Home Noticiário Internacional Uruguai recebe oferta de caças Sukhoi Su-30

Uruguai recebe oferta de caças Sukhoi Su-30

856
59

su-30mk

A Força Aérea do Uruguai (FAU) admitiu que recebeu a oferta de 18 caças Sukhoi Su-30, embora tenha pedido cotação para apenas 6 aeronaves. A FAU está avaliando também a aquisição de jatos K-8 chineses, o novo L-15, o JF-17, os tchecos L-159 e L-39ZO, o M-346 e o russo Yak-130.

A possível aquisição dos caças Su-30 pelo Uruguai esbarra no alto custo da hora de voo da aeronave: 12.500 dólares.

FONTE: Javier Bonilla/Uruguai

59
Deixe um comentário

avatar
57 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
26 Comment authors
Vadercristiano.grGuilherme PoggioRequenaci_pin_ha Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Vader
Visitante
Member

Tomara… mas não vai rolar.

Quem já esteve no Uruguay sabe porque…

Corsario137
Visitante
Corsario137

Exatamente.

Corsario137
Visitante
Corsario137

Melhor opção para o Uruguai seria 6-8 F-16 de segunda mão, no estilo FaCh. Isso se eles conseguirem pagar por isso.

indioinformatico
Visitante
Member
indioinformatico

Na realidade ,trata-se de antigos SU-30, quase Su 27 modernizados, os primeiros 18 propostos à Ïndia 11 anos atrás, ou seja nada tao barato. Talvez quando chegue a nova séire mais económica do Yak-130, comercio exterior mediante, possa vingar,e com muitas dificuldades….

Clésio Luiz
Visitante
Active Member
Clésio Luiz

A hora de voo por 12.500 dólares, só se for na Rússia. Esse dinheiro mal deve dar para colocar as 9 toneladas de combustível que cabem dentro dele.

Roberto F Santana
Visitante
Member
Roberto F Santana

Não seja por isso.
Angola, Vietnam, Eritreia, Etiópia e outros nada ricos operam o avião.
E o exemplo inverso, o próprio Brasil, que é rico e opera uma frota de F-5s.
Não é impossível mas pouco provável.
Pelo tamanho do país, valeria a pena jogar fora todo o resto dos aviões, e ficar só com um esquadrão de Sukhois.

Corsario137
Visitante
Corsario137

Roberto,

Angola e os demais citados possuem uma história de conflitos que justificam eles possuírem (no caso de Angola os Su estão desativados), o que não é o caso do Uruguai. Quem é a ameaça do Uruguai? A Argentina com seus A4? o Paraguai? o Brasil?

Roberto F Santana
Visitante
Member
Roberto F Santana

Prezado Corsario137,

O fato de um país estar em conflito ou sob ameaça não o faz mais rico que outros.
O ponto, que no meu entender seria interessante para o Uruguai, seria o prestígio.Ter Sukhois, é quase a mesma coisa, repito, é quase a mesma coisa que ter a bomba atômica.
Externamente impõe reispeito e soberania, internamente gera segurança e uma tremenda inspiração moral e cívica na população.
Não é dinheiro jogado fora, é investir no país.

Corsario137
Visitante
Corsario137

Roberto, Mas rico não o faz, porém claramente muda o prioridade dos gastos em defesa. No mais, fica uma questão de ponto de vista. Para mim, conhecendo o que é o Uruguai, adquirir um Sukhoi ou um F-15 é uma gastança de dinheiro que não faz sentido num país pobre, sem ameaças e muito menos intenções expansionistas ou de dissuasão regional. Veja o caso de Angola, país que conheço bem. Eles groundearam seus Sukhois por conta do custo de manutenção. Em 2001 os Sukois angolanos estavam operacionais e o país ainda estava em guerra. Hoje, o país tem um PIB… Read more »

Roberto F Santana
Visitante
Member
Roberto F Santana

Prezado Corsario137,

Por favor confirme a informação sobre Angola.

http://www.xairforces.net/airforces.asp?id=2

Corsario137
Visitante
Corsario137

Caro Roberto,

Os dados do site estão desatualizados. Não posso confirmar todos mas alguns:

Os Su-27 estão no chão por falta da manutenção. Angola os tem mais eles não voam.

Os Gazelle foram tirados de serviço já faz 2 anos.

No transporte VIP, não constam 3 Falcon7x adquiridos nos últimos anos.

Ainda nos helicópteros, não constam também os AS332 L2 e AS365N3 repassados da SonAir para a Casa Militar no último ano.

thomas_dw
Visitante
thomas_dw

Para complementar o delírio da oferta, falta oferecer também 108 T-90, 216 BMP-3, 32 Pantsir e 3 baterias S400.

virgilio
Visitante
Member
virgilio

Ei thomas_dw pegando um ganho

É que faltou o TOPOL-M, rsrsrs….

Mas serio seria uma ótima aquisição dos Uruguaios,apesar de eu ter um pé atras em relação aos armamento Russos.

Observador
Visitante
Observador

Senhores, A compra não vai acontecer. O Uruguai tem um governo de esquerda. E, como estamos ficando carecas de saber (eu pelo menos), governo de esquerda só tem discurso para as FAs. Na prática é bem diferente. Basta ver nosso FX-2. E depois, é uma compra sem critério. Como todos sabem, é preciso bem mais do que apenas comprar os aviões para ter um esquadrão destas aves operacional. A FAU, que eu saiba, nunca teve uma aeronave supersônica em seu inventário. Então não possui doutrina, equipes de manutenção e nem mesmo treinadores avançados para preparar os pilotos para os Sukhoi.… Read more »

Almeida
Visitante
Member
Almeida

Se a gente fechasse aquela parceria de produção do Yak-130 com os russos, poderíamos estar com este mercadinho na mão. Se a gente tivesse continuado a parceria com os italianos desde o AMX, poderíamos oferecer o M-346. E se estivéssemos seriamente preocupados em substituir nossa espinha dorsal de F-5 por um mix high-low condizente com nossa condição economica e geopolitica, poderíamos estar montando e entregando T/TA/FA/F-50. Mas não né? Além de abrir as pernas para que qualquer republiqueta latrino americana nos intimide e ganhe, ainda perdemos a oportunidade de realmente nos impor naturalmente como o imperio do mal do sul… Read more »

aldoghisolfi
Visitante
Member
aldoghisolfi

Entendo que, realmente ao Uruguai não cabe comprar os Sukhoi.

Muito melhor, por exemplo, o M 346 que, com um custo muito mais em conta, não causaria maiores transtorno com o suporte e a logística para manutenção de uma disponibilidade eficiente, o que NUNCA aconteceria com os Sukhoi.

É um país no qual podemos confiar e estabelecer parcerias. O bolivarianismo deles não vai durar muito.

Almeida
Visitante
Member
Almeida

Nossa, poderíamos até estar oferecendo Mirage 2000-5 pros uruguaianos, se alguma coisa fosse levada a sério neste país!

Alfredo Araujo
Visitante
Alfredo Araujo

“Almeida disse:

Se a gente fechasse aquela parceria de produção do Yak-130 com os russos, poderíamos estar com este mercadinho na mão.”

Se vender Super Tucano está dificil, imagina vender Yak-130…
A Embraer ta dando uma de galinha. De grão em grão ta enchendo o papo…

Augusto
Visitante
Augusto

Vader disse: 10 de maio de 2013 às 13:41 Já estive no Uruguai por duas vezes e confesso que não vejo o porquê de aquele país não poder operar os SU-30. Como receita regular, o Estado uruguaio ganha bastante dinheiro com turismo de alto nível, em lugares como Punta del Este, Colônia e, em menor proporção, Montevidéu. Ademais, é bom lembrar que o Uruguai é paraíso fiscal e lá existe MUITO dinheiro que não está no script. Se países derrubados operam essas aeronaves, não vejo o porquê de o Uruguai – que não é Estado miserável – não o fazê-lo… Read more »

Vader
Visitante
Member

Augusto disse: 10 de maio de 2013 às 17:04 Parceiro, afora o fato de que qualquer um (especialmente um uruguaio) se perguntaria o que tal país faria com caças avançados de 4a geração, fazendo fronteira com dois países aliados e bolivarianos e com o Oceano Atlântico, a FAU opera Pucará e Dragonfly. Até outro dia atrás nem cobertura de radar no país inteiro os caras tinham, e só montaram a mesma por conta da ajuda brasileira. Em qualquer fórum uruguaio de defesa o grande sonho dos caras é ter um caça como um F-5E, para eles finalmente entrarem na era… Read more »

Corsario137
Visitante
Corsario137

Augusto,

Primeiro que quem investe em turismo mesmo no Uruguai é a iniciativa privada. O governo favorece criando e mantendo uma infraestrutura favorável, o que ele precisa, já que juntamente com a agricultura, o turismo é um dos principais geradores de divisas para o país.

O Uruguai não é miséravel, porém tão pouco, está com dinheiro saindo pela culatra.

Roberto F Santana
Visitante
Member
Roberto F Santana

Prezado Corsario137, Compreendo. Porém reafirmo, é perfeitamente possível o uso de um esquadrão de 18 aeronaves, desde que se conservasse somente aeronaves para o treinamento primário como os Aermacchi SF.260, e o treinamento mais avançado a princípio na própria Russia. Já tive a oportunidade de conhecer Montevidéo, sinceramente, eu não diria que o lugar é a capital de um “país pobre”. E já que você se interessa pelos Sukhoi e conhece a África, recomendo um livro que recentemente me chegou às mãos e que só tive tempo de folhear, mas percebe-se pelas fotos, que são muitas, que o Sukhoi é… Read more »

Corsario137
Visitante
Corsario137

Apenas para comparação, o PIB do Uruguai hoje é aproximadamente a metade do PIB do Estado do Paraná e 1/3 do Rio Grande do Sul.

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Eu já colocado aqui esta notícia dias atrás…..

A versão oferecida é o Su-30K (versão de exportação do Su-27).

Os russos, ao menos que eu não tenha lido, não confirmaram a versão que está corrente em fóruns e blogs que seria aqueles devolvidos pela Índia.

Este valor da hora de vôo é compatível com a aeronave ?? Não sei se se pode confiar… mas é exatamente o que o DIRMAB dispôs recentemente como custo da hora de voo dos F-5EM da FAB.

E finalmente …o Uruguay é um belíssimo local de passeio ou badalação para quem quiser conhecer !

Sds.

Corsario137
Visitante
Corsario137

Caro Roberto,

Obrigado pela dica. Recentemente ganhei um livro sobre a história dos Helis russos (em inglês) e estou de boca aberta até agora com o que os caras conseguiram fazer, com os recursos que tiveram, na época que foi. Temos que tirar o chapéu para esses homens.

E muito obrigado pela indicação do livro. Já está na minha wishlist!

Roberto F Santana
Visitante
Member
Roberto F Santana
Almeida
Visitante
Member
Almeida

Olha, visitar o Uruguai como turista e achar tudo lindo é fácil. É como vir ao Rio de Janeiro e ficar hospedado na Zona Sul, indo do Corcovado pro Pão de Açúcar, comendo em restaurante na beira da praia de Ipanema, etc. Tudo lindo, tudo rico. Agora, vai lá na Baixada Fluminense pra você ver… Presta atenção no que está envolta da linha vermelha, que liga o aeroporto internacional ao centro da cidade… Ainda como comparação, recentemente fui fazer turismo em Buenos Aires. Que cidade linda! Que povo educado! Quanta riqueza! Nem parece que estão num dos piores períodos economicos… Read more »

Observador
Visitante
Observador

Para o Uruguai seria muito melhor comprar uns bandeirulhas para patrulhamento marítimo ou algo do gênero, bem como algum avião de treinamento/ataque leve para substituir os Dragonfly. Até o Pampa argentino seria melhor.

Quanto a aviação de caça, os F-5 chilenos não iam para o Uruguai?

Gilberto Rezende
Visitante
Member
Gilberto Rezende

1) O Uruguai mais forte é interesse do Brasil e da Unasul. E mais um participante na CRUZEX; 2) A oferta russa pode ser um plano de pressão e envolvimento sobre o Brasil que ainda não definiu o FX-2; 3) O Uruguai tem dois projetos em andamento que PODEM transforma-lo numa versão sul-americana dos EAU ou Kuweit: a) um mega porto oceânico/ferrovia construido pelos chineses nos moldes do novo porto de Xangai para exportação de bauxita e minério de ferro de jazidas da Rio Tinto na América do Sul. b) uma estatal de petróleo binacional criada por tratado com o… Read more »

HMS TIRELESS
Visitante
Member
HMS TIRELESS

Aí você acordou e viu que o “Brasil – PuTênfia” era exatamente o que é: Uma fantasia..rs!

Corsario137
Visitante
Corsario137

Gilberto,

Se os chineses estão fazendo um investimento tão grande assim, acho que seria mais lógico eles optarem pelas aeronaves chinesas que estão oferecidas, e a não a a russa.

Ainda que o cenário econômico do Uruguai mude consideravelmente nos próximos 10 anos, ainda não vejo a necessidade de tal armamento no contexto de defesa em que o país está inserido.

Corsario137
Visitante
Corsario137

Se, por um acaso, talvez, quem sabe…
O Gripen ganhasse por aqui, seria a opção óbvia para países como o Uruguai e a Argentina.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Peru com Eurofighter;
Venezuela, de Sukhoi;
Uruguai de Sukhoi;
Chile, de F-16;
Daqui a pouco, Paraguai de F-16;
e Brasil de F-5.

aldoghisolfi
Visitante
Member
aldoghisolfi

Paraguai de F-16 só se Presidente der dinheiro a fundo perdido p’rá eles…

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Quem conhece o Uruguay, sabe que se vc somar todas mini-micro-favelas que existem na grande Montevidéo….. não dá a metade dos casebres que tem aqui na cidade onde moro…. considerada uma das dez cidades mais ricas do Brasil !

Sds.

Groo
Visitante
Member
Groo

JF-17 ou L-15 seriam as minhas opções porque não gosto de interceptadores subsônicos. Vai que é necessário interceptar um jatinho executivo.

Hamadjr
Visitante
Member
Hamadjr

É muita análise na base do achismo aqui e aocolá, a questão é se, o Uraguai comprar esses caças, recauchutados ou não, terá uma excelente aeronave de combate, e não faltara quem pilote esses vetores, então empirismo a parte tem que aguarda para ver onde essa notícia vai dar.

Vader
Visitante
Member

Amigos:

Adoraria que o Uruguay tivesse Su-27, F-16, F-15, Tornado e Typhoon. Tudo junto. Isso talvez forçaria nosso governo PeTralha a de alguma maneira armar de verdade nossa FAB.

Mas vamos falar sério: quem conhece o Uruguay de verdade sabe o que estou falando: é mais fácil a FAB comprar F-35 do que o Uruguai operar uma aeronave destas.

Aliás, é mais fácil EU comprar um F-35 do que o Uruguai comprar essas aeronaves! 🙂

Na boa? Se os russos derem elas “na Ponte Preta/no Vascão” para eles estes não teriam como operá-la.

Vamos cair na real, senão o papo fica esquisito… 😉

Almeida
Visitante
Member
Almeida

Nossa, a Petrobrás não dá conta de investir para prospectar o petróleo do pré-sal brasileiro, mas já tem ufanista aqui afirmando que ela vai lááá no sul prospectar petróleo uruguaio hahaha!!!

Amigo, se tiver petróleo na costa uruguaia, eles serão melhor servidos concedendo a produção pra quem tem condições para tal, como as empresas norte americanas, inglesas e principalmente chinesas.

É cada uma que eu leio desses esquerdopatas ultranacionalistas…

Vader
Visitante
Member

Nem contestei mais essa besteira do Gilberto porque cada vez que eu ouço falar em Unasul me dá um bloqueio mental… uma preguiça… um “nojinho”, como diz uma amiga…

Me lembro de cabelo comprido ensebado, chinelo de dedo, calça jeans rasgada, dreadlock, camiseta do Che Canalha, maconha, música cubana, cachaça barata, vinho sangue de boi…

Enfim, me dá vontade de vomitar…

Galeão Cumbica
Visitante
Galeão Cumbica

O problema tb Almeida nao eh so da peroba, que nao tem competencia para explorar, nosso governo ta montando em cima da empresa, fazendo eles segurarem o preco da gasolina pra nao correr risco da eleicao e tb nao so isso, eles querem que a petrobras de conta de exportar oleo bruto, mas querem que a empresa faca um pais primeiro, ou seja, que a empresa construa os estaleiros, construa os portos e construa a rede de logistica, enfim ta colocando todo este fardo nas costa de uma empresa, como vc quer que ela de conta. Me desculpa o desabafo… Read more »

Ivan
Visitante
Member
Ivan

Um amigo comerciante recebeu em pagamento uma SUV da Toyota no mês passado. Pintura metálica, motorzão 6 (seis) cilindros, banco de couro e todos os opcionais da linha. Completa, um carrão. Mas era muito mais do que ele precisava para sua família e negócios, pois está bem arranjado com 3 (três) pequenos veículos, um sedan compacto, uma micro-van da Fiat e um pickup urbana da VW. Passou duas ou três semanas com a SW para curtir um pouco e em seguida usou a mesma para dar de entrada em uma sala comercial para aumentar sua renda no futuro. O capital… Read more »

Soyuz
Visitante
Member
Soyuz

As opções factíveis para o Uruguai são; F-5: Teriam que ser disputados à tapa com a FAB no mercado internacional e teriam que já estarem modernizados, porque até modernizar já estaremos ao final da década e os últimos F-5 no mundo não devem ir além de 2025). Gripen A/B: São mais baratos de se operar que os F-16 (consomem menos) e a Suécia esta doida para se livrar deles. Os mais velhos tem apenas 16 anos de uso. F-16 MLU: São relativamente baratos e possuem uma logística incomparável de pós venda. Claro que existem outras opções mais arriscadas. M-2000: São… Read more »

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

F-5: Teriam que ser disputados à tapa com a FAB no mercado internacional

Soyuz, me desculpe, mas a FAB não está mais interessada em F-5. Ela vai voar com esses que estão aí e mais os “jordanianos”.

Depois disso será F-X2, tampão 2 ou nada.

Soyuz
Visitante
Member
Soyuz

Soma-se as alternativas anteriores também o T-50 Sul Coreano.

Ivan
Visitante
Member
Ivan

Soyuz,

No caso de “caças” “coreenses” seria a versão FA-50.

No caso dos Gripen A, uma opção interessante e com boa relação custo/benefício, o único senão seria troca os instrumentos antigos no padrão sueco por mais novos no padrão Otan, da vesão C.
Pode ficar sem sonda REVO, os são necessária para o Uruguay.

Sds.,
Ivan.

Ribeiro
Visitante
Ribeiro

Almeida, por favor… Não é porque gostamos ou não gostamos de quem está do governo que vamos desfazer de fatos comprovados, e o pior, ridicularizar comentários de colegas do blog… Para conhecimento, a presença de petróleo no Présal se dá até as águas das Malvinas (o que explica muita coisa na relação Argentina x Inglaterra)… Veja bem, existe petróleo, confirmados em testes de prospecção, sem determinar o volume destas possíveis reservas… No Brasil, após a Bacia de Santos, ao sul, é a chamada Bacia de Pelotas, que se estende por toda a costa de SC e RS e Uruguai… Abraços

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

Ribeiro disse:

Não é porque gostamos ou não gostamos de quem está do governo que vamos desfazer de fatos comprovados, e o pior, ridicularizar comentários de colegas do blog…

Melhor comentário do mês.

No geral o nível do comentários aqui são muito bons, mas volta e meia os moderadores precisam “puxar a orelha” de um aqui e outro ali.

Augusto
Visitante
Augusto

Vader disse:
10 de maio de 2013 às 17:37

Já que você falou em aeroporto do Uruguai, quem esteve lá vai lembrar que o novo aeroporto de Montevidéu sob todos os aspectos dá de 10 a 0 em qualquer aeroporto brasileiro, inclusive o internacional da maior metrópole da América Latina (o de São Paulo, que é pior que rodoviária, de tão sujo e precário).

Corsario137 disse:
10 de maio de 2013 às 17:53

Eu não falei em “quem investe em turismo no Uruguai”. Eu falei de quem obtém receita com o turismo, que é o Estado uruguaio. Aliás, muita receita!

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Na matéria original, do autor, é citado o valor da oferta russa pelos Su-30K…. apenas Us$ 14 milhões a unidade. Um pouco menos do que este valor para os YAK-130 novos de fábrica. É um valor tentador, visto que um turbo hélice Super-Tucano pode custar entre Us$ 10 e 12 milhões a unidade…… No entanto, a mim me parece que este valor de “apenas” Us$ 12 mil a hora de voo do Su-30 está pra lá de sub avaliado…. lembrando que recentemente se divulgou que um F-16, um mono turbina, teria o seu custo de hora de voo estimado em… Read more »

ci_pin_ha
Visitante
ci_pin_ha

Baschera
Esses (treinadores) poderiam ser os F-5 chilenos.
Sinceramente, tentaria J-10 ou MiG-35, com vantagem do ultimo ser muito próximo da antiga versão (MiG-29), o que facilitaria trocas de experiência com a Força Aérea Peruana. Na pior das hipóteses ainda prefiro o JF-17 do que caças de segunda mão e o sino-paquistanês deve ser bom, já que foi adotado por um país “em guerra”.

ci_pin_ha
Visitante
ci_pin_ha

Parece que esse Su-30K que pertenciam à Índia, vão para o Vietnã. Adeus sonho do Uruguai.
Por outro lados os búlgaros estão tentado vende seus MiG-29 de novo, quem sabe é uma oportunidade, será que estão muito voados?
Às vezes seriam uma opção até para nós, alguns dizem que o preço de “abate” seria de 45 milhões de dólares pelos 28 caças.