vamos lá: 1. A Argentina não possui crédito internacional para compra sequer de COMIDA, que não possui restrições de ordem alguma. Nenhum louco irá emprestar dinheiro para um país em DEFAULT para com seus credores. Logo, se fosse possível que a Argentina comprasse alguma coisa com tcenologia anglo-americana (chego lá para explicar porque é impossivel), QUEM VOCÊS ACHAM QUE IRIA PAGAR ESSA CONTA?????? 2. A Argentina não possui RESERVAS para fazer o pagamento à vista, ou poderia tentar a compra (impossível, como explicarei) diretamente dos suecos. Sabem quem iria/irá pagar essa conta caso esse factóide prospere???? 3. A Argentina… Read more »

Vader
Visitante

Agora, sinceramente, só um _________________como esse MD pra armar um vizinho com a mesma arma que irá compor a espinha dorsal de sua FA, e ainda financiar esse rearmamento.

Coisas que só o _________ consegue pensar…

COMENTÁRIO EDITADO

juarezmartinez
Visitante
juarezmartinez

Mestre Vader, o________________________________
Lembra, a pouco o 1 Bilhão a YPFB a título compensação, logo antes das eleições lá.
Quanto tu acha que os “atravessadores” levaram na venda dos E Jets para a Aeorlineas, ohh Meste Vader não se esquecça que em termos de tramóias ninguém supera.

Grande abraço

COMENTÁRIO EDITADO. SENHORES, QUANTAS VEZES TEREMOS QUE REPETIR PARA NÃO FAZEREM COMENTÁRIOS QUE DESCAMBEM PARA PROPAGANDA / CONTRAPROPAGANDA POLÍTICA, AINDA MAIS ÀS VÉSPERAS DAS ELEIÇÕES?

Joner
Visitante
Joner

Sem chance do Ng ir para los ermanos, posso citar os motivos, mas os colegas já os disseram! Pode esquecer!
Ou será um motivo para não assinar o contrato com os suecos?

Blackhawk
Visitante
Blackhawk

Quando o assunto é dinheiro, nunca duvidem..
Lembram-se que há pouco tempo atrás saiu uma notícia da Inglaterra vendendo armas para Argentina?
http://www.dailymail.co.uk/news/article-2172905/British-firms-sold-2m-arms-Argentina-years-despite-mounting-tension-Falklands.html

Anderson Petronio
Visitante
Anderson Petronio

Amigos.
Ano que vem é eleição presidencial no nosso país vizinho.
O grupo político atual, será ao que indicam as projeções, derrotado.
Que para se manter com chances de se eleger, precisa recuperar a imagem de ter abandonado as FA’s a mingua.
Esta intenção de compra, na opnião modesta deste escriba, é mais um balão de ensaios.

Felipe Augusto Batista
Visitante
Felipe Augusto Batista

@ Vader Na minha opinião o que pode barrar a Argentina é “apenas” a negação da venda por parte dos ingleses e americanos, pois a falta de dinheiro não interessa uma vez que somos nós que iriamos bancar pra eles, vide como fizemos um porto em Cuba quando não fazemos os nossos. Quanto a armar um vizinho com a mesma arma que será a espinha dorsal de nossa força aérea, embora eu não concorde e preferisse que nós tivéssemos a superioridade no continente, não é tão coisa de doente mental assim. Veja o exemplo do F-35 que será sim a… Read more »

Carlos
Visitante

Vader, Juarez, Júlio e demais colegas

Primeiro:

____________________AUTO EDITADO

Segundo:

____________________AUTO EDITADO

Terceiro:

____________________AUTO EDITADO

Quarto:

https://www.google.com.br/search?q=fotos+maionese&espv=2&biw=1280&bih=699&tbm=isch&tbo=u&source=univ&sa=X&ei=C6lHVPO0O4a7ggS_0oGQDQ&ved=0CBwQsAQ

Renato.B
Visitante

Pessoalmente isso me parece conversa de boteco. Nenhum solicitação de proposta, país sem crédito… eu já acho a participação deles no KC-390 um risco.

Carlos
Visitante

A compra dos Kfir foram “meladas”,

A compra dos Cheetah foram “meladas”,

A compra dos F 1 Salamanca, foram “meladas” e os argies divulgaram uma desculpa mentirosa,

Caso comprem, eu duvido ……… será algo com tecnologia zero ocidental e ponto.

____________ quem for o louco de vender.

Esse CA é uma piada de mal gosto mesmo.

COMENTÁRIO EDITADO. NÃO UTILIZAR PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, MESMO “DISFARÇADAS”. NÃO É PRECISO EMPORCALHAR O BLOG PARA PASSAR A MENSAGEM EM SEU COMENTÁRIO.

Edgar
Admin
Member

[OFF-TOPIC]

Não é só o Brasil que faz upgrade em F5:

http://www.flightglobal.com/news/articles/elbit-lands-asian-f-5-upgrade-deal-405065/

Solskhaer
Visitante
Solskhaer

Agustín Rossi também anunciou a decisão do governo argentino de iniciar as negociações para aquisição de 24 caças suecos Gripen NG que serão produzidos no Brasil. As condições da compra, assim como a eventual participação argentina na produção desses aviões, serão objeto de tratativas, nos próximos meses, entre representantes dos dois países.

… Parei de ler a partir daqui. Objetos de tratativas é a maior enganação em palavras que já li. Desculpem-nos hermanos!!

nunes neto
Visitante
nunes neto

Nosso governo empresta dinheiro para quem não pode pagar,inclusive perdoa dívidas,faz doações…enfim o financiamento não é problema,mas como dito aqui a Inglaterra participa do projeto com itens importantes,sem contar os EUA,se o Brasil insistir nessa venda pode sobrar para nós!

andersonrodrigues1979
Visitante
andersonrodrigues1979

Bem seria interessante do ponto de vista comercial para o projeto são mais 24 caças para produzir, realmente seria muito difícil a questão do financiamento conforme os amigos acima explicaram melhor, ou problema seria a inglaterra liberar tecnologia sensível. Eu realmente fico na torcida e gostaria muito de ver os Argentinos com as FAs bem equipadas, pois são nossos parceiros, e as forças armadas dos nossos países estão sempre fazendo treinamento conjunto. Sem falar que em caso de um necessidade contra paises grande daria para dar aquela ajuda por baixo dos panos, repasse de peças sobressalentes e até mesmo aeronaves,… Read more »

nunes neto
Visitante
nunes neto

Mas a Argentina anúnciou tanta compra que não foi pra frente…mas se a venda ocorrer,os itens liberados e eles pagarem o financiamento (tenho certeza que o governo brasileiro já acenou $$$),beleza muito bom pra nós,pra eles,pra suécia,ruim pra Inglaterra.Abçs

joseboscojr
Visitante
Member
joseboscojr

“Agustín Rossi também anunciou a decisão do governo argentino de iniciar as negociações para aquisição de 24 caças suecos Gripen NG que serão produzidos no Brasil. As condições da compra, assim como a eventual participação argentina na produção desses aviões, serão objeto de tratativas, nos próximos meses, entre representantes dos dois países.”

Pra mim isso é conversa de bêbados falando de sexo de anjos no dia de São Nunca na sala do trono de Asgard.

Edgar
Admin
Member

Já combinaram com os suecos?

eparro
Visitante
eparro

Gentes, pera lá!
Los Hermanos anunciaram um “início de negociações para aquisição de 24 caças suecos Gripen NG que serão produzidos no Brasil”!

Salvo engano, em termos otimistas eles estão falando em coisas que poderão acontecer “para lá de 2020”. Pensa só o “tanto” de água que vai passar por baixa dessa ponte aí.

mdanton
Visitante
mdanton

PRONTO SE ENTRAREM VAI COMEÇAR CAUSAR PROBLEMAS COMO SEMPRE FAZEM.
_____________________________________ Estão com inveja do Brasil e querem “melar” o negócio…podem ter certeza disso. Por causa de uma singela fábrica de celulose causaram maior reboliço com o Uruguai. TIREM FORA ESSES PORTENHOS FA.

COMENTÁRIO EDITADO POR CONTEÚDO XENÓFOBO E PRECONCEITUOSO.

SOLICITAMOS TAMBÉM QUE NÃO UTILIZE MAIÚSCULAS NOS COMENTÁRIOS.

eduardo pereira
Visitante
eduardo pereira

Poxa Bosco na sala do trono de Asgard foi o máximo!!!kkkkk

andersonrodrigues197922 de outubro de 2014 at 11:17#

Humildemente compartilho de sua opinião somando_se à do;
Felipe Augusto Batista22 de outubro de 2014 at 9:54#

Sds.

Baschera
Visitante
Baschera

Algumas considerações: Primeiro, tanto Argentina, como o Brasil estão entre os países mais ricos do mundo…. o problema é que são muito mal administrados. Segundo, a matéria em que me baseei veio de uma mídia argentina considerada “séria”… embora o texto presente seja do MD… o que, ao menos em tese, corrobora a matéria do jornal argentino e também em tese, o MD é a voz oficial do Governo Brasileiro quando se trata de defesa. Terceiro, se for negado o acesso aos argentinos… significa que a clausula citada no FX-2 que diz “transferência irrestrita de tecnologia” realmente é uma balela….… Read more »

Baschera
Visitante
Baschera

Interessante a matéria argentina que mencionei…. ela cita que…. ou dá a entender que…. a negociação argentina se dará conjuntamente com as negociações do Fx-2…. ou “dentro” do programa brasileiro.

“El Gobierno nacional decidió iniciar una negociación con la administración de Dilma Rousseff para la adquisición de 24 aviones Saab Gripen dentro del programa denominado FX 2 que concretó Brasil para dotar a la Fuerza Aérea brasileña (FAB) con esos aparatos de 4° generación. “

Sds.

Soldat
Visitante
Soldat

Interessante…

Os caras estão falidos não tem dinheiro para nada os Ingleses não querem bla bla bla…. a mesma ladainha de sempre….

Mas os Hermano colocaram um Satellite com tecnóloga própria…..

Viva a Argentina e que se Deus quiser vao conseguir comprar um Caçar para fazer frente aos ingleses.

https://br.noticias.yahoo.com/video/argentina-lan%C3%A7a-primeiro-sat%C3%A9lite-com-063049979.html

sergiocintra
Visitante
sergiocintra

Fui atras de como é o recheio dos a-4ar, pois citaram o banco ejetor inglês e fiquei em dúvida quanto a origem nos a-4, e quase tudo era americano (1 francês, mas q produz tambem nos “States” ). Complete overhaul of the airframe, wiring looms and the Pratt & Whitney J52P-408A engine Installation of Douglas Escapac 1-G3 ejection seats HGU-55/P helmets Honeywell Normal Air-Garrett’s OBOGS (On Board Oxygen Generation System) Westinghouse/Northrop Grumman AN/APG-66V2 (ARG-1) radar, Era para constar o APG-68 do F-16 HOTAS controls and a ‘glass’ cockpit (2 CRT color screens) Sextant Avionique/Thales Avionics SHUD Litton/Northrop Grumman LN-100G inertial… Read more »

Marcelo Pamplona
Visitante
Marcelo Pamplona

“Agustín Rossi também anunciou a decisão do governo argentino de iniciar as negociações para aquisição de 24 caças suecos Gripen NG que serão produzidos no Brasil.”

Passadas as minhas gargalhadas, ficam as dúvidas:

Pré-combinaram isso com os suecos (em 1º lugar), americanos e ingleses?

Vão pagar com trigo, gás, carros, argentinas ou percentual nos direitos federativos de jogadores argentinos na Europa?

É tática de algum “iluminado” no MD para inviabilizar o contrato com a Suécia?

Além da pintura, qual a participação desejável da Argentina no Gripen NG?

Ou seria mera piada mesmo?

sergiocintra
Visitante
sergiocintra

Marcelo

Continuam as gargalhadas.
Vamos vender tanto KC, que eles vão pagar só com as portas que fabricarem.

andreas
Visitante
andreas

Galera, vamos com calma! Duas coisas: 1. Se os ingleses não pararem com essa histeria contra a Argentina, mais dia ou menos dia eles batem na porta do titio Putin e pedem uns MIGs ou Sukois pra viagem, e quem vai agradecer serão os russos, em tempos de vacas magras para a indústria bélica em geral no mundo ocidental, uma venda de 2 dúzias de Gripens traria uma graninha boa pra muita gente; 2. E mesmo que um dia, hipoteticamente, a Argentina adquirisse sei lá, Su-35, o que muda? Nada! Os ingleses mandam um SubNuc pro Atlântico praticar Tomahawk ao… Read more »

Marcelo Pamplona
Visitante
Marcelo Pamplona

andreas;

Desculpe, mas vou divergir de você.

Se a Inglaterra já criou caso com a tentativa de aquisição dos Mirage F1 (ex-Espanha) pela Argentina, entre outras tentativas, por que não iria criar empecilhos com a aquisição de caças MUITO mais modernos como os Gripens?

Marcelo Pamplona
Visitante
Marcelo Pamplona

Nunão; Sua colocação é muito bom elemento a se levar à conta, mas permita-me citar dois pontos que vão na contramão e, na minha humilde opinião, inviabilizam o negócio: – A (irrisória) credibilidade atual da Argentina como adimplente junto aos órgãos creditícios internacionais. Os hipotéticos defensores de tal venda (leia-se indústria inglesa) já teriam tal argumentação muito enfraquecida pelos últimos fatos protagonizados nesta campo pela nação de titia Cris. Muitos por aquelas terras haveriam de aventar o risco de inadimplência, além do montante de lucro ser pequeno (só 24 aeronaves, nada mais) e em pouco afetar a balança comercial inglesa,… Read more »

juarezmartinez
Visitante
juarezmartinez

Senhores isto aí é o legítimo exercício de futurologia masturbativa alucinógena, explico:

O NG ainda é um projeto, portanto não exisite de fato.

Não assinamos o contrato de nada, ainda, portanto este “corpo” ainda não nos pertence.

Correntino não é ______________________________________________

Grande abraço

COMENTÁRIO EDITADO

Edgar
Admin
Member

É pessoal, os ingleses tem muito o que concordar…


Gripen C
http://www.aereo.jor.br/2009/08/23/os-fabricantes-do-gripen/


Gripen NG
http://www.aereo.jor.br/2009/09/26/sistemas-do-gripen-e-do-gripen-ng-br/

A se manter todos ou parte dos fornecedores do Gripen C, não será uma simples troca de fornecedor de pneus.

Por outro lado, pensando no que o Nunão falou, acho que os ingleses tem muito mais a lucrar do que perder num negócio como esse.

Hamadjr
Visitante
Hamadjr

Que bom, já temos cliente para os NGs made in br para o desespero dos cachorros que latem enquanto a carruagem passa, os capos financeiros do mercado internacional de venda de armamento não são nem um pouco ideológico em termos de bussines & bussines são pragmático porque tem poder político, até porque qual é ameaça real do 24 NGs dos ermanos deliram em comprar para UK e tio Sam. E divida de estado sempre se acha uma forma de pagar afinal quem quer que a galinha deixe de colocar ovo, o que vai mudar é quantidade roubada sera menor mas… Read more »

Phacsantos
Visitante
Phacsantos

Eu acho que a Inglaterra, se puder, vai barrar sim!

“Ah..são só 24 Gripens…” Isso não cola pra quem tem prudência e não quer entrar numa guerra longínqua.

Mesmo porque, para passar de 24 para 30 é um pulo…para 36 é outro pulinho..quando notarem já são 100!

E bobo seria o Brasil se vender o Gripen “full” para a Argentina.

eduardo pereira
Visitante
eduardo pereira

Nem o Lion dos Thundercats tinha um olho de Tundera tão grande quanto o dos hermanos viu!!!!

Obs. e a sandice não para por ae pois muito OFF TOPIC a dona K vair construir um arranha céu de 60 ou mais andares pra ser o mair da AL, e isto com o país falindo a passos largos.

Anderson Petronio
Visitante
Anderson Petronio

Galera empolgada e apaixonada no assunto!
Fico só no mocó aprendendocom vcs.
Pergunto só uma coisa aos senhores: Dinheiro tem ideologia?
Se UK ou SE estiverem precisando de bufunfa,pra bancar o estado de bem estar social nórdico, ou o sistema de saúde saxonico, mais democrático do mundo, vão vender até pra Coréia do Norte.