terça-feira, março 2, 2021

Gripen para o Brasil

Avança na linha de montagem o mais moderno exemplar do Eurofighter

Destaques

Defesa aérea da Sérvia atingiu outro F-117 durante a Operation Allied Force

A história de como um jato de ataque stealth F-117 Nighthawk da Força Aérea dos Estados Unidos foi abatido...

HENSOLDT: Sistemas antidrone e de proteção de áreas críticas e estratégicas

Nos últimos anos, a venda de drones cresceu muito no mundo. Esses objetos voadores, cada vez mais comuns em...

FAB coordena Operação Escudo Antiaéreo

Operação aconteceu de forma conjunta entre a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira No período...
Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Typhoon IPA-8 - Tranche 3 - foto Eurofighter

Aeronave IPA 8 é destinada a testar sistemas do último padrão, o Tranche 3, como o radar de varredura eletrônica e equipamentos de missão

Nesta terça-feira, 26 de março, o consórcio Eurofighter informou que a produção da aeronave no padrão mais moderno do Tranche 3 está avançando nas instalações da Cassidian, em Manching (Alemanha). Trata-se do exemplar IPA 8 – “Instrumented Production Aircraft 8”, destinado a testes dos novos sistemas da mais recente versão do Typhoon. Na linha de montagem de Manching, o exemplar recentemente teve as coneções das asas, cabine e superfície vertical realizadas com a fuselagem. O IPA 8 passou agora a uma nova estação da linha, onde serão instalados o sistema hidráulico, componentes defensivos e sistemas elétricos, além do cabeamento.

Segundo Berndt Wuensche, diretor do Programa Eurofighter na Cassidian, o IPA 8 “é baseado no último padrão de construção do Eurofighter Tranche 3, sendo também equipado com instrumentação de voos de teste no estado da arte. Isso o torna o mais avançado Eurofighter no mundo.” Wuensche completa: “O IPA 8 pode realizar contribuições essenciais no desenvolvimento das capacidades do Eurofighter nas próximas décadas, como os feixes de varredura eletrônica do radar, integração avançada de armas e melhorias nos equipamentos de missão.”

Todos os quatro parceiros do programa (Alemanha, Espanha, Itália e Reino Unido) têm seus próprios aviões de teste, em que experimentam as novas capadidades que cada um de seus desenvolvimentos foca. No caso da Cassidian, o foco é o sistema de controle de voo, características de voo, sistemas de radar e controle de fogo, além do sensor infravermelho.

Até o momento, o consórcio Eurofighter tem 719 caças Typhoon em contrato. Destes, 571 foram encomendados, dos quais 355 entregues.

FONTE / FOTO: Eurofighter (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

2 Comments

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Almeida

Errofighter, mais um avião fora de seu tempo e acima de seus custos iniciais. Só vale a pena pra quem participou do projeto e não tem mais como sair e para aqueles que comprarem as aeronaves aposentadas por estes a preço de custo.

Mauricio R.

De volta a disputa, no Qatar:

“Analysts in London said improving relations between Britain and Qatar and the recent Typhoon win in Oman, along with an earlier Saudi Arabian order, could help explain the renewed interest in the twin-engine combat jet.”

(http://www.defensenews.com/article/20130327/DEFREG04/303270020/Typhoon-May-Back-Race-Qatar-Order?odyssey=tab|topnews|text|FRONTPAGE)

- Advertisement -

Combates Aéreos

Franceses comemoram 100 anos da primeira vitória em combate aéreo

Comemorações realizadas na Base Aérea 113 de Saint-Dizier, que incluíram exibição em voo de caça Rafale, ocorrem no mesmo...
- Advertisement -
- Advertisement -