Home Noticiário Internacional NASA quer eliminar dependência da Rússia para enviar astronautas à ISS

NASA quer eliminar dependência da Rússia para enviar astronautas à ISS

508
7

STS-116_spacewalk_1

ClippingNEWS-PAA NASA está estudando a possibilidade de começar a fazer o lançamento dos voos tripulados para a Estação Espacial Internacional (ISS) a partir do território norte-americano, segundo comunicado emitido pela agência espacial nesta quinta-feira, 3. De acordo com a nota, dessa maneira os Estados Unidos poderiam eliminar a dependência em relação à Rússia, já que uma grande parte das naves que partem para a base orbital atualmente decola de cosmódromos russos.

No entanto, a NASA entende que, por falta de financiamento, o que permitiria cumprir o objetivo já em 2015, a meta só deve possível a partir de 2017. Segundo o comunicado da agência espacial, “é preciso escolher entre um financiamento pleno para devolver aos Estados Unidos esta possibilidade ou continuar pagando milhões de dólares para os russos”.

Atualmente, os norte-americanos desembolsam cerca de 70 milhões de dólares para enviar um astronauta à estação orbital.

FONTE: Diário da Rússia

7
Deixe um comentário

avatar
7 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
Mauricio R.ObservadorTadeu MendesEdgarMarcelo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Reinaldo Deprera
Visitante
Member
Reinaldo Deprera
Clésio Luiz
Visitante
Active Member
Clésio Luiz

Esse é um dos grandes problema das guerras: quem não tem nada a ver com elas acaba pagando o pato também. Fico imaginando o desconforto na ISS causado pela situação da Crimeia.

Marcelo
Visitante
Member
Marcelo

Esta decisão já estava tomada há bastante tempo e nada tem a ver com a crise da Criméia. 3 naves estão sendo desenvolvidas e competindo para o contrato, 2 cápsulas, uma da Boeing e uma da SpaceX e um “spaceplane” da Sierra Nevada.

Edgar
Admin
Member

Realmente, pagar $ 70 milhões por assento na Soyuz é muita grana, e qualquer um planejaria eliminar esta dependência. O maior problema da NASA se chama Administração Obama, que tem a grande e nobre missão de transformar a NASA na AEB. A grande questão é que os voos tripulados não são a única integração que o programa espacial americano tem com os russos. O principal ponto, muito mais importante em minha opinião, é que alguns foguetes americanos não podem subir 1 nanômetro do solo sem componentes russos. O motor do primeiro estágio do foguete Atlas V, por exemplo, é o… Read more »

Tadeu Mendes
Visitante
Member
Tadeu Mendes

A NASA e uma agencia americana militar…esta sob o guarada chuva do Pentagono.

O fiasco que estamos vendo, com essa dependencia americana em hardware russo, tem muito a ver com os cortes na agencia epacial….

O Obama esta praticamente acabando com tudo.

Observador
Visitante
Observador

Senhores,

Tem muita gente na área militar e aeroespacial dando risada e esfregando as mãos ao ver o urso russo arreganhando os dentes para o resto do mundo, a mando do neo-tsar Vladimir Putin.

As presepadas de Putin vão render muitos, muitos contratos para a indústria de defesa e aeroespacial ocidental.

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

“…it was also arranged for the RD-180 to be co-produced by Pratt & Whitney.”

O link do Wikipedia deixa claro que apesar de tda a produção atual do RD-180 ser russa, os americanos tem a documentação e acordos permitindo sua produção pela P&W, nos EUA.