domingo, janeiro 16, 2022

Gripen para o Brasil

Esquadrilha da Fumaça inicia treinos com nova aeronave Super Tucano

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Adaptação dos pilotos da FAB começa nos próximos dias em Pirassununga. Tucano T-27, usado por 30 anos, será substituído pelo Super Tucano A-29

 

troca de comando no EDA - AFA DEZ2013 - foto Forcas de Defesa - Guilherme Poggio 8

vinheta-clipping-aereo Os pilotos da Força Aérea Brasileira (FAB) iniciam nesta semana, em Pirassununga (SP), os treinamentos no avião Super Tucano A-29. A nova aeronave substituirá o Tucano T-27, modelo utilizado pela Esquadrilha da Fumaça há 30 anos.

“Foram anos muito marcantes. Com certeza as pessoas têm ótimas lembranças, atravessando o país, a América, o Atlântico, para chegar à Europa. É um avião que vai trazer muita saudade para aqueles que já o operaram”, declarou o capitão André Fabiano da Silva.

O novo modelo traz uma pintura com cores mais vibrantes e uma bandeira brasileira estampada no leme, além de novas tecnologias. Algumas informações de comando, como velocidade e altitude, estão bem na visão do piloto.

“Sem precisar gerenciar a aeronave olhando para dentro, ele gasta toda sua energia olhando para o líder e tendo as informações de como ele está em relação ao avião. Dessa forma, ele utiliza a aeronave como um todo com maior facilidade”, explicou o capitão Daniel Garcia Pereira.

O Super Tucano é utilizado pela FAB para a formação de pilotos de caça e, também, no patrulhamento das fronteiras do Brasil. Segundo o sargento mecânico Marcelo Gomes de Moraes, o avião terá diferenciais para atuar na Esquadrilha da Fumaça. “A adaptação que vai diferenciar dos outros Super Tucanos é o sistema de fumaça, que, mecanicamente, é muito parecido com o que a gente já usa”, disse.

Cursos

Os mecânicos também estão fazendo cursos para a nova manutenção. O A-29 tem praticamente o dobro do peso do Tucano e quase o dobro de potência, além de ser mais rápido. A velocidade máxima do Tucano era de 500 quilômetros por hora, enquanto o Super Tucano atinge 690 quilômetros por hora.

“Isso faz com que o voo seja um pouco maior. Isso dá mais energia para o piloto trabalhar e requer uma adaptação”, afirmou o capitão Garcia.

Antes do voo os pilotos, vestem um equipamento com um sistema que diminui os impactos da força da gravidade no organismo. “É tipo uma boia, ele é inflado de forma a não permitir que o sangue em excesso vá para as pernas”, contou o capitão André.

Os primeiros voos estão sendo feitos com apenas um avião. Cinco Super Tucanos já estão em Pirassununga e outros sete ainda chegarão. A partir deste momento, os estudos vão ser intensificados.

“Vamos ter aula, estudar, aprender, fazer muita reunião para começar implantar o A-29 e, se Deus quiser, até o fim do ano, quem sabe, estarmos demonstrando com a aeronave”, informou o capitão Marcelo Oliveira da Silva.

FONTE: G1

- Advertisement -

5 Comments

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader

Boa sorte ao EDA nessa nova fase.

Eleazar Moura Jr.

Gostaria de saber se as duas ponto 50 foram retiradas como forma de reduzir o peso da aeronave nas demonstrações.

Eleazar Moura Jr.

Obrigado, acredito que esta era uma das dúvidas principais de muitos internautas que visitam este blog.

Luiz Fernando

O A-29 ficou bem no uniforme novo do EDA. Não vejoa hora de ver uma apresentação com os novos pássaros.

Últimas Notícias

A noite em que 21 OVNIs foram perseguidos por caças da Força Aérea Brasileira

A BBC Brasil publicou extensa matéria sobre a famosa "Noite Oficial dos OVNIs" no Brasil. A seguir, publicamos os...
- Advertisement -
- Advertisement -