Adidos militares no Chile conhecem aeronaves da II Brigada Aérea - foto FACh

Em 5 de junho, os “Agregados Aéreos y de Defensa” (adidos militares) de diversos países que cumprem funções no Chile tiveram a oportunidade de visitar a II Brigada Aérea da Força Aérea do Chile (FACh), na Base de Pudahuel. Recebidos pelo comandante da unidade, gerneral de Brigada Aérea (A) René Sánchez Díaz, assistiram a exposição do comandante de Grupo (TI) Gonzalo Cárdenas, visitando também o hangar estratégico.

Adidos militares no Chile conhecem aeronaves da II Brigada Aérea - foto 2 FACh

Adidos militares no Chile conhecem aeronaves da II Brigada Aérea - foto 4 FACh

A II Brigada Aérea executa operações aerotáticas, de Defesa Aérea e apoio administrativo e logístico, tendo também a seu cargo o Serviço de Busca e Salvamento Aéreo que coordena as atividades em sua região (entre Vallenar e Los Ángeles). Sua principal tarefa é o transporte estratégico institucional, assim como a execução de operações aéreas de resgate e ajuda à comunidade em âmbito nacional e internacional. Também é a sede da Escola de Pilotos de Helicópteros e da Escola Tática de Defesa Antiaérea, tendo também a responsabilidade de treinar as Forças Especiais da FACh.

Adidos militares no Chile conhecem aeronaves da II Brigada Aérea - foto 3 FACh

FONTE / FOTOS: Força Aérea do Chile (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em espanhol)

NOTA DO EDITOR: o Grupo de Aviação nº9 da FACh, que opera helicópteros Bell 205 (UH-1H), Bell 206B (JetRanger) e Bell 412 faz parte da II Brigada Aérea, e foi tema de reportagem na revista Forças de Defesa número 7.

VEJA TAMBÉM:

Tags: , , , ,

Quem é Fernando "Nunão" De Martini

Veja os posts de Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

4 Comentários para “Adidos militares no Chile conhecem aeronaves da II Brigada Aérea da FACh”

  1. Guilherme Poggio 16 de junho de 2013 at 12:07 #

    O KC-135 do Chile é daquela versão com os motores antigos, assim como os nossos KC-137 (aliás, a principal diferença entre ambos é que o KC-135 já nesceu aeronave de reabastecimento enquanto o KC-137 é uma conversão do 707).

    O Chile terá problemas em usar esses aviões em determinados aeroportos/regiões de países desenvolvidos, que não permitem mais o emprego de turbojatos.

  2. Fernando "Nunão" De Martini 16 de junho de 2013 at 12:12 #

    Poggio,

    Já me disseram que, na verdade, não são tecnicamente turbojatos que equipam os KC-135 não modernizados, mas turbofans de primeira geração. O que não muda a questão do barulho que fazem, poluição etc, que impede seu uso em determinados aeroportos.

    Para utilizá-los em exercícios conjuntos aqui na América do Sul, seria interessante saber se têm o kit para adaptar cesta no Flying Boom.

  3. Guilherme Poggio 16 de junho de 2013 at 13:09 #

    Putz, caí nesse erro novamente!

    Nunão, imagino que os KC chilenos tenham sim. Caso contrário não daria para reabastecer os F-5 deles.

  4. Fernando "Nunão" De Martini 16 de junho de 2013 at 14:09 #

    Verdade, tinha esquecido dos F-5! Acho que esqueci porque devem dar baixa logo…

    Mas creio que a FACh ainda tem em operação B707 “Águila” para REVO com sistema Probe and Drogue (cesta).

    O fato é que tiveram que adquirir KC-135 não porque não tivessem aviões-tanque, mas porque os que tinham não serviam para o F-16.

Deixe um Comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Embraer assina venda de até 34 E-Jets adicionais para o Grupo Air France/KLM

Em nota à imprensa divulgada nesta segunda-feira, 30 de março, a Embraer anunciou o pedido firme da KLM Cityhopper, subsidiária regional […]

‘F/A-27 Horker’ ou ‘Su-18 Flankornet’?

Falando em aeronaves de esquadrões do tipo “aggressor” da Marinha (USN) e do Corpo dos Fuzileiros Navais (USMC) dos Estados […]

Pagamento do governo pelo cargueiro militar preocupa Embraer

O fluxo de pagamento por parte do governo em relação ao desenvolvimento do cargueiro militar KC-390 ainda é uma preocupação […]

Defesa terá peso menor na Helibras

Virgínia Silveira A fabricante de helicópteros Helibras pretende alcançar em 2015 a meta de fazer com que o faturamento do […]

Entra ano, sai ano, e o F-5 não sai da USN

O Jacksonville Business Journal noticiou, em 26 de março, que a Northrop Grumman Systems Corp. de St. Augustine (Flórida – […]

Airbus Helicopters seleciona parceiro na Coreia do Sul para desenvolvimento de helicópteros leves civis e armados

Seul, março de 2015 – A Airbus Helicopters irá se unir à Korea Aerospace Industries para o desenvolvimento de duas […]