terça-feira, setembro 21, 2021

Gripen para o Brasil

Dilma repudia ‘constrangimento’ imposto a Evo Morales por impedimento a voo

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Evo Morales Jet

vinheta-clipping-aereo Em nota oficial publicada nesta quarta-feira (3), a presidente Dilma Rousseff manifestou “repúdio e indignação” ao constrangimento imposto ao presidente da Bolívia, Evo Morales, por ter tido o sobrevoo do seu avião presidencial boliviano impedido no seu espaço aéreo de alguns países europeus.

Segundo a nota, o constrangimento não atinge somente a Bolívia, mas a toda América Latina, comprometendo o diálogo entre os continentes e possíveis negociações entre eles. Dilma ainda afirma que encaminhará iniciativas em todas as instâncias multilaterais para que situações como essa nunca se repita.

O avião oficial que leva Evo Morales da Rússia de volta a seu país decolou do aeroporto de Gran Canária, na Espanha, rumo à capital boliviana, La Paz, após uma escala de pouco mais de uma hora, no início da tarde desta quarta (horário de Brasília).

A aeronave, que saiu de Moscou, ficou retida em Viena, na Áustria. França, Portugal, Itália e Espanha proibiram que o avião de Morales entrassem em seu espaço aéreo, segundo a Bolívia, pelo temor de que transportasse o americano Edward Snowden, acusado de espionagem por Washington por ter revelado um programa de espionagem das comunicações a nível global do governo de Barack Obama. Paris, Lisboa e Roma retiraram os vetos algumas horas depois.

Unasul condena atitude contra Morales

Chefes de Estado do bloco sul-americano Unasul (União de Nações Sul-Americanas) rejeitaram energicamente o desvio que o avião que levava o presidente boliviano foi obrigado a fazer na Europa e exigiram explicações para este ato “inamistoso e injustificável”.

Em comunicado do governo peruano, que detém a presidência rotativa do bloco, os líderes da Unasul expressaram seu ultraje e indignação pela recusa da França e de Portugal de permitir que o avião de Morales pousasse nos territórios desses países na terça-feira.

A secretaria-geral da Unasul considerou estranho que países europeus tenham negado permissão a Morales para sobrevoar seu espaço aéreo, ao recordar que a União Europeia (UE) manifestou preocupação com espionagem do governo dos Estados Unidos revelada por Edward Snowden.

“É estranho que este fato aconteça quando todos os governos da União Europeia manifestam preocupação com o alcance do programa de espionagem do governo dos Estados Unidos sobre suas populações”, afirmou o secretário-geral da Unasul, o venezuelano Alí Rodríguez, em um comunicado divulgado em Quito, sede do organismo regional.

A secretaria também critica a “perigosa atitude assumida por França e Portugal, ao cancelar intempestivamente a permissão de sobrevoo” do avião de Morales, que retornava a La Paz depois de participar em Moscou no Fórum de Países Exportadores de Gás.

Rodríguez confirmou o envio aos presidentes dos países membros da Unasul de um pedido do Equador para uma reunião “urgente”, que pretende analisar o caso.

Confira a íntegra da nota presidencial:

O governo brasileiro expressa sua indignação e repúdio ao constrangimento imposto ao presidente Evo Morales por alguns países europeus, que impediram o sobrevoo do avião presidencial boliviano por seu espaço aéreo, depois de haver autorizado seu trânsito.

O noticiado pretexto dessa atitude inaceitável – a suposta presença de Edward Snowden no avião do Presidente –, além de fantasiosa, é grave desrespeito ao Direito e às práticas internacionais e às normas civilizadas de convivência entre as nações. Acarretou, o que é mais grave, risco de vida para o dirigente boliviano e seus colaboradores.

Causa surpresa e espanto que a postura de certos governos europeus tenha sido adotada ao mesmo momento em que alguns desses mesmos governos denunciavam a espionagem de seus funcionários por parte dos Estados Unidos, chegando a afirmar que essas ações comprometiam um futuro acordo comercial entre este país e a União Europeia.

O constrangimento ao presidente Morales atinge não só à Bolívia, mas a toda América Latina. Compromete o diálogo entre os dois continentes e possíveis negociações entre eles. Exige pronta explicação e correspondentes escusas por parte dos países envolvidos nesta provocação.

O governo brasileiro expressa sua mais ampla solidariedade ao presidente Evo Morales e encaminhará iniciativas em todas instâncias multilaterais, especialmente em nosso continente, para que situações como essa nunca mais se repitam.

Dilma Rousseff
Presidenta da República Federativa do Brasil

FONTE: UOL

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

23 Comments

Subscribe
Notify of
guest
23 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Justin Case

Amigos, São dois problemas distintos, e acho que temos que separar bem esses dois. Um deles é a invasão da privacidade dos cidadãos pelo governo americano. Como princípio, é condenável, mas há a atenuante da atitude ter sido tomada em prol da segurança nacional. O outro problema é um agente do Estado divulgar para a imprensa algo que estava protegido por sigilo e que tomou conhecimento por função de ofício. Isto é crime grave e merece ser punido conforme a lei, no país em que ocorreu. Certamente o Sr. Snowden não foi torturado e forçado a trabalhar naquele setor e… Read more »

Guizmo

Parabéns à Dilma e ao Itamaraty que, como bons paus mandados que são, obedeceram direitinho o que o Evo lhes ordenou fazer.

Guizmo

A questão de ser legal ou ilegal a ação europeia para mim não importa muito. O pior, o que mais me enerva, é que a carta de repúdio à ação europeia não foi tênue, do ponto de vista diplomático.

Poderia ter sido feito um texto menos agressivo, que repudiasse a ação, mas que não fosse tão em conformidade com o que o Evo “exigiu”. Isso me dá nojo, isso me dá raiva de ser representado por esse governo esquerdocrata medíocre que não sabe como agir em situação alguma.

Justin Case

Poggio,

Não conheço esse detalhe que você comentou.
Em todos os casos em que seja necessário solicitar uma autorização de sobrevoo, no entanto, quem pergunta tem que estar preparado para ouvir uma resposta afirmativa ou negativa.
Abraço,

Justin

Vader

E alguém tinha dúvidas que o governo do PT atenderia às ordens do seu companheiro de Foro de São Paulo?

Eu não tinha nenhuma. Achei até que demorou.

joao.filho

Já basta com essa politicagem, cavalheiros. Morales ou não, o fato é que o que ocorreu foi um gravissimo ataque a lei internacional e decorum diplomático. Como gostariam se o mesmo ocorresse com o Presidente do Brasil, seja esse de direita ou esquerda? Existem coisas que não se fazem. Se não for assim, pra que direito internacional??? Esse negocio de PT, direita ou esquerda nao aplica nesse caso. Podem detestar o Morales, a Dilma, o Maduro e etc, mas o que é errado é errado, e ponto.

Ozawa

Blá, blá, blá… O que a Bolívia e o Brasil farão além disso ? Impedir o sobrevôo dos aviões presidenciais da França, de Portugal, em seus países, em sinal de retaliação ? Enviarem caças de suas portentosas Forças Aéreas para escoltarem os respectivos aviões presidenciais em espaço aéreo estrangeiro e protegerem suas rotas mesmo em caso de negativa ? Ora, que a Bolívia e o Brasil calem suas bocas cheias de línguas mas totalmente sem dentes ! No plano internacional você vale quanto pesa ! E a citada surpresa e dúvida da nota da Unasul é de uma ingenuidade atroz… Read more »

joao.filho

“um avião de um reconhecido cocaleiro.” No que se trata de coca e Bolivia, sugiro um livro que estou quase terminando, se chama “The Big White Lie”, escrito por Mike Levine, agente de carreira da DEA. Durante os anos 80, enquanto a DEA investigava e prendia imensos traficantes internacionais, a CIA os soltava pouco depois, chegando ate a armar um golpe, aqui conhecido como “The Cocaine Coup”, o qual transformou a Bolivia numa narco ditadura. Muito intereesante leitura.

Ozawa

O que a Dilma devia repudiar com veemência e agir com autoridade proativa, não é o avião presidencial da Bolívia ser impedido de sobrevoar o espaço aéreo de Portugal ou da França, mas de uma criança boliviana ser impedida de viver em solo brasileiro, ou em qualquer solo, seja de Portugal ou da França, por um bandido brasileiro sanguinário, que sabe bem o país em que vive, e na eventualiadade de ser preso, não permanecer mais de 4 anos efetivamente segregado da sociedade… Ora, o Morales só foi impedido de sobrevoar um espaço aéreo…, lá…, e o Bryan foi impedido… Read more »

joao.filho

Eu li isso do menino boliviano no site do Globo, e fiquei tao revoltado que tive que fechar o browser. O outro dia tambem li sobre um pobre pai, que foi alvejado ao sair do banco, deixando dois filhos pequenos sem pai. Que coisa e essa? Uma violencia sem precedentes, que nao tem pena de ninguem no Brasil. Nao conheco mais meu país.

Ivan

Curiosamente nesta trapalhada (de novo) dos diplomatas e espiões norte americanos o que menos importa é o tal Snowden. A questão é que um avião presidencial em missão diplomática, com o presidente desta nação a bordo, foi impedido de sobrevoar e/ou ser reabastecido no seu voo de VOLTA. Pouco importa este Chefe de Estado ser um populista cocaleiro. É o Chefe de Estado da Bolívia reconhecido pela ONU. Houve sim uma violação da diplomacia internacional, senão até mesmo das leis (haverá que pesquise e divulgue isso nas próximas horas). Se o avião fôsse Chinês as medidas seriam as mesmas? Duvido… Read more »

Rafael M. F.

Ozawa disse:
3 de julho de 2013 às 19:23

joao.filho disse:
3 de julho de 2013 às 19:32

Por essas e outras que sou a favor de uma reforma penal que contemple a pena re prisão perpétua com trabalhos forçados além da “menoridade penal flexível”, que qualificará a pena de acordo com o crime, e não com a idade do infrator.

Assim, um calhorda como esse que assassinou o menino boliviano, a dentista, a criança de 2 anos nos braços do pai, seria permanentemente eliminado da sociedade. Reclusão permanente.

MAD DOG

Sinceramente, vamos parar com esse devaneio de democracia por aqui, a vida é mais ou menos assim, os meus direitos terminam onde começam os seus, ou seja, ORDEM, PROGRESSO E O RESTO!!! Acham mesmo, que a política de alguns países aqui dessas bandas, são mesmo levadas a sério por Nações sérias, sérias por que colocam seus interesses em primeiro lugar, só por isso. A vida é assim e isso é um fato. Um Evo Morales, falecido Chaves, Dilma, Lula, Fidel, Cristina, etc, são tolerados até a página 2, mas na hora “H”, o que vale mesmo é a seriedade e… Read more »

ricardo_recife

Dentro de três dias ninguém, fora os bolivarianos de plantão, vão se lembrar disto. Em política internacional a Bolívia vale tanto quanto o Haiti, ou seja, nada! Se o direito internacional fosse esta Brastemp toda nunca teria havido a guerra do Afeganistão, os ataques de Vants no território afegão e Paquistão, as guerras fraticidas na África, a morte de Osama Bin Laden, a libertação do Kosovo, os ataques aéreos a Líbia e um quatrilhão de outras coisa. Algumas muito boas por sinal! Quem sente pena do Kadafi ou do Saddam terem ido desta para acabarem no braços de 73 virgens?… Read more »

Yluss

OBA!

“… indignação pela recusa da França e de Portugal de permitir que o avião de Morales pousasse nos territórios desses países na terça-feira.”

Isso significa que a França enterrou a última chance de termos le Jaca aquí?

Então o incidente foi muito oportuno! 😀

Sds

Colombelli

Dilma que vá cuidar dos problemas internos: da economia em queda, da corrupção, do clientelismo e o desgoverno que ela e o chefe criaram ou esponencializaram e pare de arrumar mais furadas na política externa como fez o dono e chefe dela no incidente com o Irã.

Dilma calada é uma poeta.

Max

Ricardo,
Eu praticamente já tinha esquecido da invasão da nossa refinaria com tropas do exercito Boliviano e o discurso do Evo contra nosso “imperialismo”. Lembro da bandeira brasileira sendo retirada do mastro e de toda a alegria do povo Boliviano festejando o assalto.

Só não lembro de nenhum discurso do governo Brasileiro condenando a ação . O lula chegou até a dizer que eles tinham “direitus”.
Parece que para certas ideologias não existem nações mais sim interesses ( escusos) comuns, e ainda falam de patriotismo…

Marine

Infelizmente o Brasil eo Itamaraty nao dao uma dentro hein. Nunca vi tamanha ideologia cega e uniao a “pariah and banana republics”. Agora com relacao a Snowden, ainda nao vi ninguem na midia America ou internacional que relamente sabe da tecnologia e os procedimentos envolvidos nesse caso da NSA. O que se tem vomitado mundo afora e equivalente a sapiencia do Roberto Godoy sobre defesa… Mas tudo bem segue o enterro, seguem as teorias de conspiracao, segue a desinformacao e conclusoes falhas baseadas na combinacao dos dois. “Is the NRA surveillance of telephone records illegal? No, it has been authorized… Read more »

eduardo pereira

Falso patriotismo dessa corja de cumpanheirada que deixa tomarem uma refinaria nossa a força e nao fazem porcaria nenhuma pra retoma-la e agora passam a maozinha na cabeça( alias obedecem a exigencia de pronunciamento feito pelo Momo) do bichim.
Ricardo,Mad Dog e Ozawa estou com ambos em seus respectivos comentarios.
Sds.
Eduardo o aprendiz.

Marcos

Tempos atrás um avião presidencial foi retido em um aeroporto para pagamento de dívidas. Ninguém abriu a boca.

Mayuan

Pena que ao invés de negarem entrada no espaço aéreo não se fizeram de surdos pra depois derrubar essa praga alegando que era invasor do espaço aéreo….

Últimas Notícias

Pintura comemorativa nas aeronaves da RSAF no 91º Dia Nacional da Arábia Saudita

O 91º Dia Nacional da Arábia Saudita contou com a apresentou das aeromaves Eurofighter Typhoon, Tornado, F-15C Eagle e...
- Advertisement -
- Advertisement -