Home Noticiário Internacional Ucrânia coloca em atividade MiG-29 que estavam desativados

Ucrânia coloca em atividade MiG-29 que estavam desativados

589
18

MiG-29 ucrania 2008- FOTO Wiki Vasylkiv

Vários caças Mikoyan Mig-29 da Força Aérea da Ucrânia que estavam desativados foram devolvidos para o serviço ativo no oeste do país, informou o Ministério da Defesa da Ucrânia na sexta-feira (4/4).

“Especialistas da nossa equipe já devolveram vários caças ao serviço”, citou o ministério conforme informações de um comandante de uma unidade da Força Aérea próximo de Ivano-Frankivsk cujo nome não foi revelado. “Estamos agora realizando voos de ensaios. Em breve outros aviões desativados voltarão a decolar novamente”.

O estado das Forças Armadas da Ucrânia ficou sob rigoroso controle quando o novo governo assumiu o cargo no final de fevereiro, depois de meses de violentas revoltas.

Kiev lançou extensas verificações de prontidão de combate de suas Forças Armadas no início de março após o anúncio de que a Crimeia estava prestes a se separar da Ucrânia e se juntar à Rússia.

O ministro da Defesa Ihor Tenyukh disse em seu relatório ao presidente que as verificações revelaram condições “insatisfatórias” das Forças Armadas.

Ele disse que dos 507 aviões de combate e dos 121 helicópteros de ataque apenas 15% estão em condições. As tripulações da Força Aérea não têm formação adequada e apenas 10% delas são capazes de executar tarefas de combate.

MiG-29A_Ukraine_-_Air_Force_foto Wiki

FONTE: RIA Novosti (tradução e adaptação do Poder Aéreo a partir do original em inglês)

NOTA DO EDITOR: baseado nas informações da matéria da RIA Novosti, é interessante notar esta mobilização de última hora para dar um mínimo de condição para as Forças Armadas do país. A urgência, ou pelo menos o motivo para preparar a defesa da Ucrânia, só foi percebida tardiamente, quando tropas estrangeiras já ocupavam parte importante do pais. Destaque-se que os ocupantes eram considerados grandes aliados até meses atrás. Mais uma vez, assim como ocorreu na Líbia em 2012, percebe-se como a situação geopolítica pode se modificar em muito pouco tempo. Estes casos ilustram bem como o preparo das Forças Armadas deve ser feito com muita antecedência. Quando a crise acontece, luta-se com o que se tem e com o preparo que se conseguiu até ali. Não se improvisam Forças Armadas da noite para o dia.

VEJA TAMBÉM:

18
Deixe um comentário

avatar
18 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
11 Comment authors
Claudio CalabriaSoldatcostamarquesMaxSniper Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

Considerando que os russos estão ativamente promovendo o desmenbramento do leste ucrâniano, é bom eles se mexerem.

Iväny Junior
Visitante
Member

Eles têm um bocado de material de qualidade para fazer upgrade. Se estavam armazenados, devem estar em condições boas. Se eles provém modernização de aeronaves, podem atualizar estes equipamentos. O problema é que não têm pilotos e modernização de caça demora.

Nós em situação parecida, iríamos fazer o que? Rearmar os Mirage 2000 que estão ao relento? Mirage III ainda tem como voar? Xavantes?

Corsario137
Visitante
Corsario137

A Ucrânia só resta se render ao lado negro da força.
OTAN

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Famed Member

“Iväny Junior 5 de abril de 2014 at 23:19 Nós em situação parecida, iríamos fazer o que? Rearmar os Mirage 2000 que estão ao relento? Mirage III ainda tem como voar? Xavantes?” Ivany, Os exemplos que você citou não correspondem ao que foi feito, comparativamente, no caso da Ucrânia. Lá eles efetivamente operam o MiG-29 nos seus esquadrões e colocaram em atividade células do mesmo tipo que estavam encostadas / desativadas. Os casos que você citou da FAB são de tipos totalmente desativados da aviação de caça (Mirage 2000, Mirage III e Xavante) ou seja, dos quais não há mais… Read more »

Iväny Junior
Visitante
Member

Exatamente. É só pra lembrar que mesmo em situação ruim, em termos de aviação de caça eles estão melhores. Porém, não dá pra encarar a Rússia. Alias, tirando os EUA, nenhum país sozinho dá conta de encarar a Russia.

Bogaz
Visitante
Member
Bogaz

Aposto que em breve veremos F-16, ou algum outro avião americano voando nas cores ucranianas.

Almeida
Visitante
Member
Almeida

O 10% deles ainda são 50 caças de verdade mais 12 helicópteros de ataque. Melhor que 100% da FAB.

Iväny Junior
Visitante
Member

É. E ainda têm uma industria militar funcionando, inclusive em processo de modernizações de aeronaves de outros países e cooperativamente com as empresas russas.

Não acredito que quem tem Mig-29 e Flankers de diversas versões vai operar f-16. Principalmente porque estas armas podem ser geridas inteiramente dentro do país, bem como seus sistemas e armamentos. E talvez isso mesmo seja a salvação da Ucrania enquanto estado soberano, uma guerra poderia destruir estas instalações. Do jeito que está, apenas a anexação da Crimeia vai ser bom negocio pra eles.

Sniper
Visitante
Member
Sniper

Ivany,

Pra encarar a Rússia em combate aéreo, nao colocaria nem EUA, nem Israel… Bastaria a França mesmo.
Ou algum dos nobres colegas pode esclarecer que tecnicamente estou equivocado?

Abraços

Iväny Junior
Visitante
Member

Sniper A frança levaria uma senhora surra. Existem muito menos aeronaves top na frança que na Rússia. Colocando, por exemplo, 100 rafales C (f1, f2) que estejam operacionais agora (contando com os da marinha). Os herdeiros soviéticos têm aeronaves em profusão, capazes de destruir os Rafales à uma distância enorme, como os Mig-31 (que têm radares mecânicos, mas absurdamente fortes), e, os Meteors ainda não estão totalmente operacionais nos rafales. Supondo que fosse a primeira horda de 100 Rafales pro combate, os Russos têm ao menos, 500 aeronaves top, entre Flankers novos e modernizados (SU-27, 30, 34, 35 Mig-29 e… Read more »

Iväny Junior
Visitante
Member

Faz um download deste relatorio da flight global e vê o tamanho da encrenca que a frança enfrentaria…

http://www.flightglobal.com/airspace/media/reports_pdf/world-air-forces-2014-108161.aspx

Max
Visitante
Max

Acho que a segunda maior força aérea do mundo pertence ironicamente à marinha americana. E não são todos os caças russos que estão em condições de voo ,acredito que a disponibilidade é bem menor do que as 500 aeronaves citadas, inclusive o Mig-35 nem operacional está e duvido que caças como o Mig 29 possam enfrentar um Rafale de igual para igual. E mais se a França se envolver em um conflito com a Rússia , ela não estará sozinha, a OTAN foi criada justamente para enfrentar a ameaça Russa. Adicione a equação caças alemães, ingleses,italianos, espanhóis,turcos e uns tantos… Read more »

Iväny Junior
Visitante
Member

Max

Segundo vários sites, 500 aeronaves é o que a Rússia mantém em quase 100 esquadrões. Eu falei no post anterior que somente os EUA podem enfrentar a Rússia de igual para igual (tanto com a marinha quanto com a USAF), e, o Sniper falou que só a frança dava conta da Rússia.

Falando em um pool de países da União Européia, Alemanha, Inglaterra, Italia e Espanha dariam conta. Mas eu estava falando de 1 país em particular e não das organizações multinacionais militares.

costamarques
Visitante
costamarques

Gente eu não vou defender nem a OTAN nem a Russia, mas é muito evidente que sem o apoio americano a OTAN não consegue segurar a Russia, o único jeito ao meu ver é mantela quieta se preocupando com sua própria defesa, da forma como ja vem sendo feito, cercando ela por todos os lados, pois se algum dia a Russia atacasse a Europa a mesma não teria chance, eles estão em terra, não se esqueçam disso, eu acredito que a Polônia, Letônia, Lituânia Estônia não dura 10 dias por terra, quando os misses começarem a riscar os céus e… Read more »

Soldat
Visitante
Member
Soldat

Hehehe…..

Caso(hipote-se) o grande Urso marche contra a Europa eu duvido muito que Espanha, Itália, Áustria até a Alemanha e os países do leste farão frente em hipote-se alguma lutarão contra o Urso.

Eles vão deixar passar vai sobrar para os Francese e Ingleses e os Âmis mas uma vez terão que lutar por eles podem crer!!!

kakakaka,,,,,,

Max
Visitante
Max

O grande urso simplesmente não tem orçamento para enfrentar uma guerra de conquista na Europa. Uma guerra não é apenas uma questão de quantidade de equipamento. Existe por trás de Putin uma grande máfia criminosa que também não que ter prejuízos financeiros nos seus múltiplos negócios( alguns deles até legalizados ). O grande urso depende de tecnologia ucraniana para muitos de seus equipamentos, estavam importando navios da classe mistral da França, planejando comprar jipes da Itália e tinha interesse em fazer acordos para desenvolvimento de drones com Israel. Mesmo na segunda guerra mundial receberam mais de 7 mil caças e… Read more »

Claudio Calabria
Visitante
Claudio Calabria

Estou louco pra assisitir ao vivo a demonstração do MiG-29 em Farnborough em julho. Bicho manobra muito e berra alto.

Iväny Junior
Visitante
Member

Max

O assunto é Rússia x frança. E nesse caso, com apenas os dois envolvidos, eu digo que dá Rússia muito fácil. É um conflito hipotético levantado pelo Sniper. Se voce pensa diferente, ok. Não estou aqui para doutrinar ninguém.