terça-feira, outubro 26, 2021

Gripen para o Brasil

Saab quer oferecer parcerias de longo prazo com o Brasil na LAAD 2013

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Sea-Gripen-High-Resolution-1

saab-logoEm nota divulgada em 5 de abril, a Saab ressaltou o destaque cada vez maior do Brasil no cenário internacional, que surge naturalmente como um dos parceiros prioritários para a empresa. Como anfitrião de eventos mundiais, a exemplo da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016, a Saab vê a oportunidade de oferecer cooperação e parceria de longo prazo para o Brasil e os demais países latino-americanos.

Nesse sentido, a LAAD 2013 é a oportunidade ideal. Durante a feira, a Saab demonstrará suas tecnologias e capacidades, bem como seus sistemas e produtos nas áreas de aeronaves de combate, sistemas integrados de comando e controle, de conscientização situacional, gestão de tráfego aéreo, sistemas de defesa antiaérea, gerenciamento de assinaturas, gestão de segurança, alarme aéreo antecipado, plataformas e proteção, e Centro de Treinamento de Combate Terrestre. Além disso, mostrará, pela primeira vez na LAAD, uma aeronave de vigilância marítima e o Skeldar, um veículo não-tripulado com asas rotativas.

Skeldar V-200

“A LAAD 2013, mais uma vez, oferece à Saab a oportunidade de mostrar seu amplo catálogo de produtos e apresentar-se ao Brasil e à América Latina como uma parceira confiável e de longo prazo. O evento também nos proporciona conhecer nossos públicos de interesse, o que inclui governos, forças de defesa e indústrias, formando redes de contato e iniciando discussões sobre cooperação em programas de desenvolvimento, visando atender necessidades nacionais, agora e no futuro”, disse Ake Albertsson, gerente-geral da Saab no Brasil.

Há muito tempo, a Saab vem desenvolvendo soluções para as Forças Armadas Brasileiras, em diferentes áreas. Atualmente, o programa mais importante é o fornecimento de cinco radares ERIEYE de alerta antecipado, embarcados em aeronaves Embraer 145.

O ERIEYE é um avançado sistema de rastreamento eletrônico, usado na detecção, à longa distância, de alvos aéreos. No Brasil, o sistema foi integrado na aeronave ERJ 145 da Embraer. O EMB 145 AEW&C foi desenvolvido, no âmbito do programa SIVAM, e é o resultado de um trabalho conjunto, entre a Embraer e a Saab Microwave Systems (antiga Ericsson Microwave).

Os Embraer 145 AEW&C já foram fornecidos para a Grécia e o México e existem esforços conjuntos de marketing para comercialização para outros países.

A Saab também investe fortemente em pesquisa e desenvolvimento, visando atender a demandas futuras com soluções e produtos adequados. Por isso, fundou o CISB – Centro de Pesquisa e Inovação Sueco-Brasileiro, em São Bernardo do Campo, onde são desenvolvidas soluções, em conjunto com as indústrias, usuários e universidades do Brasil e da Suécia, capazes de satisfazer perfeitamente as futuras necessidades do País.

O centro e suas atividades darão apoio às ambições do acordo bilateral entre os dois governos, assinado em 2009, visando ampliar a cooperação industrial e tecnológica de alta tecnologia, entre o Brasil e a Suécia.

Durante a LAAD a Saab realizará duas coletivas de imprensa, ambas no auditório da sala de imprensa: uma no dia 9/4, às 15h, na qual apresentará o atual estágio da campanha Gripen no Brasil, e outra no dia 10/4, às 11h, que apresentará a Saab, seus produtos, serviços e tecnologias que podem ser oferecidos ao mercado brasileiro e latino-americano.

Os visitantes poderão ainda conhecer a equipe da empresa em estande, localizado no Pavilhão 4, estande I 50. Confira os produtos e sistemas da Saab que estão expostos na LAAD:

Produtos Aeronáuticos:

  • BOH – pod de contramedidas, para emprego em aeronaves de asa fixa.
  • CIDAS/IDAS – sistemas modulares de autodefesa, para aeronaves de asa fixa e rotativa.
  • ERIEYE – sistema embarcado de alarme antecipado e controle do espaço aéreo de longo alcance.
  • Gripen NG – caça multimissão.
  • Sea Gripen – versão naval do caça Gripen.
  • 340 MSA – aeronave de vigilância multifunção, para detecção, classificação e identificação de alvos marítimos.

Produtos Terrestres:

  • ARTHUR – sistema radar que fornece alerta e origem de fogo indireto, permitindo o desencadeamento de contrabateria.
  • AT4 – arma anticarro portátil, de disparo de ombro.
  • Barracuda Products – a arte da ilusão por Gerenciamento de Assinatura.
  • Carl Gustav – sistema de apoio de fogo portátil, de disparo de ombro, com uma família de munições para empregos diversos.
  • COMMS/ESM – COMINT – sistema para localização de emissões HF/VUHF/SHF e fusão de dados de inteligência.
  • GCT – Centros de Treinamento de Combate Terrestre.
  • GIRAFFE AMB – radar de vigilância 3D, para emprego com sistemas antiaéreos de baixa e média alturas.
  • MAPAM – munições para morteiros 60 e 80 mm, de elevado desempenho.
  • NLAW – míssil anticarro, de ataque de topo a curto alcance, que pode ser empregado por qualquer combatente.
  • RBS 70/RBS 70 NG – sistema portátil de mísseis antiaéreos de baixa altura, com capacidade todo alvo, 24/7.

  • SAVIT – sistema modular de simulação virtual, para treinamento tático individual ou coletivo (instalado no estande da ANACON).
  • Skeldar – SANT de médio alcance, de asa rotativa.
  • 9Land BMS – solução de C2, hardware e software, aplicável a todos os escalões.

Produtos Navais:

  • Comunicações – sistemas para operações marítimas, civis e militares.
  • Soluções ESM – sistemas de detecção, identificação e inteligência estratégica, para navios e submarinos.
  • Míssil RBS 15 – míssil superfície-superfície de longo alcance, lançado de navios, unidades de terra ou aeronaves.

RBS 15 disparo - foto Saab

  • Radar Sea GIRAFFE AMB – radar de busca (3D) de longo alcance, para detecção de alvos de superfície e aéreos, em áreas costeiras e alto mar.
  • Radar Sea GIRAFFE LT – radar de busca (2D) de médio alcance, para detecção de alvos de superfície e aéreos, em áreas costeiras e alto mar.
  • Skeldar – VANT de médio alcance, de asa rotativa;
  • Tacticall – sistema de transmissão de voz, dados e imagens, com ou sem fio, usado por soldados, grupos de batalha, navios e aeronaves.
  • Sistema de Comando e Controle 9LV – sistema integrado de sensores, processadores, armamento e comunicações do navio.
  • EOS-500 – sistema optrônico de direção de tiro, composto por sensores laser, infravermelho e câmera de TV.
  • CEROS 200 – sistema de direção de tiro, composto por um radar na banda Ku e sensores laser, infravermelho e câmera de TV.

Produtos de Segurança Civil:

  • ATM – família de sistemas de gerenciamento de tráfego aéreo, para uso em aeroportos regionais e internacionais.
  • VTMIS – sistema modular de gerenciamento de tráfego de embarcações, para uso em portos fluviais e marítimos.

Sobre a Saab

A Saab atende o mercado com produtos líderes mundial, serviços e soluções que vão desde a defesa militar até a segurança civil. A Saab mantém operações e funcionários em todos os continentes e constantemente desenvolve, adota e aperfeiçoa novas tecnologias para atender às necessidades de seus clientes. A Saab é uma destacada fornecedora mundial de tecnologias de ponta e acredita que seja imperativo desenvolver um pensamento de vanguarda mundial no setor de defesa e segurança.

DIVULGAÇÃO E IMAGENS: SAAB / G&A

- Advertisement -

3 Comments

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
aldoghisolfi

Não vi nenhum caminhão na relação da SAAB… não vão levar nada!

virgilio

A Saab é uma destacada fornecedora mundial de tecnologias de ponta e acredita que seja imperativo desenvolver um pensamento de vanguarda mundial no setor de defesa e segurança.

Essa matéria é muito esclarecedora e de certa forma indiretamente diz o seguinte BRASIL conte conosco SAAB……….

Brasil meu Brasil fecha logo com a SAAB.

Almeida

Alguém avisa pros suecos que o Brasil não quer nenhuma parceria de longo prazo, apenas negociatas imediatistas de curto prazo para fins políticos e interesseiros. Talvez levem alguma coisa.

PS: o RBS15 é mil vezes melhor que a porcaria de MSS baseado no Exocet MM40 block I que a França empurrou pra MB.

Últimas Notícias

Simulação de mobilidade aérea urbana da Eve no Rio de Janeiro começa em novembro

São José dos Campos – SP, 26 de outubro de 2021 – A Eve Air Mobility, da Embraer, vai...
- Advertisement -
- Advertisement -