quinta-feira, maio 6, 2021

Gripen para o Brasil

Livro Branco de Defesa da França: líderes industriais evitaram cortes maiores

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

les-deux-rafale-presents-sur-le-salon-aeroindia - foto Armee de lair

Segundo o jornal francês La Tribune, apesar da edição 2013 do Livro Branco de Defesa da França prever menos encomendas, o engajamento dos líderes da indústria de armas do país ajudou para que esta escapasse do pior, que seria o cancelamento de programas.

A aquisição de caças Rafale pela França deverá ficar em 225 aeronaves até 2025, mas o Livro Branco preservou a essência, que é o investimento em Pesquisa e Desenvolvimento. A Marinha Francesa, força menos afetada, deverá receber três fragatas FREMM a menos.

Clique aqui para ler matéria no Poder Naval.

FOTO: Força Aérea Francesa

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

1 Comment

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Mauricio R.

E a Índia vai ficando cada vez mais longe de Le Jaca:

“The contract, said to be worth nearly Rs 1 lakh crore, is still at the negotiation stage, a year-and-a-half after the French firm emerged as the lowest bidder in the tender which was floated in August 2007.”

(http://www.defense-aerospace.com/article-view/release/144830/no-timeframe-for-rafale-deal%3A-india-mod.html)

Reportagens especiais

Poder Aéreo nos Estados Unidos: Fort Worth Aviation Museum – parte 2

Em nossa visita ao Fort Worth Aviation Museum no Texas tivemos uma grande surpresa: esbarramos com o "mockup" do caça-bombardeiro "stealth"...
- Advertisement -
- Advertisement -