Home Arte Do Su-27SK ao Su-35, em três vistas

Do Su-27SK ao Su-35, em três vistas

914
22

Su-27SK três vistas - imagem UAC

SUKHOI Su-27SK

Su-30MK três vistas - imagem UAC

SUKHOI Su-30MK

Su-33 três vistas - imagem UAC

SUKHOI Su-33 (caça naval)

Su-35 três vistas - imagem UAC

SUKHOI Su-35

IMAGENSOAK – Объединенная авиастроительная корпорация  (UAC – United Aircraft Corporation) – clique nas imagens para ampliar

Subscribe
Notify of
guest
22 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nick
Nick
7 anos atrás

Pode-se dizer que é uma evolução semelhante do F-15A até o F-15SE. 🙂

[]’s

champs
champs
7 anos atrás

Uma belíssima linhagem de caças com baixo custo de aquisição e razoável custo operacional para o que oferecem em capacidade. Se o poder de decisão estivesse em minhas mãos: – 36 Su-35 estariam aqui em 2016 somente com a transferência das peças de manutenção básicas para mantê-los voando, aquelas do dia a dia, sob a responsabilidade de um grande centro de manutenção(PAMA) em Manaus e colocaria essas belezinhas no Esquadrão Pacau e no GDA sendo responsáveis por toda a fronteira norte e centro-oeste. – 72 Gripen E/F, dois lotes de 36 aviões, com ampla participação de nossa industria para no… Read more »

Ivan
Ivan
7 anos atrás

Nick,

Sim, mas para missões diferentes.

O Su-35 será prioritariamente de defesa aérea, mas multifuncional.
O F-15E é prioritariamente de interdição, mas também multifuncional.

Talvez o F-15SE Silente Eagle, dependendo do país que o encomendar, venha a priorizar a defesa aérea, mas, a princípio também vai priorizar as missões ar-terra.

Abç.,
Ivan.

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
7 anos atrás

Ivan…

Ja li q os F15E, “apenas”, inclui a capacidade de interdição, porém, toda a capacidade de defesa aérea é mantida…

Não seria o F15E, um equivalente ao multifuncional Su-30 ?

Soyuz
Soyuz
7 anos atrás

Um belo par de asas sem duvida.

A maioria das boas forças aéreas do mundo não abre mão de um caça com elevada persistência em combate, onde as versões do F-15 e Su-27 são exemplos.

Nos projetos de quinta geração, seja na dupla F-22, F-35, no T-50 e nos projetos chineses a ideia de um caça com elevada quantidade de combustível a bordo, grande alcance e persistência em combate também é muito clara.

Soyuz
Soyuz
7 anos atrás

Na pratica seja o F-15 ou Su-27,seguem uma velha máxima da engenharia aeronáutica.

Construa um caça com boa capacidade ar-ar que ele será um caça com capacidade ar-solo convincente. Já o oposto raramente é verdadeiro.

Ivan
Ivan
7 anos atrás

Alfredo,

É por aí!

Su-30, Su-35, F-15E e F-15SE são todos multirole, ou seja, são capazes de executar diferentes missões, tanto ar-ar como ar-superfície, mas entendo que os russos dão enfase às missões de superioridade aérea e os americanos às de interdição, ao menos com estas aeronaves.

Possivelmente porque já possuem nos seus inventários aeronaves apropriadas para as outras missões.

Abç.,
Ivan.

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
7 anos atrás

Vlw Ivan =D

Falando em SU-35, uma bela arte:comment image

Nick
Nick
7 anos atrás

Caro Ivan,

Concordo com sua observação. 🙂

É bom lembrar que o F-15E tem origem em um programa específico para caça-bombardeiros, ou seja, Strike. Mas apesar disso, não perdeu as qualidades como caça de Superioridade Aérea, apenas adicionou mais capacidades ao mesmo. O F-15SE só refletirá essas qualidades com mais furtividade.

Sobre o SU-35S, concordo com sua opinião também. É um caça de Superiodade Aérea, com capacidade também de ataque à solo.

No frigir dos ovos, qualquer um dos dois são excelentes, seja para Superioridade Aérea ou Strike. 🙂

[]’s

Clésio Luiz
Clésio Luiz
7 anos atrás

A família Flanker é com certeza a mais notável aeronave da 4ª geração. Tudo nele é notável, engenharia, desempenho, carga de armas, sensores.

Só não é mais bonito que um caça cujo nome começa com T e termina com T…

Guilherme Poggio
Reply to  Clésio Luiz
7 anos atrás

Tomcat

O Clésio Luiz é um eterno fã do Tomcat.

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
7 anos atrás

TF-14T ?

Ivan
Ivan
7 anos atrás

Republic P-47 Thunderbolt ???

comment image

🙂

Ivan
Ivan
7 anos atrás

Soyuz, “…não abre mão de um caça com elevada persistência em combate…” Sem dúvida! Mas estas alinham também um bom número de caças e aviões de ataque (strike) mais leves para dispor de guantidade suficiente a um custo possível. É o Hi / Low Mix que defendo desde sempre, apesar dos modismos de uma única aeronave para todas as missões, os multi-tudo. Austrália, China, Estados Unidos da América, Índia, Israel e até mesmo o Vietnam (Flankers + Fishbed + Fitters) adotam esta solução. Construa um caça com boa capacidade ar-ar que ele será um caça com capacidade ar-solo convincente. Foi… Read more »

Nick
Nick
7 anos atrás

F-22 TRaptoR 🙂

Clésio Luiz
Clésio Luiz
7 anos atrás

Anytime baby 🙂

Vader
7 anos atrás

O que é isso na ponta de asa dele? Tip Tank? 🙂

champs
champs
7 anos atrás

Ou pods de guerra eletrônica?

Vader
7 anos atrás

2?

Nick
Nick
7 anos atrás

Caro Vader,

São pods de guerra eletrônica. No caso interferidores/jammers.

[]’s

Soyuz
Soyuz
7 anos atrás

São pods de interferência eletrônica, mais precisamente o L005S Sorbtsiya-S

Este tipo de jammer fornece proteção contra radares monopulso. A localização nas pontas das asas é em função do tipo de técnica de interferência empregada, normalmente variações de uma técnica chamada “Cross Eye Jammer” onde a distância entre as antenas é fundamental.

Esta posição também favorece a proteção em 360°da aeronave.