Home Noticiário Internacional FX-2: Amorim anuncia vencedor de programa para compra de novos caças

FX-2: Amorim anuncia vencedor de programa para compra de novos caças

451
12

Gripen  NG Test aircraft

Brasília, 18/12/2013 – O ministro da Defesa, Celso Amorim, anunciou nesta quarta-feira o vencedor da concorrência internacional para a aquisição de novos caças multimissão para a Força Aérea Brasileira (FAB).

Na companhia do comandante da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito, Amorim revelou a decisão do Governo Federal pela aeronave Gripen-NG, do consórcio liderado pela fabricante sueca Saab.

Participavam também da etapa final da disputa o caça francês Rafale (Dassault) e o norte-americano F-18 (Boeing). O anúncio foi feito em entrevista coletiva realizada no final da tarde, na sede do Ministério da Defesa.

Segundo Celso Amorim, a vitória do caça sueco no Programa F-X2 deu-se por questões de caráter técnico. “A escolha foi objeto de estudos e ponderações muito cuidadosas e levou em conta performance, transferência efetiva de tecnologia e custos não só de aquisição, como de manutenção. A escolha se baseou nesses três fatores”, disse o ministro.

Pesaram também na escolha, segundo o brigadeiro Juniti Saito, aspectos relativos às contrapartidas comerciais (offsets) oferecidas pela proposta da Saab, de acordo com o disposto na Estratégia Nacional de Defesa (END). “Temos várias indústrias que se ofereceram para contribuir ao desenvolvimento do caça. Ao fim do desenvolvimento, teremos acesso a toda a tecnologia do avião”, afirmou o comandante da FAB.

Na avaliação da Força Aérea, o Gripen-NG destaca-se pela tecnologia de ponta, com avançado sistema de sensores e fusão de dados, características que proporcionam ao piloto um quadro completo e preciso do cenário de emprego.

A nova aeronave multimissão foi projetada para controle do ar, defesa aérea, reconhecimento aéreo, ataques ar-solo e ar-mar.

Segundo a FAB, a aquisição do caça sueco lhe permitirá enfrentar ameaças em qualquer ponto do território nacional com carga plena de armas e combustível.

A oferta vencedora engloba o fornecimento de 36 aeronaves. Os investimentos são da ordem de US$ 4,5 bilhões, em um cronograma de desembolso que se estenderá até 2023.

A primeira aeronave tem previsão de chegada em torno de 48 meses após a assinatura do contrato de financiamento, que deve ocorrer em dezembro de 2014.

FONTE: Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Defesa

Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
JapaMan
JapaMan
6 anos atrás

AHAHAHAHAHA EU JA SABIA!!!! TINHA CERTEZA!!!!

Muito Feliz, foi o melhor final de todos, um caça que poderemos ter e operar!

Parabéns aos envolvidos, agora é esperar pelo leasing dos caças tampões para cobrir a lacuna do mirage.

A Saab tem estoque para isso?

Sds,

Soldat
Soldat
6 anos atrás

A Saab……..Gripen

THE BEST…………………….

Bogaz
Bogaz
6 anos atrás

Anos, anos e mais anos, acompanhando, esperando e torcendo para os caças. E o melhor, torcendo para estes caças! Final melhor não poderia ter.
O papai Noel veio para a FAB!

Nick
Nick
6 anos atrás

Caro Japaman,

Mesmo que não tenha a Suécia dará um jeito de arranjar esses C para fornecer na forma de leasing, enquanto aguardamos os E.

Só alegria!!!! 🙂

[]’s

Carcará 01
Carcará 01
6 anos atrás

ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃO!!!! O COPAC informa que a decisão pelo Gripen foi CANCELADA!!!!

O Fluminense (a mando da Dassault, sempre ela…), alegou que a SAAB escalou o Gripen NG de forma ilegal e pediu a perda dos pontos!!!

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
6 anos atrás

Carcará 01 18 de dezembro de 2013 at 23:10 # “ATENÇÃO, MUITA ATENÇÃO!!!! O COPAC informa que a decisão pelo Gripen foi CANCELADA!!!! O Fluminense (a mando da Dassault, sempre ela…), alegou que a SAAB escalou o Gripen NG de forma ilegal e pediu a perda dos pontos!!!” KKKK, valeu. “Nick 18 de dezembro de 2013 at 23:08 # Caro Japaman, Mesmo que não tenha a Suécia dará um jeito de arranjar esses C para fornecer na forma de leasing, enquanto aguardamos os E. Só alegria!!!! 🙂 []‘s” Talvez os estocados na África do Sul ? Temos boas relações com… Read more »

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
6 anos atrás

Corrigindo:

Que tal não pagarmos nada pelo empréstimo de 04 ou 05 anos e devolvemos já “atualizados” na nova configuração.

Fazemos a mudança de doutrinas, o apoio é da SAAB e pensem mais todas as vantagens, inclusive para os testes
da nova família etc ….

Vader
6 anos atrás

Caros, a Suécia tem um monte (60, salvo engano) de Gripen C/D estocados. Não precisamos pegar os sulafricanos.

Mauricio R.
Mauricio R.
6 anos atrás

A festa tá boa, nos livramos da Dassault e sua Jaca, mas quem é que protegerá o contribuinte dos compromissos de campanha do PT??? Teremos novamente a Embraer, a empresa não sabe nada de caças, nem tecnologia p/ isso tem; como “main contractor”??? Já vimos esse filme: A empresa nacional preferida do partido no poder, não manja nada, não sabe nada, nem tecnologia própria tem, é colocada em uma posição de liderança absolutamente indevida. E a empresa que detém a tecnologia, o know how, é a sub-contratada. E o resultado não foi lá mto bonito. Vamos novamente pagar, p/ uma… Read more »

Antonio M
Antonio M
6 anos atrás

Mauricio R.
19 de dezembro de 2013 at 10:26

“…A empresa nacional preferida do partido no poder…”

Demorou …… Não é mais a Petrobras?!

Pelo menos a Embraer não é a Dassault que pensa poder fazer tudo sozinha.

Almeida
Almeida
6 anos atrás

Mauricio R., até concordo contigo no aspecto geral de sua crítica, mas nesse caso você está equivocado.

Diferentemente do PROSUB e do EC-725, a principal contratada não será um aspone nacional, mas a Saab diretamente. Esta só precisa cumprir com suas obrigações feitas na proposta de compensações técnológicas e financeiras com parceiros nacionais. Ela é o main contractor, todas as demais, seja Embraer, seja Akaer, seja AEL, serão as subcontratadas.

DrCockroach
DrCockroach
6 anos atrás

Que bela noticia que vejo agora enquanto em transito! Muitos Parabens: – a Presidente pela decisao; – ao Amorim, que tem sido um grande avanco em relacao aos seus recentes antecessores (bela sintese dele no texto acima); – a FAB e a COPAC que esteve no limite de uma decisao desfavoravel, mas no fim obteve o que desejava. Impossivel nao ver a recompensa das decisoes tomadas; – ao editores do Blog por terem feito uma cobertura absulutamente fantastica de todo o FX-2. Fico orgulhoso de ver como o Brasil tem um Blog de enorme qualidade; – aos tantos comentaristas do… Read more »