Home Aviação de Transporte Embraer em Évora entrega primeiras peças do KC-390 ainda este ano

Embraer em Évora entrega primeiras peças do KC-390 ainda este ano

264
13

LAAD 2011 KC-390 - foto Poder Aereo Poggio

Cátia Simões

vinheta-clipping-aereoInauguradas há um ano, as fábricas portuguesas do grupo brasileiro vão reforçar a produção de componentes. O objectivo mantém-se o de triplicar os postos de trabalho. As duas fábricas da Embraer em Évora vão começar a produzir e a entregar ainda este ano as primeiras peças do cargueiro militar KC-390 da fabricante aeronáutica brasileira. “Além do Embraer Legacy 450 e Legacy 500, estamos a preparar a nossa linha de produção para iniciar em breve a produção de componentes e conjuntos para o avião militar KC-390. Contamos enviar as primeiras peças ainda este ano” diz ao Diário Económico Paulo Marchioto, presidente da Embraer Portugal. A Embraer Estruturas Metálicas vai fabricar partes de asa e da cauda e a Embraer Compósitos o estabilizador horizontal, revelou o responsável.

FONTE: Economico

COLABOROU:
Henrique C.O

13
Deixe um comentário

avatar
13 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
Corsario137HMS TIRELESSMauricio R.Luiz FernandoVader Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Fighting Falcon
Visitante
Fighting Falcon

Tomara que ao menos esse projeto ande a contento e que dele saiam novos rebentos… E-390, R-390, P-390 etc

Gilberto Rezende
Visitante
Member
Gilberto Rezende

Como já disse todas as peças de compósitos e fibra de carbono dos aviões da Embraer vão ser importados a Euro de Portugal…

Quanto maior a proporção maior a desnacionalização dos “aviões brasileiros da Embraer”…

Dada vez mais parecida com uma Apertaparafusobrás…

Vader
Visitante
Member

Hahahaha, ainda não chega nem aos pés da filial da Lixocopter, meu caro…

Mas é bom ver que finalmente você passou a reconhecer que o seu Estadista de Sindicato fez uma m. do car. comprando as Kombis Voadoras da Apertaparafusobrás…

Luiz Fernando
Visitante
Luiz Fernando

Qual a fonte da sua afirmação Gilberto, de que todas as peças de composto serão fabricadas em Évora? Quais são “todas” as peças?

Gilberto Rezende
Visitante
Member
Gilberto Rezende

Caro Vader quem fez uma M.. foram os “capitalistas patriotas” que controlam a Embraer que sequestraram uma tecnologia BRASILEIRA desenvolvida com suor e inteligência brasileiros e financiada por ANOS pelos governos federal e paulista para atender a uma empresa “brasileira”, que vendeu-se aos incentivos fiscais da União Européia… Nem o governo federal e nem o governo do estado de São Paulo (tucano até as últimas fibras) poderiam IMAGINAR que a Embraer pudesse ter a IMENSA cara de pau de ser a receptora de mais uma década de desenvolvimento tecnológico NACIONAL financiado e transladar TUDO para Portugal… Os contratos simplesmente não… Read more »

Gilberto Rezende
Visitante
Member
Gilberto Rezende

Amigo as ENORMES estruturas industriais E DE PESQUISA montadas em Évora é para fornecimento de TODAS as peças fabricadas pela Embraer com a tecnologia de compósitos e fibra de carbono. Conforme as estruturas de última geração lá construídas forem se tornando plenamente produtivas, as plantas nacionais de material similar mais antigas serão desmobilizadas “por razões de economicidade” ficando no Brasil apenas as instalações das estruturas metálicas, de alumínio aeronáutico e integração final. ACONTECE que a tendência predominante na engenharia aeronáutica é a SUBSTITUIÇÃO das estruturas metálicas pelas estruturas de compósitos e de fibra de carbono…. Sabe disto não ? Por… Read more »

Vader
Visitante
Member

Gilberto Rezende disse: 25 de setembro de 2013 às 1:34 Gilberto, a OGMA não era nenhuma fabriqueta de fundo de quintal quando a Embraer ADQUIRIU seu controle acionário: ela por exemplo já fazia há muitos anos, com tecnologia transferida da General Dynamics e da Lockheed Martin, entre outras, a manutenção dos F-16 da FAP. Ou seja: enquanto a Embraer detinha a tecnologia de compostos do F-5 (transferida pela Northrop na década de 80), a OGMA estava uma geração à frente, apesar de seu tamanho… De modo que a parceria Embraer-OGMA foi de benefício mútuo, com esta fazendo a manutenção na… Read more »

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

A Embraer não sabia mto bem o que fazer c/ a OGMA, aí o governo português passou a cobrar os off sets do negócio e não teve “jeitinho” que desse cabo das exigências.
Resultado, empregos brasileiros exportados p/ a Europa, sem nem um pio da petralhada, afinal não há política industrial mas tão somente; dívidas de campanha.
Da mesma forma, os Phenoms serão fabricados nos EUA.

Luiz Fernando
Visitante
Luiz Fernando

É Gilberto…. pelo seu post, e o do Maurício, vejo que não sabem nada de nada. Dizer que a empresa está exportando tecnologia é ridículo… Dizer então que está transferindo “toda” a produção de componentes de material composto para a Europa… cara que piada!!! Se sabe o que será feito lá, e o que é feito aqui??? Vcs sabem qual o motivo da implementação das fábricas em Évora? Vcs sabem o que a planta de metálicos irá produzir? Aliás Maurício, sabe o porque da produção do Phenom nos EUA (aliás, produção que já ocorre a um ano ou mais)? É…… Read more »

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Aí, mais um empregadinho da Embraer querendo se mostrar pro chefe, que veste a camisa da empresa…

HMS TIRELESS
Visitante
Member
HMS TIRELESS

Gilberto: Um amigo meu, que já tem bem mais janeiros do que eu, no alto de sua sabedoria me disse certa vez “Escolha bem as batalhas que pretende travar”. E nesse caso penso que você escolheu muito mal a batalha que está ora travando com os demais foristas, posto ter escolhido uma causa perdida. Veja bem: a descentralização na produção de componentes é uma tendência irreversível na indústria aeronáutica, que trouxe o referido processo da indústria automobilística, onde é absolutamente normal que um veículo seja montado com componentes oriundos de diversos países. Basta ver que os carros da Honda fabricados… Read more »

Corsario137
Visitante
Corsario137

Lembrando que a própria Embraer no Brasil produz peças para o S92 da Sikorsky!

Corsario137
Visitante
Corsario137

Freud explica, Freud explica…