Home Noticiário Nacional Agradecida pela doação de helicópteros, Bolívia revistou nosso avião

Agradecida pela doação de helicópteros, Bolívia revistou nosso avião

724
14
H1H da FAB - foto Forças de Defesa

Bolívia revistou avião de Amorim em busca de opositor

vinheta-clipping-aereoMeses antes de expressar repúdio pela retenção e revista do avião de seu presidente na Europa, sob suspeita de que levava o ex-agente da CIA Edward Snowden, o governo boliviano reteve e revistou a aeronave que levaria o ministro da Defesa, Celso Amorim, de volta ao Brasil após uma visita à cidade de Santa Cruz de la Sierra, no ano passado. A busca, feita inclusive com cães farejadores, aconteceu em meio a suspeitas de que Amorim levava a bordo o senador de oposição Roger Pinto, que está refugiado há mais de um ano na Embaixada do Brasil em La Paz.

A informação, divulgada no último fim de semana pelo site “Diário do Poder”, do jornalista Claudio Humberto, foi confirmada ao Valor por fontes do governo brasileiro. O incidente ocorreu em 3 de outubro do ano passado, segundo as fontes, quando Amorim visitou a Bolívia para a doação de dois helicópteros da força aérea Brasileira (FAB) ao país, para serem usados no combate ao narcotráfico.

Segundo as fontes do governo brasileiro, o Itamaraty emitiu uma nota de protesto pela vistoria do avião de Amorim. Uma das fontes afirma que, em resposta, os bolivianos “responderam com um pedido de desculpas”. Outra fonte afirma que Amorim permitiu a revista do avião, que pertence à FAB. O incidente vinha sendo mantido em segredo pelos dois países.

Questionado pelo Valor, o Ministério da Defesa disse que não comentaria o assunto. Já o Ministério das Relações Exteriores disse que “a assessoria de imprensa não tem conhecimento dessa informação” [a vistoria do avião de Amorim e a nota de protesto].

Já o Ministério das Relações Exteriores da Bolívia “não confirma nem nega” o incidente.

A informação vem à tona poucos dias depois da indignação expressada por quase todos os países sul-americanos com a retenção do avião do presidente da Bolívia, Evo Morales, na Europa, no dia 3 de julho. Na ocasião, Itália, França, Espanha e Portugal fecharam seu espaço aéreo para o avião presidencial. Isso obrigou a aeronave a pousar na Áustria, onde ela foi revistada. O episódio ocorreu por conta da caçada promovida pelo governo americano a Snowden, que revelou no mês passado que Washington monitora dados de internet e telefonemas para “combater o terrorismo”. Os países europeus negaram que o incidente tivesse relação com Snowden.

O caso gerou uma reunião de emergência da Unasul (União de Nações Sul-Americanas) e foi destaque da agenda da cúpula do Mercosul, na semana passada. Reunidos em Montevidéu, os presidentes de Brasil, Argentina, Uruguai e Venezuela decidiram convocar seus embaixadores nos quatro países europeus para consultas – uma medida diplomática que sinaliza um forte mal-estar entre os países, sem implicar rompimento das relações bilaterais.

O senador Roger Pinto chegou à embaixada brasileira em La Paz em 28 de maio do ano passado. Alvo de mais de 20 processos judiciais, ele diz sofrer perseguição política após ter denunciado o envolvimento de altas autoridades do governo boliviano com o narcotráfico. Pinto pediu e recebeu asilo político da presidente Dilma Rousseff, mas permanece na embaixada, pois Morales se recusa a conceder-lhe um salvo-conduto para que ele deixe o local sem ser preso.

Brasil e Bolívia formaram uma comissão bilateral em março para tentar uma solução, mas a embaixada está alijada do caso. Para Morales, o embaixador brasileiro em La Paz, Marcel Biato, passou “informações incorretas” a Dilma a respeito do senador. A ministra da Comunicação boliviana, Amanda Dávila, chegou a chamar Biato de “porta-voz da oposição”.

O mal-estar levou à troca do embaixador, a pedido de La Paz, apurou o Valor. Biato deve ir para a Suécia. Ele já recebeu o “agrément” de Estocolmo, mas seu nome ainda tem que ser aprovado pelo Senado brasileiro.

FONTE: Valor Econômico, via Notimp (reportagem de Fabio Murakawa)

NOTA DO EDITOR: o título “Agradecida pela doação de helicópteros, Bolívia revistou nosso avião” é do Poder Aéreo. O título original da reportagem do jornal Valor Econômico é o subtítulo (“Bolívia revistou avião de Amorim em busca de opositor”).

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
14 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
joao.filho
joao.filho
6 anos atrás

Off topic:
Avião explode ao tentar decolar no Aeroporto de Manaus Segundo a Infraero, três pessoas morreram no acidente.
Alguem tem mais dados?

Marcos
Marcos
6 anos atrás

1) Helicóptero reformado, revisado e outros “ados”.

2) Realmente não sei o que passa na cabeça de nossos governantes. Os mesmos vem sendo sistematicamente ridicularizados pelos nossos vizinhos e, apesar disso, continuam a se submeter. Começo a achar que o governo de fato se encontra em Havana.

Marcos
Marcos
6 anos atrás

Vai ver que o Índio Cocalero não gostou da doação, que se destina ao combate ao narcotráfico, coisa que vai contra aos objetivos do Índio, que espera transformar a Bolívia na maior produtora mundial de cocaína.

Augusto
Augusto
6 anos atrás

Amigos, enquanto houver gente medíocre como esse Celso Amorim no comando do governo, seja em ministérios, seja em secretarias ou diretamente como chefe do poder executivo nacional, episódios como este acontecerão.

Só essa gente sem princípios permite que paisecos como Bolívia, Paraguai e afins ajam como querem.

A coisa chegou a tal ponto que até ao receber doação a Bolívia afronta o Brasil.

Guizmo
Guizmo
6 anos atrás

Esse Celso Amorim tem cara, jeito e atitudes de um perfeito banana. Já era assim no Itamaraty e agora no MD. Imagina se o Jobim iria deixar um troço desses, era capaz de morder os cachorros.

Marcos
Marcos
6 anos atrás

E chegaram a trocar o Embaixador brasileiro na Bolívia!!!

Marcos
Marcos
6 anos atrás

E depois da Bolívia ter tomadas as unidades da Petrobras, adivinha o que ELES vão fazer?

Pois é, tem planos de botar mais dinheiro lá!!!!

ci_pin_ha
ci_pin_ha
6 anos atrás

Guizmo
Concordo, Jobim não aceitaria isso nunca.
Mas colocaram esse _____________ para substitui-lo

EDITADO

Vader
6 anos atrás

Ora, falar o que nessa hora?

A coisa é ainda pior do que pensávamos: o Min Def foi à Bolívia para doar NOSSOS helicópteros, que aliás poderiam estar sendo usados por inúmeras forças policiais desse país para o combate ao crime e ao narcotráfico.

Isso que dá alimentar cobra.

Governo %$#@#*&¨&#$@!

Baschera
Baschera
6 anos atrás

joao.filho disse:
16 de julho de 2013 às 12:05
Off topic:
Avião explode ao tentar decolar no Aeroporto de Manaus Segundo a Infraero, três pessoas morreram no acidente.
Alguem tem mais dados?

Sim. Leia em :

http://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2013/07/sobe-para-tres-mortos-numero-de-vitimas-de-explosao-de-aviao-no-am.html

PS: A aeronave em questão é um bimotor BE-58 (Beechcraft 58 Baron).

Sds.

Baschera
Baschera
6 anos atrás

O pneu furou:

“Avaliação positiva do governo ” cai para 31,3%, há um mês era de 54,2%.

Sds.

Requena
Requena
6 anos atrás

Depois que eu falo que esse sujeito é um borra botas, tem gente que reclama…

maxi47
maxi47
6 anos atrás

Amigos,pero no mucho.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
6 anos atrás

Amigos,

Quem votou e colocou essa corja no poder foi o povao ignorante e os pseudo-intelectuais antiamericanos.

O Brasil esta comecando a baixar da escada. Se nao fosse pela iniciativa privada e pela infra-estrutura montada pelos militares da revolucao de 64 o Brasil ja estaria no mesmo patamar que Cuba.

E se bobear esse “governo” vai acabar promovendo o Brasil a membro permanente no asento Conselho da Latrina Americana.