quinta-feira, março 4, 2021

Gripen para o Brasil

Filipinas: sai acordo para a compra de caças FA-50

Destaques

Defesa aérea da Sérvia atingiu outro F-117 durante a Operation Allied Force

A história de como um jato de ataque stealth F-117 Nighthawk da Força Aérea dos Estados Unidos foi abatido...

HENSOLDT: Sistemas antidrone e de proteção de áreas críticas e estratégicas

Nos últimos anos, a venda de drones cresceu muito no mundo. Esses objetos voadores, cada vez mais comuns em...

FAB coordena Operação Escudo Antiaéreo

Operação aconteceu de forma conjunta entre a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira No período...
Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Formalização do negócio deve ocorrer antes do dia 15 de março

 

FA-50 - 2

As Filipinas anunciaram na última sexta-feira (21/2) o fechamento de um acordo para a compra de 12 caças de fabricação sul-coreana no valor de US$ 415,7 milhões.

“Nós não apenas movemos alguns centímetros, estamos quase lá”, informou o subsecretário Fernando Manalo, presidente da Comissão de Licitações e Prêmios, a jornalistas em Camp Aguinaldo na própria sexta-feira após Manila e Seul chegarem a uma conclusão sobre as negociações para a aquisição de 12 caças FA-50.

“Estamos considerando [os caças FA-50] não apenas como um simples aeronave que pode empregar mísseis de curto alcance, porque há potencial para atuarem além do alcance visual”, disse Manalo.

O acordo aconteceu em meio a um conflito territorial com a China sobre o Mas das Filipinas Ocidental (Mar da China Meridional), região em recursos naturais.

A aquisição de aviões de caça é um dos dois grandes pontos do Programa de Modernização. A outra é a aquisição de duas novas fragatas da marca no valor de P18 bilhões.

O FA-50 é uma nova aeronave de combate leve fabricado pela Korea Aerospace Industries (KAI). É uma versão de combate do treinador supersônico T-50 Golden Eagle.

O acordo foi alcançado depois de sete meses de negociações com a empresa coreana.

Os dois primeiros caças será entregues 18 meses após a assinatura do contrato, que deve ocorrer antes do dia 15 de março. A entrega será concluída em 2017.

As Forças Armadas das Filipinas são uma das mais fracas na Ásia, tendo aposentado seus caças F-5 em 2005 e desde então não conta mais com este tipo de aeronave em seu inventário.

FONTE:
Inquirer.net (tradução e adaptação do Poder Aéreo a partir do original em inglês)

NOTA DO EDITOR: dividindo-se o valor (anunciado) do negócio pelo número de exemplares chega-se a US $ 34,6 milhões por aeronave, embora não tenha sido informado o que mais o acordo englobaria (treinamento, peças de reposição, ferramental, suporte ao cliente, etc.).

VEJA TAMBÉM:

 

- Advertisement -

8 Comments

Subscribe
Notify of
guest
8 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader

Se o preço realmente for esse, foi um negócio razoável.

Mas me pergunto se os filipinos não conseguiriam do Tio Sam uns F-16 Block 50 por alguns trocados a mais…

Marcos

Normalmente vai mais coisas junto, portanto, o valor do caça em si deve ser mais baixo.

Rinaldo Nery

O valor de um contrato nunca se refere somente às aeronaves. Entra tudo: logística, publicações, treinamento, ToT. Só a logística é mais de 20% do valor do contrato.

Carlos Alberto Soares

Lord Vader

Concordo 1000%.

Estariam mais bem servidos, apoio USA que tem bases por lá, interesses no reforço dos aliados na área etc ….

Talvez até pelo mesmo valor.

São poucas células, Tio Sam não teria dificuldades em atende-los.

Minha opinião:

No mínimo decisão equivocada.

Groo

Eu sempre vi as Filipinas como o Brasil da Ásia.

Os vizinhos com Sukhoys e os caras vão de treinador avançado! Um p___treinador, mas um treinador.

Poderia rolar uns F-16.

EDITADO

Mayuan

Talvez estejam considerando custos de operação que devem ser mais baixos no escolhido. De qualquer forma, pra quem tem vizinhos como os deles, seja FA-50 ou F-16 eles estão f…

Carlos Alberto Soares

Caro Mayuan

F 16 Block 50 proposto pelo Lord Vader com o qual concordo muito,

‘Não é um avião para assustar, mas impõe respeito’

kkkkrsrsrs,

e o custo x benefício é muito bom.

Como mencionei, bases americanas nas ilhas, apoio log etc ….

Bem melhor que esse Lift …..

Mayuan

Carlos,

Não discordei nem de você nem dele. O que quis dizer é que talvez os caras tenham pensado: Putz, tô do lado da China, seja com F-16 ou FA-50 eu tô ferrado se os caras vierem pra cima de mim. Bom, se é pra me lascar pelo menos vou gastar o menos que puder e ninguém vai poder dizer que não fiz meu dever de casa.”

Lógico que pode não ser nada disso. Eu teria escolhido F-16 também mas estou só tentando entender. Levantando hipóteses.

Abraço

Combates Aéreos

‘Árabes sempre mentem’

Por Tom Cooper* Neste momento, não me lembro de ter encontrado um israelense que não tenha repetido essa frase do...
- Advertisement -
- Advertisement -