Sukhoi entrega mais um lote de Su-34 à Força Aérea Russa

Su-34 - imagem Sukhoi

Em nota publicada na quarta-feira, 23 de outubro, a Sukhoi informou a entrega de mais um lote de bombardeiros de linha de frente Su-34 para a Força Aérea Russa. A cerimônia de transferência, realizada ontem, foi celebrada nas instalações da companhia em Novosibirsk, de onde os jatos decolaram para seu destino. A nota não informou quantas aeronaves foram entregues nesse lote, dizendo apenas que “diversos Su-34 da encomenda de 2013 já foram entregues em maio e julho e estão em serviço.”

A Sukhoi também informou que a implementação da encomenda 2013 está em pleno andamento, e que no futuro próximo deverá ser completada boa parte da substituição dos jatos Su-24 atualmente em serviço pelos novos Su-34.

Su-34 - foto 4 Sukhoi

FONTE / IMAGEM: Sukhoi

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest

10 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alfredo Araujo

Estou enganado ou esse avião é único em sua categoria ?

Ja q as potências ocidentais tem confiado as missões de bombardeios táticos a caças multifuncionais…

A unica exceção q me vem a cabeça é o Strike Eagle…

champs

Alfredo Araujo,

Acho que sim, o que chega mais próximo é o Strike Eagle, e talvez o J-20, que pelo tamanho mais parece um bombardeiro.

Pra quem gosta, melhor video sobre o Su-34 que já vi na net, é impressionante o espaço interno da cockpit, o jornalista fica em pé durante a reportagem, é impressionante o sucesso de engenharia desta família Flanker.

http://www.youtube.com/watch?v=Ynm3em8fHaA

Recomendo

champs

Detalhe para o teste das turbinas com pc acionado a partir dos 14 min.

champs

E também para o dogfight simulado com o Su-27 a partir dos 21 min.

Wagner

um avião belíssimo e mortal.

Mais uma prova do gênio técnico e altíssima tecnologia da Rússia.

Ivan

A geração anterior de caça-bombardeiros tinha alguma coisa em comum, eram bimotores, bipostos, com asas de geometria variável e capazes de acelerar até mach 2 ou pouco mais. EUA General Dynamics F-111 Aardvark: Empty weight: 21.400 kg; Loaded weight: 37.600 kg; MTOW: 45.300 kg. Europa Panavia Tornado: Empty weight: 13.890 kg; MTOW: 28.000 kg. URSS / Rússia Sukhoi Su-24 “Fencer” (codinome Otan): Empty weight: 22.300 kg; Loaded weight: 38.040 kg; MTOW: 43.755 kg. Tornados e Su-24 ainda estão operacionais nos esquadrões de interdição da Alemanha, Itália, Inglaterra e Arábia Saudita o primeiro, Rússia, Ucrânia, Iran e Argélia o segundo. Os… Read more »

Ivan

Em tempo.

Enquanto o MTOW do Sukhoi Su34 está em torno de 45 (quarenta e cinco) toneladas, o do Boeing F-15E está um pouco abaixo das 37 (trinta e sete) toneladas.

Como a carga de armas de ambos está em torno de 8 (oito) toneladas, suponho que a diferença de peso está nas instalações da cabinde do russo, que é descrita como uma célula de sobrevivência, possivelmente blindada.

Entendo estas aeronaves de interdição adaptadas as necessidades das respectivas forças aéreas.

Sds.,
Ivan.

jcsleao

Deixando de lado os eventuais problemas com cadeia logística nova, já imaginaram a mudança de cenário geopolítico que um esquadrão de caças desse provocaria se a FAB viesse a adquir esses bichinhos?
Falam tanto do SubNuc para “proteger” o pré-sal. Agora imaginem o submarino por baixo d’água e os Su34 pelo ar…

Guilherme Poggio

já imaginaram a mudança de cenário geopolítico que um esquadrão de caças desse provocaria se a FAB viesse a adquir esses bichinhos?

Prezado jcsleao,

Na minha modesta opinião, se o objetivo for ataque naval e vigilância marítima, eu acredito que mais um esquadrão de P-3 faria uma diferença maior na FAB do que um esquadrão de Su-34. Além do que o P-3 possui ampla vantagem sobre o Su-34 em vários quesitos.

jcsleao

Sem dúvida Poggio.
Fiz meu comentário pensando num cenário “mundo da carochinha”. Ter mais P-3 é mesmo muito importante.
Porém me referia à força bruta mesmo. Ataque naval puro. A vigilância, SAR, e ataque a meios mais “soft” ficariam a cargo dos P-3.