Home Asas Rotativas Esquadrão Falcão completa 41 anos de apoio à população na Amazônia

Esquadrão Falcão completa 41 anos de apoio à população na Amazônia

384
13

H-36 Caracal - EC725 - foto FAB

O Esquadrão Falcão (1º/8º GAV), a unidade mais antiga a operar helicópteros na Amazônia, completou 41 anos no último domingo (10/11). Com uma trajetória de missões de busca e resgate, apoio a populações ribeirinhas e salvamento de vítimas, a data foi marcada com uma cerimônia militar realizada na sexta-feira (8) na Base Aérea de Belém (BABE).

“Acredito que o que nos une de verdade e nos mantém firmes nos nossos objetivos é a alegria do sentimento do dever cumprido após a superação dos obstáculos e desafios que nos são apresentados no dia-a-dia”, destacou o Tenente-Coronel Álvaro Marcelo Alexandre Freixo, Comandante do 1º/8º GAV. Durante a cerimônia, foi entregue o título de “Falcões Honorários”, honraria concedida às personalidades civis e militares que contribuem para o desenvolvimento da unidade aérea.

O evento contou com a presença do Comandante do Primeiro Comando Aéreo Regional (I COMAR) e Presidente da Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (COMARA), Major-Brigadeiro do Ar Carlos Eurico Peclat dos Santos, e do Comandante da Segunda Força Aérea (FAE II), Brigadeiro do Ar Carlos José Rodrigues de Alencastro. Também estiveram presentes autoridades militares da ativa e da reserva, e ex-comandantes do Esquadrão Falcão.

FONTE / FOTO: FAB (1º/8º GAV)

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
13 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Oganza
Oganza
6 anos atrás

PARABÉNS ao Falcão.

Putz Nunão, que foto linda, coisa rara na FAB.
O ângulo, o sol e o posicionamento das aeronaves ficaram perfeitas, formando uma composição rara de se ver por essas “praias”.

Vc’s do PA não tem ela com uns 2.000 pixels não…? 🙂

Sds

eduardo pereira
eduardo pereira
6 anos atrás

Parabens ao Falcao por seus serviços nesta regiao tao precaria e de dificil acesso ao mesmo tempo que de suma importancia para a naçao.

E que foto bacana Nunao !!

Sds.

nunes neto
nunes neto
6 anos atrás

Parabéns!A quantas anda a substituição dos sapões no 1/8? Alguém sabe a dotação em números atualmente?

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
6 anos atrás

Complementando a informação acerca da dotação, o Falcão receberá 8 aeronaves, e o Pelicano mais 8, sendo que as aeronaves do Pelicano terão outra configuração mais adequada às missões de C-SAR (Combate-SAR).

nunes neto
nunes neto
6 anos atrás

obrigados amigos, a dúvida era quantos, sapos o 1/8 tem, mas como serão substituídos, no final teremos 8 EC725

Guilherme Poggio
Editor
6 anos atrás

Complementando a informação acerca da dotação, o Falcão receberá 8 aeronaves, e o Pelicano mais 8, sendo que as aeronaves do Pelicano terão outra configuração mais adequada às missões de C-SAR (Combate-SAR).

Interessante.

Eu imaginava que seriam sete para cada esquadrão e outros dois para o GTE, totalizando 16 aeronaves.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
6 anos atrás

Os dois do GTE são a parte (16 + 16+ 16 + 2 = 50).

juarezmartinez
juarezmartinez
6 anos atrás

E que segundo Mr “Fuentes” podem acabar sendo distribuidos entre as duas unidades, pois a Miss Cueca não entra neles nem a pau.

Grande abraço

Mauricio R.
Mauricio R.
6 anos atrás

OFF TOPIC…

…mas nem tanto, afinal é sobre helicóptero, tb:

E apesar da Índia, o AW-101 foi selecionado pela Noruega, como seu novo helicóptero SAR:

(http://www.defense-aerospace.com/article-view/release/149293/aw101-wins-norway-sar-competition.html)

nunes neto
nunes neto
6 anos atrás

#obrigado