Home Indústria Aeroespacial Embraer negocia mais seis projetos para Évora e está recrutando

Embraer negocia mais seis projetos para Évora e está recrutando

248
3

Além de partes dos jatos Legacy e do avião militar KC-390, peças das aeronaves Embraer 170 e Embraer 190 vão ser construídas nas fábricas portuguesas. E há mais três frentes de trabalho na calha.

Margarida Fiúza

Évora - foto via MSN notícias Portugalvinheta-clipping-aereo“Existem seis novas frentes de trabalho em negociação com a Embraer para fabricarmos em Évora, entre as quais algumas peças do Embraer 190, do Embraer 170 e algumas atividades do Legacy 650.

São peças que ainda dependem de desenvolvimento e devem entrar em produção no início do próximo ano. E há três outros projetos que poderão vir a ser fabricados em Évora”, revela Paulo Marchioto, presidente da Embraer em Portugal.

Para acompanhar esta aceleração na produção, a empresa está a recrutar mais 80 pessoas, sobretudo através do IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional (em Setúbal e Évora), prevendo chegar a um total de 180 trabalhadores até ao final do ano.

FONTE: Expresso

NOTA DO EDITOR: foi mantida a grafia original do texto do jornal português, mas adaptamos a grafia do título ao português escrito no Brasil.

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
7 anos atrás

Parabéns à EMBRAER que firmase cada vez mais como Player global não apenas no mercado da aviação civil como também no mercado de defesa. E ao fincar bem firme os seus pés na Europa coloca-se em condições ímpares para oferecer seus produtos e serviços para empresas e governos do velho continente. Oxalá que a filial americana tenha também sucesso ao adentrar no maior mercado de defesa do mundo.

Marcos
Marcos
7 anos atrás

A Embraer fincou pé em três locais distintos do Globo: Europa, EUA e China.

Gilberto Rezende
Gilberto Rezende
7 anos atrás

Qual a participação da Embraer Portugal no KC-390 ?

Menos de 4,5 % para sobrar algo para as empresas 100% lusitanas…

E tem MUITA gente que acredita nesta mentira…

Embraer Portugal, fácricas e centros com tecnologia brasileira desenvolvida e financiada pelos contribuintes brasileiros e paulistas e exportada de graça para a União Europeia a troco de incentivos fiscais.

Nada como um multinacional brazuca.