Home Aviação de Caça TV Senado: assista à audiência com o comandante Saito sobre escolha do...

TV Senado: assista à audiência com o comandante Saito sobre escolha do Gripen, na CRE

204
12

Saito no Senado - foto FAB - agência Força Aérea

A TV Senado está transmitindo desde as 10h07 desta quinta-feira, 27 de dezembro, audiência pública da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) para a qual o comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do ar Juniti Saito, foi convidado a falar sobre a escolha do caça sueco Gripen para reequipar a Força Aérea Brasileira, dentro do programa F-X2.

Se você não tem acesso ao canal de TV, pode assistir ao vivo pela internet ou dispositivos móveis, clicando aqui para acessar a grade de multiprogramação do site da TV Senado.

A audiência tem caráter interativo com a possibilidade da participação popular por meio do Portal e-Cidadania

12 COMMENTS

  1. Está claro,

    determinadas transferências de tecnológica que envolve principalmente componentes USA serão limitadas, assegurada o domínio da manutenção e de unidades extras em estoque no Brasil.
    Deverá haver outros itens que ficarão sob este model.

    Não há almoço grátis.
    Pagar após a entrega do último vetor, 6/8 meses após, trata-se de financiamento garantido pelos Suecos, mas FINANCIAMENTO, portanto sujeitos as condições internacionais, tais como Libor, variação de câmbio, etc …. o que é normal.

    Destaque-se apenas:
    Qual será o CET no final caso optemos pelo financiamento externo.

    Pagamentos direto pelo TN ?

    Esqueçam…..o MF não aprovará, qualquer que seja o governo ou o ministro.
    Questão “técnica”, uma vez que a abordagem política está censurada.

    No demais, feijão com arroz.

  2. “10 a 12 Gripens C/D só em 2016, segundo o Saito!”

    Ficou claro:
    Em andamento, prioridade para o KC 390 via PAC.

    A 1, Jordanianos etc … deverão sofrer processo de letargia.

    O gap está confirmado.

    Muita criatividade para os desdobramentos dos Mike’s.

    Cobre-se um santo, despe-se outros !

    Questão técnica é lógico.

  3. Destaque:

    O ToT dos outros dois concorrentes eram mais limitados ainda, segundo palavras do Brig Crepaldi.

    Partindo da premissa verdadeira, essa pode ter sido a melhor escolha.

    Ficaremos limitados de qualquer forma, mas creio que menos que em relação aos dois outros.

    Está confirmado:

    Geração 4.5 (4.6?), ninguém transfere, faz ToT nessa área e em outras sensíveis.

  4. Mesmo com as negociacoes da ToT, o FX-2 nunca deveria ter tomado tanto tempo. Isso e inaceitavel. Ao final das contas, ToT pra que?

    Se o passado e alguma indicacao do futuro, as tecnologias transferidas vao ficar na prateleira, mesmo.

    Porque o Brasil nao tem nem a vontade politica nem popular para que um projeto desta indole algum dia vire realidade.

    Por acaso construimos um caca nacional depois do AMX???

    • Senhores,

      Aguardem que em mais alguns minutos teremos no ar uma matéria com muitos detalhes do que foi falado na audiência. Assistimos na íntegra e estamos, nesse momento, escrevendo.

      Daqui a pouco, estará no ar, e aí poderemos discutir com base no que realmente foi dito na audiência, e que anotamos e gravamos aqui cuidadosamente.

  5. O mais importante, segundo o Saito:

    1) O Gripen NG atende a TODOS os requisitos da FAB, em relação a tudo, incluindo autonomia.
    2) Americanos e franceses nunca garantiram acesso aos códigos-fonte no mesmo nível dos suecos.

    E ponto final!

  6. Para mim, pobre leigo contribuinte, o que importa é que os caças venham o mais breve possível.

    Todos os ingredientes que antecederam as duas grandes guerras estão postos mundo a fora e nós, como sempre, de calças curtas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here