Home Noticiário Internacional Jatos Su-24 russos violaram espaço aéreo sueco

Jatos Su-24 russos violaram espaço aéreo sueco

530
13

Su-24 - foto via Expressen

Penetração totalizou um quilômetro e durou 30 segundos, havendo envio de caça Gripen sueco que realizava missão nas proximidades e de caças de alerta, para identificar os jatos russos. Incidente gerou polêmica na Suécia

Segundo nota divulgada pelas Forças Armadas da Suécia em 19 de setembro, na quarta-feira passada dois jatos russos Su-24 violaram o espaço aéreo sueco ao sul de Öland, por um quilômetro. A violação ocorreu no meio do dia e durou cerca de 30 segundos. A nota informou que os jatos foram monitorados pelo radar e que um caça sueco, realizando outra missão nas vizinhanças, foi enviado, além de caças em alerta.

Os jatos russos foram identificados e, à tarde, as Forças Armadas enviaram um relatório sobre o incidente a autoridades do governo.

O incidente levou o Governo Sueco a fazer um protesto junto à Rússia pelo ministro das Relações Exteriores Carl Bildt, segundo reportagem do dia 20 de setembro do jornal sueco Expressen. O jornal acrescentou que não foi o primeiro do ano com esse tipo de aeronave russa. Essa informação foi confirmada por Bildt, que esclareceu que, no incidente anterior, o perfil do voo russo foi diferente, mantendo-se em rumo paralelo ao espaço aéreo sueco, eventualmente entrando neste por algumas centenas de metros. Na ocasião, esteve acompanhado por todo o tempo por um caça Gripen sueco.  Esse incidente anterior não foi considerado na ocasião tão sério quanto o mais recente, sendo classificado como um erro do piloto russo. Porém, em vista da repetição da invasão, o contexto ganha gravidade maior.

Caças Gripen no Nordic Air Meet 2012 - foto Forças Armadas Suecas

Esses incidentes estão levando a uma polêmica, na Suécia, sobre a preparação frente a essas ameaças russas. Em novembro do ano passado, bombardeiros russos realizaram diversos exercícios de ataque no Mar Báltico, porém sem violação ao espaço aéreo sueco. Caças Gripen acompanharam, a alguns quilômetros de distância, esses exercícios ao longo de toda a duração de duas horas dos mesmos, segundo o jornal. Porém, no segundo trimestre daquele ano, um exercício noturno similar foi realizado sem que houvesse acompanhamento de caças suecos, apenas de caças da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte).

O jornal recebeu uma nota do porta-voz das Forças Armadas Suecas,  Phillip Simon, afirmando que a Força Aérea Sueca realiza contínuo monitoramento do espaço aéreo com radares em solo, afirmando também que há uma boa capacidade de alerta antecipado por meio desse controle em terra. Também foi informado que os caças Gripen em alerta decolaram e seguiram os jatos russos no ar, e que o evento foi documentado.

Em reportagem do dia 18, o jornal já havia noticiado o incidente, informando que o voo dos jatos russos foi feito ao longo da costa polonesa antes de fazerem uma curva e se dirigirem ao espaço aéreo sueco, ao sul de Öland, a baixa altitude. Uma fonte do jornal disse que, quando o alarme soou, um caça Gripen em missão de treinamento sobre o Báltico foi deslocado para identificar os intrusos, porém ainda sem acionamento dos caças de alerta. Estes só teriam chegado à área após os caças russos já terem dado meia-volta e se encontrarem  a meio caminho no Báltico, e essa demora nas ações teriam sido causadas por um erro de julgamento na cadeia de comando.

reportagem do dia seguinte trouxe opiniões de autoridades e políticos de que o incidente teria mostrado que o sistema de defesa sueco é sólido e que desempenhou a contento, sendo ressaltado que,  imediatamente após a rápida invasão ter sido respondida pelo envio de caças Gripen de alerta para a perseguição, os jatos russos deram meia-volta rumo a Kaliningrado, rumo confirmado pelo fato de terem sido, depois, interceptados por caças da OTAN.

Caças Gripen estão de prontidão na ilha de Gotland - foto Forças Armadas da Suécia

A matéria também informou que essa última violação do espaço aéreo, na visão de autoridades suecas, não foi considerada algo fortuito, e sim uma forma dos russos testarem a prontidão da Suécia. O jornal trouxe a opinião de autoridades e políticos que defendem a continuidade dos investimentos em defesa, com mais injeção de recursos, criticando o desejo do Partido Verde local de reduzir o orçamento militar. Essa última violação por jatos russos está sendo considerada mais séria do que anteriores, com uma escalada de incidentes, ao passo que a Embaixada Russa declarou que não vai comentar o assunto.

FONTES / FOTOS: Forças Armadas da Suécia e Expressen  (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de originais em sueco)

Fotos em caráter meramente ilustrativo

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
13 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Clésio Luiz
Clésio Luiz
5 anos atrás

Putin faz o que todo bom presidente de país de terceiro mundo quando a economia vai mal: trata de arranjar um inimigo externo (vários no caso da Rússia) para desviar a atenção da população para as mazelas internas. Nessas horas, vários jantares de executivos na indústria defesa de tem oferecido drinques em homenagem a Putin, pela retomada de gastos em defesa, decadente que estava desde o fim da Guerra Fria. Quanto ao Gripen, interessante notar o posicionamento dos canards e dos elevons, ambos gerando sustentação nessa fase específica do voo (seguindo a filosofia do CCV) e com o biposto nitidamente… Read more »

costamarques
costamarques
5 anos atrás

“economia vai mal” de onde tirou essa informação?

Clésio Luiz
Clésio Luiz
5 anos atrás

Um sintoma é a queda de vendas de automóveis. O mercado lá encolheu bastante.

É um velho hábito que os “poderosos” tem. Quando o dinheiro está fluindo, ninguém quer estragar a festa. Mas quando os problemas surgem, é melhor achar alguém para botar a culpa. Fomentar disputas com os vizinhos é um ótimo para desviar a opinião pública dos problemas internos. Vide os latino-americanos.

Рустамом Bogaudinov
Рустамом Bogaudinov
5 anos atrás

Clésio Luiz 23 de setembro de 2014 at 13:09 # Putin faz o que todo bom presidente de país de terceiro mundo quando a economia vai mal: trata de arranjar um inimigo externo (vários no caso da Rússia) para desviar a atenção da população para as mazelas internas. ____________ Que interessante, hein? e estamos aqui na Rússia sobre o não sei 🙂 talvez esta notícia agora vai percorrer todo o tempo! é necessário para salvar a Saab ea sua produção deficitária, eo mais importante assustar políticos gananciosos que não querem dar dinheiro para novas armas _ _ How interesting, hmm?… Read more »

Marcelo Pamplona
Marcelo Pamplona
5 anos atrás

Boa tarde a todos!

Tem gente aqui que precisa melhorar a semântica, seja em português, seja em cirílico:

“…ao passo que a Embaixada Russa declarou que não vai comentar o assunto.”

Se não o fez, por que não negou o fato?!

Me poupe!

Comparativamente, queria ver como a Suécia iria explicar o fato de derrubar algum destes invasores de seu espaço áreo, vez que não há nenhum “grupo separatista do Mar Báltico” dotado de sistema de mísseis anti-aéreos para se imputar a culpa, como o fazem certos países e governos.

Sds.

Iväny Junior
5 anos atrás

Parece que teremos conflito no velho mundo. Preparar a pipoca e sintonizar nos datalinks.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
5 anos atrás

Então vocês estão numa situação muito boa e a do cara é estragar tudo? Brilhante…

Carlos
5 anos atrás

“Рустамом Bogaudinov
23 de setembro de 2014 at 16:09 #”

Caso queira tenho do Financial Times, Forbes, WSJ, etc ….

kkkk rsrsrs

Shana Tová

Рустамом Bogaudinov
Рустамом Bogaudinov
5 anos atrás

Carlos
23 de setembro de 2014 at 21:52 #
________

Gosto de falar com você gosta! estamos discutindo aqui é uma história sobre um vôo suecos mítico SU-24?

onde está o petróleo e gás e os salários na Rússia? quando o tema em discussão não tem nada a dizer, começamos a falar sobre a dependência da Rússia em relação ao petróleo e gás e ler o que esse artigo?

sim com os salários eo padrão de vida que todos nós normais!

assim que voltar para o mesmo conto de voo SU-24)))

Nick
Nick
5 anos atrás

Boa propaganda para a Força Aérea Sueca aumentar seu budget. 🙂

[]’s