terça-feira, outubro 19, 2021

Gripen para o Brasil

Array

Em voo baixo A-10 atinge cabos, mas piloto escapa com segurança

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A-10 da Weapons School de Nellis em exercício de emprego de armas - foto 3 USAF

Um jato de ataque A-10 Thunderbolt II da USAF atingiu dois cabos de proteção sobre uma linha de transmissão que cruza o lago Stockton na última quarta-feira pela tarde.

Danielle Johnston, porta-voz da 442 Ala de caças da “Air Force Reserve”, da Base Aérea de Whiteman, confirmou que dois aviões A-10 voam juntos quando um deles atingiu os cabos próximos à cidade de Bona.

Johnston disse que o piloto não se feriu e voltou em segurança para a base. O piloto realizava voo de treinamento de navegação a baixa altitude e foi excluído de voos subsequentes até que a investigação termine.

“Os danos causados à aeronave não foram estimados ainda”, disse Johnston em um email. “O evento está sob investigação de acordo com as normas da Força Aérea”.

Ted Hilmes, chefe de operações da concessionária de energia elétrica KAMO, disse que o jato atingiu dos cabos estáticos feitos de alumínio e cobre e que não transmitem energia, mas ajudam a proteger as linhas de transmissão contra raios.

A-10 atinge cabos em voo baixo - fot news leader

FONTE: news-leader  (tradução e adaptação do Poder Aéreo a partir do original em inglês)

NOTA DO EDITOR: felizmente nada aconteceu com o piloto e a aeronave pôde retornar para a base, mas recentemente aqui no Brasil um caça A-1 da FAB colidiu com cabos de energia sobre uma represa, terminando em um trágico acidente. Estes são um dos riscos das missões a baixa altitude.

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

7 Comments

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nick

O A-10 é “Chuck Norris” das aeronaves de combate. 🙂

[]’s

Galeão Cumbica

Será que nao tinhas as linhas de transmissão na carta, talvez a USAF vai ter que pegar com a Inglaterra tb este mapeamento!

Shit happens! here, there, everywhere!

sds
GC

glaison

Então seria algo possível, para proteger determinado local, cerca-lo com torres interligadas por cabos desse tipo a fim de forças aeronaves de ataque a voarem mais alto e tornarem-se mais expostas?

Se fosse real, já teria interceptado duas aeronaves recentemente.

Galeão Cumbica
joseboscojr

Glaison,
Na verdade essa sua ideia não é nova. Na SGM usou-se em toda a Europa (principalmente em Londres) os balões de barragem, que protegiam uma área com cabos de balões cativos onde os bombardeiros podiam se chocar, obrigando-os a voarem mais alto. Foram úteis até contra os V1.
Mais recentemente sabe-se que no Vietnã uma linha de transmissão no norte foi responsável pela queda de centenas de aviões e helicópteros americanos.
Os radares de nova geração dos atuais caças que operam no modo seguimento e evitamento do terreno devem ser capazes de detectar esses cabos.

Guilherme Amorim

Kkkkkkk, Nick, ótimo comentário……o A10 deve ter levado até o poste pra base de volta, amarrado na fuselagem

[…] Em voo baixo A-10 atinge cabos, mas piloto escapa com segurança […]

Últimas Notícias

FAB realiza enlaces de dados entre aeronaves usando o LINK-BR2 pela primeira vez

Os voos foram realizados durante a execução da Operação Íris, como foi denominada a segunda fase de ensaios de...
- Advertisement -
- Advertisement -