Home Noticiário Internacional O Poder Aéreo adverte …

O Poder Aéreo adverte …

339
43

… faltam menos de oito meses para a retirada de serviço dos Mirage 2000 do GDA

 

dia da aviacao de caca 2013 - dois M-2000 e um F-5M - foto 6 poggio

Já estamos no mês de maio e no dia 26 de dezembro desde ano encerra-se o contrato de extensão do CLS (contrato de apoio logístico) para manutenção da frota de caças Mirage 2000 (F-2000 pela designação da FAB) pertencentes ao 1º GDA (Grupo de Defesa Aérea).

Oficialmente, nenhuma alternativa ainda foi divulgada e também não foi anunciada alguma nova extensão desse prazo. Vale acrescentar que a saída de serviço no final deste ano é citada até no Livro Branco de Defesa.

Da última vez que o 1º GDA tinha um prazo estabelecido para deixar de voar uma aeronave, este foi cumprido: o encerramento das operações do Mirage IIIE/B (F-103 na FAB) estava programado, desde muitos anos antes, para o final de 2005. E foi o que aconteceu. Menos de 10 anos depois, será que a história vai se repetir com o Mirage substituto?

VEJA TAMBÉM:

 

43
Deixe um comentário

avatar
43 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
25 Comment authors
Caças ‘cansados’ representam metade da frota de F-5 da FAB | Poder Aéreo - Informação e Discussão sobre Aviação Militar e Civil_RR_Mauricio R.ZorannAsh Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcos
Visitante
Marcos

Vão sobrar quantos em F-5 para a Copa do Mundo?

Santana Denis
Visitante
Santana Denis

Ficou engraçado essa matéria em cima da matéria da SAAB na página inicial e o GRIPEN parecendo que esta SUBINDO para ocupar o lugar dos MIRAGE, seria uma profecia?

ernaniborges
Visitante
ernaniborges

Coincidentemente, faltam oito meses para eu completar o meu tempo de serviço na ativa…

ernaniborges
Visitante
ernaniborges

… Devo prolongar-me na ativa até a última promoção do meu quadro. Já os Mirage, poderão postergar a baixa ?

Soyuz
Visitante
Soyuz

Já vai tarde. Um avião com logística cara, com sistemas e armamento ultrapassados e incompatíveis com o resto da frota. Adquirido por força de politica partidária.

Que venham mais F-5M para Anápolis e que a padronização em torno do F-5M (mesmo sendo uma padronização em torno de um caça antigo), embuta de uma vez por todas a idéia que uma força aérea pequena só tem uma alternativa para operar aviões de caça. Padronização.

Se em 2005 não fossem comprados os 12 Mirage-2000 e sim 12 F-5 haveria dezenas de milhões de dólares em economia para os cofres públicos.

Soyuz
Visitante
Soyuz

Já vai tarde. Um avião com logística cara, com sistemas e armamento ultrapassados e incompatíveis com o resto da frota. Adquirido por força de politica partidária.

Que venham mais F-5M para Anápolis e que a padronização em torno do F-5M (mesmo sendo uma padronização em torno de um caça antigo), embuta de uma vez por todas a idéia que uma força aérea pequena só tem uma alternativa para operar aviões de caça. Padronização.

Se em 2005 não fossem comprados os 12 Mirage-2000 e sim 12 F-5 haveria dezenas de milhões de dólares em economia para os cofres públicos.

Almeida
Visitante
Almeida

Interessante notar que desde o começo desse ano não tenho visto NENHUM oficial da FAB mencionando os F-2000 em seus planos. É entrevista com comandante de esquadrão de caça, com comandante da COMGAP, com chefe da COPAC… eles sempre falam dos F-5M, A-1M e A-29 além do FX-2, mas NUNCA dos F-2000. Por que será?

Justin Case
Visitante
Justin Case

Almeida, boa noite.

Eu acho que é porque há uma diretriz para a desativação das aeronaves com essa data, porque isso já está previsto nos documentos de nível superior (Defesa) e porque é o que sempre foi dito para a PR.
Precisa de razão melhor?
Ah! E porque os militares devem pautar sua atividade na disciplina e na hierarquia.
Isso, é claro, não impede que, INTERNAMENTE, sejam avaliadas todas as opções/alternativas para um improvável/impossível/indesejado atraso da decisão sobre o F-X2.
Abraço,

Justin

RomauBR
Visitante
RomauBR

É o apagão aéreo que se aproxima, e torcendo para aqui em Anápolis se ouça o leve abanar de asas dos vespões. Portões abertos na BAAN agora só depois de resolvido o efexis.

JapaMan
Visitante
JapaMan

Tem um nome para isso, PALHAÇADA, ou melhor, A GRANDE FAMÍLIA do PT, e sua bagunça, deveriam colocar esse partido inteiro em um avião (coloca nos mais antigos, porque para eles se gasta com aviões novos) e mandava pra CUba, aí eles poderiam viver com essa ideologia de fachada, sem vergonha, do jeito que andam as coisas meus caros, é capaz de sair Rafale, mesmo com a frança cuspindo na cara na OMC, esses sem vergonhas são piores que mulher de malandro, e o povo Brasileiro consegue piorar ainda mais a situação, porque deixa essa quadrilha no poder!!! Não tem… Read more »

Augusto
Visitante
Augusto

Justin Case disse:
1 de maio de 2013 às 23:04

Eu não diria “improvável/impossível/indesejado atraso da decisão sobre o F-X2”.

O atraso não é improvável e nem impossível porque já é efetivo.

Marcos
Visitante
Marcos

Três coisas para a não conclusão do programa F-X:

1) Falta de cultura, cultura no sentido de que o país não tem tradição;

2) Ideologia;

3) Desinformação.

Wagner
Visitante
Wagner

Deveriamos então comprar mais uns 12 F 5 pelo menos e moderniza-los na Embraer e bota-los em Anápolis.

Ja que nao tem grana para mais nada…

Vader
Visitante

Fechem o GDA.

RomauBR
Visitante
RomauBR

E pensar que foi cogitada a transferência do PAMA-SP aqui pra Anápolis. Do jeito que vai, e seguindo um modelo global de corte de gastos militares, as atividades da BAAN serão encerradas. Fico triste, por um lado, por outro bastante esperançoso: vai que alguém resolve “pousar” um avião no congresso.

Nick
Visitante
Member
Nick

A-29, modernos “caças” para o GDA já! 🙂

[]’s

Marcos
Visitante
Marcos

Wagner

Esses aviões já existem e estão sendo modernizados: são os jordanianos.

Observador
Visitante
Observador

Senhores, Como já explicitei antes, creio que a solução tem que partir da própria FAB, encontrando uma solução que caiba no seu orçamento famélico. Para mim, o caminho era fazer um leasing de 12 gripens C/D (mesmo dos A/B já estava de bom tamanho), pois existem várias células estocadas no mundo, aposentando de vez os Mirage. A SAAB vai querer fazer o negócio beeem barato, para aumentar as suas chances no FX (se é que isto vai sair algum dia). Assim, a preços módicos teremos um caça muito mais capaz, bem mais barato de manter e operar do que a… Read more »

Marcos
Visitante
Marcos

Observer:

Os Gripen A/B ou C/D dariam um bom tampão, mas só.
Já se fala em custo de aquisição dos E/F próximo ao do Vespão e custo
de peças superiores a esse, sendo que a única vantagem seria o consumo
de combustível, mas somando-se o resto, tudo igual.

Almeida
Visitante
Almeida

Justin,

Você está certo, existe a diretiva e como eu disse, é interessante notar seus efeitos nas entrevistas de diversos oficiais.

Só discordo, como o Augusto, sobre o provável atraso do FX-2: ele já está mais do que atrasado. O interessante é notar que, de todas as alternativas possíveis como por alguns F-5M em Anápolis ou comprar tampões, NINGUÉM na FAB menciona estender o CLS dos Mirage 2000 C/D ou modernizá-los para o padrão traço-5. Parece que ninguém na FAB quer esse elefante branco, de pilotos de caça à técnicos de manutenção.

claudiocalabria
Visitante
claudiocalabria

Serão deslocados 12 F-5EM para Anápolis. O 1º GDA não pode deixar de exisitr.

Soyuz
Visitante
Soyuz

Não tenho simpatia pelo PT, nem pelo PSDB nem por qualquer “P”.

Mas para sermos justos este tipo de situação já acontece há décadas na FAB, embora a politica partidária atual agrave a situação ela não é a unica culpada.

A FAB sofre de síndrome de Gabriela

Eu nasci assim, eu cresci assim
Eu sou mesmo assim
Vou ser sempre assim
Gabriela, sempre Gabriela
Quem me batizou, quem me iluminou
Pouco me importou, e assim que eu sou
Gabriela, sempre Gabriela
Eu sou sempre igual, nao desejo mal
Amo o natural, etecetera e tal
Gabriela, sempre Gabriela

Justin Case
Visitante
Justin Case

Augusto disse:
2 de maio de 2013 às 0:41

Concordo, Augusto.

Era ironia. Eu tenho que lembrar de colocar entre aspas. 😳
Abraço,

Justin

Alexandre Galante
Visitante

Quando estivemos em 2011 no 1GDA para fazer matéria para a revista Forças de Defesa, os pilotos com os quais pudemos conversar estavam muito entusiasmados com o desempenho do Mirage 2000, apesar da aviônica antiquada.

Já os comentários sobre o F-5M não foram muito bons, principalmente pela baixa performance do avião, que não é considerado pelos Jaguares como um avião de combate de verdade, por causa das limitações de raio de ação e velocidade.

O F-5M é chamado por alguns de fusquinha envenenado.

claudiocalabria
Visitante
claudiocalabria

Galante, também conversei com um Jaguar lá na BASC no Dia da Aviação de Caça, e ele falou a mesma coisa sobre os Mirage 2000, apesar da aviônica é ultrapassada, é um avião de ótimo desempenho, falou até da razão de subida dele e tals. O mesmo piloto disse também que se fosse escolher um dos 3 do FX-2 seria o F/A-18 Super Hornet.

Vader
Visitante

O Mirage-2000 é um excelente caça. O Mirage-2000-9 dos EAU por exemplo seria um excelente caça para a FAB ainda hoje, não tivesse a Dassault descontinuado sua produção/aprimoramento e largado seus clientes com o mico preto na mão. Um Mirage 2000-9 que tivesse aviônica atualizada e armas americanas seria sonho de consumo em todo lugar. Iria vender mais que água gelada no deserto. Basta ver o que os EUA vendem de F-16 até hoje. Procedimento comum da Dassault: para forçar a venda do sucessor, ela abandona o anterior. E tome pagar US$ 130 milhões pela jaca Rafale… Resultado: casou com… Read more »

Roberto F Santana
Visitante
Roberto F Santana

Não tem como não gostar do Mirage 2000, deve ser até mesmo mais fácil de voar que o F-5, porém, é claro, mais complexo.
O Poder Aéreo, nessa visita à base de caças, teve autorização para tirar fotos das cabines?

Observador
Visitante
Observador

Marcos disse: 2 de maio de 2013 às 12:55 Exatamente. Seria um tampão, mas um tampão muito melhor do que o que existe hoje. Sugeri o leasing dos gripen usados porque sou muito descrente da aquisição de qualquer avião através do FX-2, seja o Rafale, o F-18 ou o Gripen E/F. Por isto, seria muito melhor que a FAB se virasse, não esperando pela esculhama de políticos que nos governa, e alugasse 12 aviões que caberiam no seu bolso e que seriam a espinha dorsal da avião de caça por muitos anos. Assim, mesmo depois da aposentadoria de TODOS os… Read more »

virgilio
Visitante
virgilio

“Ficou engraçado essa matéria em cima da matéria da SAAB na página inicial e o GRIPEN parecendo que esta SUBINDO para ocupar o lugar dos MIRAGE, seria uma profecia?”

Tomara!!!!

E que venham os Gripem……..

Almeida
Visitante
Almeida

Sim pessoal, óbvio que pra quem voava Mirage IIIC e quem voa F-5E voar uma aeronave de quarta geração, com turbofans modernos, estabilidade relaxada e flybywire, é outro mundo. O Mirage 2000 era um ótimo caça. Era, e não é mais, somente porque a Dassault decidiu parar de fabricá-lo e dar suporte de verdade para eles, para promover o Rafail. Isso fez seus custos de operação, manutenção e modernização subirem pra estratosfera. Só que o Rafale não substitui o Mirage 2000 pois é muito mais caro e complexo. A Dassault, em seu afã de emplacar o Rafale, matou ambos. Engraçado… Read more »

Ivan
Visitante
Ivan

Almeida,

Bem lembrado.

A Dassault perdeu um ótimo negócio.
Seria sócia da Embraer, que cresceu e hoje é concorrente da Dassault,
justamente no segmento dos business jet…

Abç.,
Ivan.

Groo
Visitante
Groo

O Mirage 2000-5 só era o favorito fo FX1 porque a Dassault, em uma grande jogada, comprou ações da Embraer.

Tinha coisa melhor na época, como o F-16 e o Gripen.

Observador
Visitante
Observador

Hummm…

Pelo que lembro, o FX-1 tinha objetivos bem mais modestos que o FX-2.

Era para gastar US$ 700 milhões para comprar pelo menos doze caças.

Este negócio de produção local e “transferença di tecnulugia” só surgiu depois no FX-2.

Groo
Visitante
Groo

Realmente Observador, eram 12 caças e como a Embraer estava junto com a Dassault, diziam que o Mirage 2000-5 era um avião nacional. Acho que iam montar eles aqui.

Outra coisa, daí o Lula virou presidente e disse que era muita grana e, no fim das contas, acabou gastando mais nos jogos militares.

Coisa do Brasil.

Baschera
Visitante
Baschera

Balada do F-5M “Forevis Young”…. “Disparo contra o sol sou forte sou por acaso minha metralhadora cheia de mágoas eu sou o cara cansado de correr na direção contrária sem podium de chegada ou beijo de namorada eu sou mais um cara Mas se você achar que tô derrotado saiba que ainda estou rolando os dados por que o tempo o tempo não pára dias sim, dias não eu vou sobrevivendo sem um arranhão…” – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –… Read more »

Almeida
Visitante
Almeida

Realmente não era objeto do FX ter ToT ou produção local para as primeiras 12 unidades. Mas era objeto dele armar a FAB com até 120 unidades do mesmo avião, produzido localmente. Por isso inclusive que a Dassault, Snecma e Thales se juntaram com a Embraer e até mesmo a Rosoboronexport se juntou com a Avibrás. Quanto ao Mirage 2000-5 e seus concorrentes no FX, ele era tão bom que estava roubando as vendas do Rafale. Nem mesmo o F-16 E/F está conseguindo roubar as vendas de seu sucessor e isso por si só é uma amostra da qualidade do… Read more »

Eleazar Moura Jr.
Visitante
Eleazar Moura Jr.

Preferia a opção que a Itália fez antes da entrada dos Tyhpoon: adquirir em regime de leasing, mas que fosse uns F-16C block 40, só que o treinamento dos pilotos e mecânicos já teria que estar se iniciando agora, ainda daria tempo até dezembro…..

Nick
Visitante
Member
Nick

Caro Almeida,

Também entendo que o Mirage 2000 se devidamente atualizado, mais leve, maior tratamento de rcs e novo motor seria muito atual.

O ideal seria por exemplo da compra do M-2000-5 no FX-1, se iniciasse a versão BR com essas modificações. Seria algo muito semelhante ao que os suecos fizeram com seu Gripen C, criando a nova versão E.

Claro isso só seria válido se o projeto do M-2000 passasse a ser inteiramente da Embraer.

[]’s

Ash
Visitante
Ash

Almeida, teria sido uma boa decisao para o FX(que Deus o tenha) na época(99/2001) ele era designado se nao me falha a memória de Mirage 2000-5MK2 / M2000 BR, porem o fato curioso é que ja na época ele era criticado pelos mesmissimos motivos que hj o são os 3 finalistas do FX2: era um aviào ultrapassado e relaçao a Rafale, EF2000 etc…..hj estes 3 concorrentes em maior ou menor grau recebem as mesmas criticas em relaçao principalmente ao fato de estarem se popularizando algumas opçoes de quinta geraçao. Ou seja o Brasil SEMPRE esteve atrasado em relaçao as tendencias… Read more »

Zorann
Visitante

Só para lembrar!! Os M-2000 eram para ter sido retirados de serviço no final de 2012. Mas houve um aumento no contrato de apoio logístico oque possibilitou que continuasse em serviço ate fins de 2013. Este novo contrato de apoio logístico só foi assinado porque havia horas de voo “sobrando” , por aeronave suficientes para mais 1 ano de operação . A retirada de serviço é inevitável. Os M-2000 para continuar voando necessitam de uma revisão geral das aeronaves e dos motores, cujo custo é proibitivo. A Dassault comprou na época do FX-1 20% do capital da Embraer. Quando o… Read more »

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Ainda bem que nos livramos dessa tralha, no processo só faltou enquadrar a Embraer.
Além de futricarem abertamente contra a escolha da FAB a época, ainda nos empurraram goela abaixo esse avião de transporte mequetrefe; que não vende nem c/ reza brava!!!

#embraerforadofx2

É bom p/ a FAB e melhor ainda p/ o Brasil!!!

_RR_
Visitante
_RR_

Nada contra o M2000… É uma excelente máquina…

Para mim, das duas é uma: (a) M2000-5, ou (b) transferência de F-5M dos demais esquadrões…

Há ainda uma terceira opção, que acredito ser viável, que seria mante-las em serviço por mais uns anos, mesmo que isso represente um custo superior…

Contudo, adotar mais um tampão não seria adequado. Treinar-se-iam pilotos para voar aeronaves de meia vida, que não seriam o “estado da arte”, e por apenas alguns anos… Seria ( opinião minha ) desperdício de recursos e tempo…