segunda-feira, novembro 29, 2021

Gripen para o Brasil

Fim dos F-2000 em Anápolis: mais dez meses

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres


No dia 26 de dezembro desde ano encerra-se o contrato de extensão do CLS (contrato de apoio logístico) para manutenção da frota de caças Mirage 2000 (F-2000 pela designação da FAB) pertencentes ao 1º GDA (Grupo de Defesa Aérea).

Oficialmente, nenhuma alternativa ainda foi divulgada e também não foi anunciada alguma nova extensão desse prazo. Vale acrescentar que a saída de serviço no final deste ano é citada até no Livro Branco de Defesa.

Da última vez que o 1º GDA tinha um prazo estabelecido para deixar de voar uma aeronave, este foi cumprido: o encerramento das operações do Mirage IIIE/B (F-103 na FAB) estava programado, desde muitos anos antes, para o final de 2005. E foi o que aconteceu. Menos de 10 anos depois, será que a história vai se repetir com o Mirage substituto?

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

31 Comments

Subscribe
Notify of
guest
31 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Samuel B. Pysklyvicz "Jaguar"

O Afa que ta rolando e que o contrato seja renovado por mais 1 ano.
(AFA) =Boato

ci_pin_ha

Se pegarmos uma parcela do que gastamos para construir o Estádio Nacional de Brasília, supostamente a R$ 800 milhões, mas que já se encontra em R$ 1,2 Bilhões daria para comprarmos caças novos, talvez não os melhores, mas melhor do que temos. Seria uma quantidade misera 15-20 caças, mas seriam inicialmente necessários.
Eu sou de Brasília e gostaria de lembra-los que esse referido estádio de futebol, será o maior elefante branco que já existiu, não existem aqui times de futebol grandes o suficiente para lotar nem mesmo ¼ do estádio e ele não servirá mais para nada. Dinheiro mal investido.

Vader

Senhores, sinceramente, os senhores estão preocupados com pouca coisa. Senhores, estamos em MARÇO, eu repito, em MARÇO, e ainda sequer foi votado o orçamento da União deste ano! Repito, para quem não entendeu: estamos no 3o mês, de 12 no ano, funcionando um país inteiro SEM ORÇAMENTO! Nosso governo e Congresso Nacional, provavelmente pela primeira vez desde a proclamação da República, deixaram virar o ano sem O ORÇAMENTO da União! Pior: o Congresso tirou férias! Foi todo mundo pra praia! E cá estamos, nas calendas de março, com um país de 200 milhões de almas sendo governado sem orçamento! Como… Read more »

Giordani

Infelizmente, acho que o CLS será renovado por mais um período. Sou contra! Que se cumpra o que foi escrito.

ci_pin_ha disse:
26 de fevereiro de 2013 às 7:31

Meu caro, VERGONHA, é a única palavra que define isso. Quantos jogos neste estádio? Três? Quatro? E depois? braziliense vs gama? Já enterraram 1,2 bilhão de reais e ainda não está pronto e já pipocam o nome do governador e amigo$ em falcatrua$…e o povo? O povo não está nem aí!

champs

Sobre o orçamento apesar de ser raro já aconteceu de virar o ano sem ser votado e neste ano acho que ele voi votado somente em abril, o restos a pagar só servem para pagar contas de 2012 que não foram executadas ao seu tempo, as contas deste ano são pagas por um dispositivo chamado duodécimos, ou seja, é liberado 1/12 avos a cada mês dos valores previstos no Orçamento deste ano que aguarda aprovação. Mas a nível de gestão não resta dúvida que é uma VERGONHA o Congresso entrar de férias sem votar o orçamento, mesmo porquê os investimentos… Read more »

Mauricio R.

Quem sabe qndo essas aeronaves começarem a cair, ao invés de somente quebrarem vidraças, alguém se incomode e decida trocá-las.

Hamadjr

Caro Guilherme fazendo uma análise subjetiva de caráter especulativo o governo brasileiro após o vencimento do CLS, vai alugar as Forças Aérea do Chile ou então da Venezuela para fazer a proteção do GDA.
Quanto ao uso do Estádio Nacional é possível alugar para os ‘curintianos’ qdo o timão não poder jogar em SP.

Justin Case

Poggio, bom dia.

Não creio que seja necessário fazer revisão geral de aviões e motores para continuar voando os F-2000.
No entanto, concordo em que seja mais importante investir em um F-X decente.
TAMPAX NUNCA MAIS!

Abraço,

Justin

Nick

Não tem que renovar, esticar CLS, nem nada. Colocar 4 A-29 no GDA e bora.

[]’s

Edgar

O negócio é o seguinte: Fecha logo essa FábulaX-2 com uzamericanu que eles mandam 12 F/A-18E da ativa da US Navy pro GDA até 26/12 e antes das OlimPIADAs de 2016 uns 12 ou 24 zero-milhas chegam pra alegria de um povo tão apegado em assuntos militares e na Defesa nacional, como o nosso.

Corsario137

Nick, Não precisa de A-29 não. O GDA não irá mais operar aeronaves. A defesa aérea da capital federal ficará sob o guarda-chuva do sistema anti-aéreo russo Pantsir! Os boatos é que o caminhão com os mísseis vai ficar nos jardins da residência do Torto, enquanto que o caminhão do radar vai ficar nas imediações do STF. Vai que usam um HARM, nunca se sabe né? A outra bateria vai ficar no Maracanã, defendendo o estádio durante a Copa do Mundo. Enquanto não chegam os jogos, “apontarão” o radar pra baixo e o utilizarão como um super pardal, distribuindo multas… Read more »

Justin Case

Poggio, Ninguém vai imobilizar uma aeronave por um ano, pagar muito por uma revisão geral se, após isso, tiver a oportunidade de utilizá-las apenas umas poucas horas. O GDA tem voado em torno de 1500 a 1600 horas por ano desde que os Mirage 2000 chegaram. Cada avião (sem estar em inspeção maior ou geral) pode realizar tranquilamente 200 horas por ano. Ou seja, fazer ou não uma revisão grande é apenas uma opção. A restrição estará certamente no número máximo de aeronaves que poderão ser disponibilizadas. No momento em que se decidir descontinuar o voo de uma aeronave, o… Read more »

Nick

Caro Corsario1337,

O pior é que já estou me acostumando com a idéia de ficar sem caças no GDA e depois nas outras unidades aéreas. Afinal, somos todos irmãos aqui na AS não somos? E 36 FX-2 não vai fazer diferença para uma “invasão dos imperiais do mal do norte”. Sem perceber, estamos indo pelo mesmo caminho da Nova Zelândia.

[]’s

Corsario137

Nick,

Com a diferença que não somos a Nova Zelândia!!!

É bom mesmo que Deus seja brasileiro.

Oremos.

Vader

Corsario137 disse:
26 de fevereiro de 2013 às 13:40

“Com a diferença que não somos a Nova Zelândia!!!”

Infelizmente, meu caro.

Sds.

marciomacedo

Eis uma alternativa para substituir o F-2000: F-18E dos esquadrões que a US Navy vai desativar, com a saída de serviço de até quatro porta-aviões. Usados por usados…

Justin Case

Amigos, Não considero um problema se um país resolve abdicar de ter sua força armada, ou ter algo que sirva apenas para complementar polícia federal, atuar em situações de calamidade pública ou fazer transporte vip/social. Só que isto tem que ser uma decisão nacional, coerente com os ditames da Constituição. O que não pode é ter uma constituição que inclua atribuições para as forças armadas, nas quais estejam estabelecidas tarefas e missões, e que não sejam alocados os meios necessários para que isso seja cumprido adequadamente. No mais, eu tenho certeza que a existência de uma força armada capaz de… Read more »

eduardo pereira

Na eventual destivaçao de Naes do titio Sam poderia ate sair uns F 18 hein. Seria legal.

Baschera

Qualquer vetor “tampão” (coisa de macho) ao invés de “tampax” (coisa de fresco),que viesse a ser escolhido não estaria operacional antes de no mínimo dois anos…. nenhum !!

A FAP (Perú) está com o mesmo dilema…. o que fazer com seus Mirage 2000…. mas pelo menos já estão se mexendo…. delegação de funcionários do MD e da força viajaram a França com as despesas pagas pela DGA para avaliar os tipos de pacotes de atualização disponíveis…..

Sds.

juarezmartinez

Senhores, uma reunião do alto comando em meados de abril deve dar um rumo no negócio que está mais ou menos assim: 1. Com 80% de chances de acontecer: Destinar algo em torno de 6 células de F 5M para o GDA(O 14 e o grupo de caça já estão com algumas células na conserva). 2. Com 10% de chance de acontecer: Destinar 06 células de ST para o GDA 3. Com 09% de chances mde acontecer: Fechar temporariamente o esqudrão(no meu modesto ponto de vista, a seria a medida mais correta) 4. Com 1% de chances de acontecer: Revalidar… Read more »

Mauricio R.

Pelo exposto acima pelo colega Juarez, as posibilidades de os ingleses realizarem a Copa de 2014, são cada vez mais concretas.
Será que eles lá, não gostariam tb de sediar novamente uma Olímpiada???
Somente o próprio Brasil, p/ sabotar assim ao Brasil.

Galeão Cumbica

O Brasil tem que apresentar o plano de seguranca para a FIFA se A ou B nao quiser vir, sorry!!!

GC

Vader

Galeão Cumbica disse: 27 de fevereiro de 2013 às 7:15 “O Brasil tem que apresentar o plano de seguranca para a FIFA se A ou B nao quiser vir, sorry!!!” Ah claro, imagine como seria uma olimpíada sem a maior potência olímpica do mundo… Ou uma Copa do Mundo sem duas das maiores potências européias do futebol, a saber, França e Inglaterra (esta aliás a inventora do futebol). Coisinha sem importância… Bem, como sempre fui contra esses dois eventos, acho pouco. Na verdade, torço é pra que chafurde tudo mesmo. Mas sei que as cacas, trapalhadas e roubalheiras serão escondidas… Read more »

Galeão Cumbica

Imagina se todos os eventos que forem feitos aqui fossem vinculados com “ses” destas grandes potencias.
Eles estao certos de exigir, mas acha que nos nao podemos ficar abrindo para este tipo de pressao.

GC

Roberto Bozzo

Galeão Cumbica disse:
27 de fevereiro de 2013 às 9:01
Imagina se todos os eventos que forem feitos aqui fossem vinculados com “ses” destas grandes potencias.
Eles estao certos de exigir, mas acha que nos nao podemos ficar abrindo para este tipo de pressao.

Eles estão mais do que certos… querem proteger seus cidadãos e pressionam uma republiqueta a fazer o mínimo para isso; errado é este governinho mequetrefe que temos que não consegue compra 36 caças a mais de uma década.

Galeão Cumbica

Acho que nao me fiz entender, acho sim que nos temos que melhorar a defesa principalmente resolver este assunto dos cacas, mas nao pq a republica A ou B exiga.

Sds

GC

Baschera

Galeão Cumbica, O amigo esta errado…. infelizmente ! Eles (americanos, ingleses, franceses, alemães…etc) pressionam mesmo…o que o Juarez escreveu está correto. Quer um exemplo ? A Africa do Sul também foi questionada…. tanto que começou a receber seus novíssimos Gripen JAS-39 C/D pouco antes da Copa do Mundo de 2008 (mas seus pilotos já haviam treinado antes na Suécia), acho que foi em maio do mesmo ano…. e tiveram que, as pressas, “alugar” um esquema de defesa anti-aérea completo de Israel, pagando aos mesmos a módica quantia de Us$ 1 bilhão, na época…… Voce acha que para o país do… Read more »

Optimus

Eu compreendi as palavras do Galeão: ele disse que nossas compras tem que antes de mais nada visar nossas necessidades, o que ele tem razão – mas meu caro, já que não temos política de defesa alguma (me corrijam, mas acho que desde que existimos como país – e ao contrário do que dizem, isso NÃO mudou até agora!) parece que no Brasil pra certas coisas andarem, tem que ser na base da pressão, do “chute no traseiro” mesmo… De repente isso possa (mesmo q não da melhor maneira) ser um “incentivo” para que pelo menos os “líderes” da república… Read more »

Últimas Notícias

O Gripen E vai igualar e, em muitos casos, ser melhor do que os atuais caças de quinta geração, afirma o Chefe da Força...

A Saab apresentou os seis primeiros Gripen E produzidos em série e que em breve ficarão prontos para a...
- Advertisement -
- Advertisement -