quinta-feira, junho 30, 2022

Gripen para o Brasil

Acidente com B-1B da USAF

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

B-1B_fotoPA_poggio

Um bombardeiro Rockwell International B-1B Lancer pertencente à 28th Bomb Wing, baseada em Ellsworth AFB, South Dakota, caiu próximo da localidade de Broadus, no estado de Montana ontem (19/8). A aeronave executava um voo de rotina, segundo informou a USAF.

Os quatro tripulantes, incluindo dois pilotos dois oficiais de sistemas (WSO – weapon systems officers), ejetaram em segurança, embora tenham se ferido no processo.

A USAF conduzirá uma investigação para determinar a causa do acidente. Existem 66 B-1 no inventário da USAF.

acidente com B-1B

FONTE/FOTO: USAF/AP (inferior)

NOTA DO EDITOR: O último acidente com um B-1B ocorreu em dezembro de 2001, quando uma aeronave envolvida na Guerra contra o Afeganistão caiu no Oceano Índico, perto da ilha de Diego Garcia.  Somente duas bases operam o B-1B. Além de Ellsworth (citada no texto), há B-1B também na Base Aérea de Dyess, que fica no estado do Texas.

VEJA TAMBÉM:

 

- Advertisement -

7 Comments

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
joao.filho

Que se lasque o aviao. Ainda bem que os 4 tripulantes sobreviveram.
Com tanta sorte assim, um deles deve ser irlandes…rsrs.

Baschera

Cada B-1B custou, na época de sua construção, anos 80, Us$1 bilhão…..

Sds.

Joner

Sei que existem vaios fatores ponderantes, mas no Brasil ejeção é morte quase certa!

Joner

Leia-se “Varios”!!!

solskhaer

Dane o bombardeiro, vidas humanas e o preparo profissional é muito mais caro e tem mais, dei uma espiada no Google Maps e essa base Ellsworth, tá cheio deles!

joseboscojr

Vai ser difícil extrair algo dessa mancha no chão pra descobrir as causas desse incidente.

Baschera,
Eu acho que você está equivocado. Que eu me lembre quem custou 1 bi foi o B-2. Na época o B-1B custou 200 milhões de dólares.

joseboscojr

Por falar nessa “manchinha” ela serve para ilustrar o que sobra de uma aeronave desse porte quando se choca violentamente contra o solo, coisa que os adeptos da teoria da conspiração do 11/09 não acreditam que ocorra e usam essa tese para negar a versão oficial no caso do Pentágono e no caso do voo 93 na Pensilvânia.
Alguns dos mais aguerridos defensores da “conspiração” acham que sobram asas, motores, fuselagem inteira, etc, intactos.

Últimas Notícias

45 anos do EMB-111 Bandeirante Patrulha

O projeto do EMB-100 Bandeirante, iniciado antes mesmo do nascimento da Embraer, deu base ao desenvolvimento de diferentes aeronaves,...
- Advertisement -
- Advertisement -