sexta-feira, maio 27, 2022

Gripen para o Brasil

Typhoon para o Kuwait: assinado acordo preliminar

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Primeiro voo Eurofighter Typhoon Tranche 3 - foto 2 BAE Systems

O consórcio europeu Eurofighter assinou um acordo preliminar para vender 28 de seus caças para o Kuwait, informou a versão on-line do jornal francês La Tribune nesta quinta-feira.

Dos 28 caças previstos, quatro são opções de compra, segundo a reportagem.

O relatório, citando várias fontes, disse que a Alenia Aermacchi, uma subsidiária do grupo italiano Finmeccanica, que é membro do consórcio, tinha obtido a assinatura do Kuwait sobre o acordo alguns dias antes de o Brasil anunciar a compra de caças Gripen produzidos pela empresa sueca Saab.

A Alenia Aermacchi é responsável ao lado do grupo britânico BAE Systems pela promoção do Eurofighter Typhoon, que concorre no Kuwait com o Rafale 3 e o Super Hornet.

A reportagem disse que se o Kuwait optou por comprar o Eurofighter Typhoon, a decisão seria uma surpresa, dada ” a extensão da influência norte-americana sobre o país do árabe desde a primeira guerra do Golfo”, em 1990-1991, para expulsar o Iraque.

O Kuwait, que atualmente possui caças F/A-18C/D Hornet, quer desenvolver a sua própria frota de caças, diz o relatório.

O consórcio Eurofighter inclui as empresas BAE Systems, a Finmeccanica, e a gigante aeroespacial europeia Airbus, que antigamente era conhecida como EADS.

FONTE: AFP (tradução e adaptação do Poder Aéreo a partir do original em inglês)

FOTO: meramente ilustrativa (BAE)

- Advertisement -

51 Comments

Subscribe
Notify of
guest
51 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rogério

Será que venderão seus F-18 ??

Tem uma marinha que se interessa hein!!!! 😀

eder albino

É interessante notar que a maioria de operadores de F-18 estão optando por outros vetores aos invés do F-18 SH para substituir a frota ou parte dela de seus inventários.

geobosco

Seria uma boa se o Kuwait vendesse esses F-18 para a Marinha do Brasil……. melhor que os nossos A-4.

Iväny Junior

Opa, olha só. Typhoon 3 x 0 rafale.

Mauricio R.

a maioria de operadores de F-18 estão optando por outros vetores aos invés do F-18 SH para

Quais???

Até o momento o Kuwait, é o primeiro.

A Austrália futuro operador de F-35, opera o SH juntamente c/ o Hornet legado.
O Canadá precisa decidir o que quer.
A Suiça está trocando o F-5 pelo JAS-39C/D, mas não o F-18.
A Finlândia está reformando os seus F-18.
A Malásia está procurando substituto p/ seus Mig-29, se daí sairá o substituto dos F-18, é algo ainda a se confirmar.
E a Espanha está trocando antigos Mirages F-1, pelo Typhoon.

Bogaz

E o Rafale perde mais uma…

Gilberto Rezende

Rafale 0 ?

Rafale 1 e é de 126 aeronaves na Índia.

Acordo preliminar no Kuweit conta.

O MMRCA na India não..

_________________

EDITADO

Rogério

A Índia que se explique pro seu contribuinte pq é o único a pagar pelo projeto de independência francês

Almeida

Ok Gilberto, vamos comparar bananas com bananas então:

Rafale: pouco mais de 100 unidades fabricadas para um operador de 120 unidades encomendadas, mais 18 com 108 opções caso saia o acordo com a Índia.

Super Hornet: mais de 500 unidades fabricadas para dois operadores, de mais de 600 unidades encomendadas.

Typhoon: mais de 400 unidades fabricadas para seis operadores de 517 unidades encomendadas para sete operadores, mais essas aí do Kuwait. E olha que é mais caro que o caríssimo Rafale.

Oganza

Eu acho que com a “entrega do imóvel (Oriente Médio)” anunciada pelos US, os países e sultanatos da região podem acabar procurando um estreitamento de relações bem maior com os europeus… e o Typhoon promove isso com 4 de uma tacada só… não? 🙂

Obs.: Esses carnards não atrapalham a visão do piloto para baixo não? Sempre tive essa dúvida.

Sds.

Vader

Ich, Lê Jaquê subiu no telhado… Mais uma vez…

Mais uma “venda certa” da Dassault a ir pro saco…

Carlos Alberto Soares

Achava que era problema de amnésia, mas estou vendo provas do déficit de QI e QE, voltaram ao assunto de vetores para MB. Vão se tratar para o bem de vocês !

Carlos Alberto Soares

“eder albino
17 de janeiro de 2014 at 11:04 #”

Mencione-os ? Liste-os ?

Carlos Alberto Soares

“Gilberto Rezende
17 de janeiro de 2014 at 12:11 #”

Eu não sabia, você pode nos informar quando foi assinado o contrato de compra firme e/ou contrato final de aquisição e como ficou a parceria e condições desse contrato com a HAL ?

Aceitamos informações básicas dessa confirmação (tipo uma nota do MD da Índia), uma vez que sabe-se que “detalhes” nunca serão divulgados, reitero o 1º parágrafo !

Carlos Alberto Soares

Caro Vader,

belo vetor esse Rafale, está fazendo estória mesmo, ficará para os anais da história da aviação militar.

Nick

Belo contrato para EADS. Mais um mal sinal para o Rafale. 🙂

[]’s

Iväny Junior

O Typhoon é um pouco mais caro que rafale, tanto para comprar quanto para operar, mas entrega bem mais. Acredito que o vetor da dassault seja ótimo (se até um oficial da RAF o classificou como o melhor caça multimissão que ele pilotou, embora ele não tenha pilotado o Typhoon tranche 2a, nem o 3). Mas tem limitações relevantes em relação à interceptação, sem supercruise, fica difícil de interceptar em um país grande (como o nosso continente) a tempo e com combustível pra combater e voltar pra casa. O Typhoon faz supercruise mach 1.4, é um dogfighter por excelência e… Read more »

Oganza

Para os fãs do “bigode de gato” ai de cima:

http://www.youtube.com/watch?v=Tfof5PjNVE0&list=UUmig_Zzd2CIvCLfWxTXCAsA&feature=c4-overview

é primeiro voo do Tranche 3. E vejam ele acompanhando um turbo hélice em alto AOA.

Sds.

OZEIAS

Rapaz , achei que os hermanos estavam fazendo besteria , em querer MIRAGE F-1 surrado , mas o pessoal da força aérea Kuwaitiana , está fazendo uma muito maior , pegar o caça de 4ª geração mais caro , e mais capado , hoje em operação , que foi surrado em exercicíos aéreos por F-16 block 52+ e RAFALE , que na Líbia , pegava as sobra dos TORNADO GR.4 , pelo menos o pessoal dos EAU , são mais inteligentes .

Mauricio R.

Enquanto Le Jaca vive aquela autêntica novela de Janet Clair lá na Índia, o Typhoon vai comendo pelas beiradas.
Áustria, Arábia Saudita, Oman e agora Kuwait.

Oganza

E olha que ainda temos chance de lá por 2020 termos um feirão de Tranches 1… eita globalização… rsrsrs

Iväny Junior

Sobre exercícios aéreos Existe um exercício em 2010 acontecido nos Emirados Árabes em que supostamente o rafale teria empatado com os f-22 e vencido os Typhoon. Essas informações foram baseadas em um suposto depoimento de um piloto francês, e, impossíveis de verificar, uma vez que os resultados das operações não foi compartilhado. Para tirar a teima, no exercicio de liderança de caça europeu (onde os resultados são publicados) dos anos subsequentes, a RAF e a Luftwaffe enviaram esquadrões de Typhoon para o evento, ao passo que a frança jamais mandou o rafale, explicando as surras que levou por levar um… Read more »

OZEIAS

Typhoon não apenas brilhou, dando uma massacrada consolidante no f-22 (engajando em arenas BVR e WVR) , RAPAZ como também apresentando ao mundo o melhor míssil infra, o IRIS-T, e o melhor BVR, o 1° foi concebido pra ser usado em qualquer caça de 4ª geração , em especial os europeus ( TYPHOON , RAFALE e GRIPEN ) , 2° o METEOR não esta operacional , como que foi usado na RED FLAG , e os franceses tem grande participação no missil bvr , esse missil foi concebido pra ser utilizado em espcial proi TYPHOON e RAFALE , nenhum dos… Read more »

Gilberto Rezende

Carlos Alberto Soares sob seu argumento então a vitória do Gripen no Brasil IGUALMENTE também não é certa né seu feioso… Almeida o universo sabe que o MMRCA são 126 aeronaves o Rafale tem o mesmo número de operadores do Super Hornet e quase metade de aeronaves encomendadas sem uma super potência como operador(que distorce a proporção) e o Typhoon que por ter 4 países produtores leva uma certa vantagem por ser multinacional, ele na verdade ele tem um multi-operador que o produz e comercialmente TERÁ mais 3 operadores que COMPRARAM a aeronave. Ou seja QUANDO E SE esta venda… Read more »

Carlos Alberto Soares

“Gilberto Rezende 18 de janeiro de 2014 at 9:30 # Carlos Alberto Soares sob seu argumento então a vitória do Gripen no Brasil IGUALMENTE também não é certa né seu feioso…” No Brasil o ministro da defesa e o comandante da FAB vieram a público com entrevistas e tudo mais e declararam o Gripen vencedor do FX 2 ponto. Não há condicionantes pendentes. Na Índia essa declaração foi por nota e condicionada a uma série de questões pendentes, a principal delas os franceses se ajustarem a real capacidade dos indianos fazerem sua parte e não ao contrario, dai ….. 18… Read more »

Carlos Alberto Soares

“Gilberto Rezende
18 de janeiro de 2014 at 9:30 #

Ou seja QUANDO E SE esta venda PRELIMINAR se concretizar o Typhoon poderá dizer que conseguiu 2 VENDAS EXTERNAS a mais que o Rafale e o Super Hornet, entendeu seu __________…

EDITADO”

Pô foi editado de novo CAMPEÃO ?

Tú se supera mesmo, parabéns !

Wagner

FEIOSO ???

Ahh qualééé´, encontrem um adjetivo melhor né !! kkkkkkkkkkkkkkkk !!

Seus feios !!

KKKKKKKKKKKKKKK !!!!

🙂 🙂

ps : EDITADO

kkkkkkkkkkkk !!!

Carlos Alberto Soares

“!@#$%¨&*()_++_)(*&¨%$#@!” …….

EDITADO !

Iväny Junior

OZEIAS O Meteor foi recentemente homologado para o rafale, e, foi inicialmente projetado para o uso exclusivo no Typhoon, sim. Logo após o Gripen ganhou a homologação do armamento (pois também usa um radar Selex) e só depois o rafale. O IRIS-T é um projeto inicialmente alemão, da DIEHL, e só recentemente houveram parceiros externos agregados ao projeto, como a MBDA Italia. Sobre o RCS das aeronaves atuais, veja por si só em matéria do próprio Poder Aéreo: http://www.aereo.jor.br/2010/02/01/um-pouco-sobre-secao-reta-radar-rcs-e-tecnologia-stealth/ Sobre a performance do Typhoon x raptor: http://theaviationist.com/2012/07/13/fia12-typhoon-raptor/#.UM55mKUTtz8 Sobre a performance em geral do Typhoon, com destaque para a declaração do… Read more »

Wagner

Mas então podemos dizer que o Iris T é superior aos AmRaam americanos ??

Iväny Junior

Wagner

Segundo muitos sites que acompanharam a ultima red flag, o IRIS-T saiu de lá como o melhor míssil infravermelho do mundo.

Carlos Alberto Soares

Iväny Junior,

Boas, tens o custo do Meteor x IRIS-T ?

Lyw

Wagner e Ivan Junior

Porque estão comparando o IRIS-T com mísseis de classe diferente (AMRAAM e Meteor)?

Simplesmente não tem o que comparar!

Iväny Junior

É verdade Lyw, li rapidamente e pensei que o Wagner estava falando do ASRAAM, que é um infravermelho também de curto alcance. Nesse caso, sendo da classe de aim-9x e do IRIS-T. Mísseis para combate WVR.

Meteor, aim-120 AMRAAM, Skyflash e Aim-7 Sparrow são mísseis de guiamento ativo de radar para distâncias BVR.

O único míssil que possui versões de radar e de infravermelho é o Mica.

Grievous

Iväny Junior 20 de janeiro de 2014 at 10:47# “Meteor, aim-120 AMRAAM, Skyflash e Aim-7 Sparrow são mísseis de guiamento ativo de radar para distâncias BVR. O único míssil que possui versões de radar e de infravermelho é o Mica” Só pra ser mais preciso (me corrijam se estiver errado), creio que os mísseis citados podem ser semelhantes e ditos da mesma classe, pois são de médio alcance, porém o Sparrow e o Sky Flash não eram ativos, mas semi-ativos. Já quando coloca o Mica como o único a usar guiamento IR e radar, imagino que se refira à atualidade… Read more »

Carlos Alberto Soares

Ainda creio que uma relação preço x capacidades x benefício seria interessante.

Iväny Junior

Grievous Me refiro à atualidade mesmo. E também no aspecto BVR, os skyflash e sparrows também tiveram ambas as versões (guiamento ativo e semiativo). Os mísseis russos sempre foram bons também, haja vista o R73, ainda hoje em voga. O marco do Mica foi que a frança galgou um posto de respeito nos exercícios de caça europeus. A classe magic era notoriamente cega. E o combo Meteor e IRIS-T é que se comenta hoje em todos os lugares em termos de equipamento de ponta ar-ar. Nos exercícios ele tem se mostrado melhor que o aim-9x (34km de alcance), aim-132 ASRAAM… Read more »

Rogério

Wagner
19 de janeiro de 2014 at 9:50 #

Não Wagner, não pode,

a briga no caso se dá entre o Iris-T e o AIM-9X Block II:

Iris-T e Amraam no mesmo caça:

comment image

Rogério

Gripen com os 2:

comment image

Mauricio R.

Mais um penduricalho, p/ as asas do Typhoon… (http://www.flightglobal.com/news/articles/PICTURE-Eurofighter-gets-airborne-with-Taurus-cruise-missiles-395033/) Um detalhe que está passando despercebido, a atual geração de mísseis IR não é caracterizada tanto pelo alcance, mas pela capacidade de discriminação entre alvo e conta-medidas e a versatilidade de emprego. Se o ac é equipado c/ algum HMD, então mísseis como AIM-9X, AIM-132 ASRAAM, Python IV e V podem ser designados por sobre o ombro contras algum alvo no quadrante traseiro da aeronave. De cabeça não sei se o IRIS-T é compatível c/ HMD, mas como o R-73 Archer era, então a capacidade deva ter sido imprementada. Por outro… Read more »

Almeida

Não sei como os editores deste blog ainda permitem que o Gilberto Rezende/Giltiger continue postando aqui. Este ______ útil do partido vive trazendo desinformação e ofensas ao demais comentaristas. Em nada agrega às discussões e ao sucesso do blog. Editar as ofensas não resolve, eu continuo sabendo que sim ele me ofendeu, só não sei qual palavrão foi utilizado. Algo que, pra mim, só piora a ofensa. Se é pra fazer isso, melhor não editar. EDITADO. INFORMAMOS QUE, EM FUNÇÃO DOS SUCESSIVOS AVISOS DA MODERAÇÃO AO SR. GILBERTO REZENDE E A INSISTÊNCIA DELE EM DESRESPEITAR AS REGRAS DESTE BLOG, O… Read more »

Alexandre Galante

O sr. Gilberto Rezende/Giltiger foi descadastrado dos blogs da Trilogia por reincidir nas agressões a outros comentaristas e aos editores, depois de vários avisos. É uma decisão triste, pelo fato dele ser ideologicamente avesso à maioria dos demais, servia como contraponto para os blogs serem mais plurais. Mas como ele ficou indignado e transtornado depois da vitória do Gripen NG, como seus semelhantes em outros fóruns na Internet, tivemos que tomar essa medida drástica.

Mauricio R.

Regra geral todo AAM soviético/russo, existe em 2 versões: IR e RF
Exceto pelos AA-8 Aphid/R-60(IR); AA-9Amos/R-33/-37(RF) e o AA-12 Adler/R-77(RF).

Mauricio R.

Ah, faltou o AA-11Archer/R-73(IR)

Grievous

Seria triste não ter mais o Sr. Gilberto por aqui. É fato que as ofensas acontecem, mas também é fato que muitos revidam. Assim, todos acabam errados. Depois, ele se mostra como um verdadeiro apaixonado pelo tema. Normalmente não concordo nem com 10% do que ele diz, assim como todos aqui, mas defendo o direito dele dizer o que pensa (mesmo se for bobagem) Inclusive é até interessante, quando não descamba pra troca de ofensas, os embates envolvendo-o. É notável a determinação do sujeito em defender seus pontos de vista, mesmo quando todos contestam, inclusive com argumentos. Aliás, muita discussão… Read more »

Grievous

Minha “defesa” chegou tarde…
Uma pena.
Bola pra frente!

Grievous

O engraçado é que o Rafale perdeu mais uma. Seu maior defensor foi descadastrado. Agora é que “Le Jaca” vai pro brejo de vez por aqui.

Iväny Junior

Discordância não se resolve com xingamentos, mas com argumentos.

Fernando "Nunão" De Martini

Grievous, No que depender dos editores, o Rafale sempre será assunto por aqui, como vem sendo há anos. Duvido que qualquer outro site tenha publicado tantas notícias sobre o Rafale do que este, e a grande maioria trazendo dados diretamente de fontes francesas (mídia, fabricante e operador), a maior parte destacando seus aspectos positivos. Quanto a comentaristas, há diversos defensores do Rafale atuantes por aqui. E um deles, o Justin Case, é justamente um dos que mais se destacam pela educação, cordialidade, e uso de argumentos calcados na realidade, bem ao contrário do leitor que foi suspenso após continuar xingando… Read more »

Grievous

Ô “Nunão”, só brinquei que o Rafale ia pro brejo de vez porque o descadastrado insistia tanto em defende-lo até em situações desfavoráveis, quase que como uma provocação aos demais, que muito da bronca dos antagonistas passou para o caça francês. Que o Rafale vai continuar nas notícias, não tenho dúvida. E acho ótimo. Do mesmo modo que serão notícias aqui, tudo que é de importante acontecendo no mundo e esteja ligado ao poder aéreo. É isso que torna esse espaço tão interessante. A respeito dos xingamentos, não sei quando e quem começou, mas eu via ofensas vindas dele e… Read more »

Carlos Alberto Soares

Caro Grievous Concordo com todas suas intervenções sobre o GR. Acrescento que em uma das advertência feitas a ele, defendi aqui o direito dele conosco permanecer mas que o mesmo tivesse uma linguagem mais adequada. Certamente ele “esquentava” o debate, apesar de não concordar com 99% das posições por ele defendidas, direito dele. Aos editores, creio que uma suspensão por 30 ou 60 dias seria mais adequado como último estágio antes da “expulsão”. Creio que “queimaram” a última etapa antes da medida definitiva. Agora teremos que procurar sites ou blog’s na Índia para vê-lo, será mais trabalhoso. Fazer o quê… Read more »

Últimas Notícias

KC-390 e Rafale, exportações x redução na cadência – histórias parecidas?

Nos últimos dias, uma polêmica se instaurou em relação às encomendas da Força Aérea Brasileira (FAB) para o jato...
- Advertisement -
- Advertisement -