Home Exercício Exercício Garuda V: Rafale voa com Su-30MKI, MiG-27 e MiG-21 Bison

Exercício Garuda V: Rafale voa com Su-30MKI, MiG-27 e MiG-21 Bison

444
14

Garuda V - Rafale - Su-30MKI - MiG-27 - MiG 21 - foto via Economic Times

Fotos do exercício Garuda V divulgadas neste sábado, 7 de junho, pelo jornal indiano Economic Times (clique no link para acessar).  Quatro caças franceses Rafale participam do exercício indo-francês que ocorre entre 2 e 13 de junho na Base Aérea de Jodhpur,  localizada num ponto estratégico junto à fronteira com o Paquistão. Por parte da Força Aérea Indiana, participam jatos Su-30MKI, MiG-27 e MiG-21 Bison, todos visíveis na imagem acima. Clique para ampliar.

Garuda V - Rafale - Su-30MKI - MiG-27 - foto via Economic Times

A marcação “104” visível sob as cabines de dois dos caças Rafale, na foto da linha de voo abaixo, indica que a aeronave normalmente opera a partir da Base Aérea 104 de Al Dhafra, nos Emirados Árabes Unidos. Lá opera o Esquadrão de Caça 3/30 Lorraine, de ultramar, que já foi equipado com um “mix” de Rafale e Mirage 2000-5 e hoje emprega somente o Rafale, numa dotação reduzida (comparada a outros esquadrões franceses) de seis exemplares.

Garuda V - Rafale - foto via Economic Times

A imagem acima também está disponível em tamanho maior no site da Força Aérea Indiana. Clique aqui para acessar. Para saber mais sobre o exercício Garuda V e assuntos relacionados, clique nos links a seguir.

Garuda V - Rafale e Su-30MKI - foto via Economic Times

VEJA TAMBÉM:

14
Deixe um comentário

avatar
13 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
luizblowerClésio LuizFernando "Nunão" De MartiniOganzaAlmeida Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Iväny Junior
Visitante
Member

Se os Rafales forem mau no exercício, talvez o contrato seja adiado de novo…

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

Se os Rafales forem mau no exercício, talvez o contrato seja adiado de novo…

Acho isso pouco provável. O Rafale é um bom avião e os pilotos franceses são bastante respeitados. Muitos agora já possuem experiência em ações concretas (e não apenas em treinamentos) como Afeganistão, Líbia e Mali.

Almeida
Visitante
Member
Almeida

Certeza que o Rafale se sairá melhor que os demais, é mais moderno e como o Poggio já falou, os pilotos estão bem capacitados.

Percebe-se claramente pela terceira foto porque o Rafale estava na concorrência MEDIUM multirole combat aircraft; O Su-30MKI é enorme! Estranho apenas o medium custar mais caro para comprar e manter que o heavy, mas a Índia é a Índia…

Oganza
Visitante
Oganza

Almeida – “Estranho apenas o medium custar mais caro para comprar e manter que o heavy”…

kkkkkk boa…

é porque na França ele não é só omnirole, ele only-role… kkkkk.

na verdade nos próximos 20 anos iremos ver diversas FFAA com ACs sendo seus only-role… a coisa tá feia.

Sds.

Oganza
Visitante
Oganza

Ps.: fotinhas meia bocas essas heim? Acho que chamaram o estagiário de comunicação para fazer os clicks.

Sds.

Iväny Junior
Visitante
Member

Na frança ele é “in-role”. Rsrsrs

Acredito que eles deveriam colocar no exercício também os caças da marinha, Mig-29k.

Iväny Junior
Visitante
Member

Aos rafalistas, o comentário é brincadeira. Gosto muito do Rafale M.

Clésio Luiz
Visitante
Member
Clésio Luiz

As fotos me lembraram da qualidade encotrada em publicações nos anos 80. É como se fossem fotos de câmera analógica e depois de impressas escaneadas para colocar na internet.

As que a FAB publica (Sargento Johnson) são beeeeem melhores.

luizblower
Visitante
luizblower

Que nada, pessoal! Isso aí é filtro de Instagram! 🙂

Iväny Junior
Visitante
Member

O Mig-23 é um belo avião. Mas sua variante de ataque ao solo (BN) e o Mig-27 têm bicos feiosos.

A qualidade dos pilotos franceses é boa, claro. Mas reza a lenda que os pilotos indianos venceram americanos em exercícios recentes. Eu particularmente não acredito, mas vai que…

Oganza
Visitante
Oganza

Iväny Junior Os americanos levam o maior coro de todo mundo em treinamentos. Eles levam a sério a máxima de “treino é treino mas jogo é jogo”. A dierênça é que em 90% dos treinos eles não estão nem com 50% do aparato que eles levam para o jogo. E meu amigo, quando o jogo de verdade começa, tem umas 200 pessoas apoiando cada bota no campo de batalha, ou nesse caso, asas no ar. É o OODA loop (Observe, Orient, Decide, and Act) criado pelo nosso amigo John Boyd. E a USAF talvez seja a unica força aérea que… Read more »

Oganza
Visitante
Oganza

continuando….

ao mesmo tempo e por períodos prolongados.

Obs.: Israel e Suécia devem ter tal capacidade dentro de seu teatro de operações, mas em períodos mais esticados, irão faltar asas a Suécia.

Sds.