domingo, setembro 25, 2022

Gripen para o Brasil

Segundo instituto, JSF não é a melhor opção para a Holanda

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

F-35 voando em elemento - foto 2 jsfmil

Segundo o instituto Clingendael, um cenário futuro para as Forças Armadas Holandesas incluindo o caça de 5ª geração JSF é o menos atrativo.

O instituto, especializado em relações internacionais, levantou quatro opções para as forças armadas e apenas uma delas inclui o JSF, informou a ‘Nos television’ nesta quinta-feira.

A Holanda se comprometeu a comprar duas aeronaves de teste e o ministro da Defesa, Jeanine Hennis, tomará sua decisão final sobre a substituição dos F-16 no fina desse ano.

Intervenção Militar

O Clingendael disse que o JSF será necessário apenas se a Holanda quiser tomar parte das ações ofensivas no início das intervenções militares. Isto permitiria que a Holanda exercesse sua influência na comunidade internacional, contribuindo de forma importante para a OTAN em relação às questões da capacidade militar europeia.

Mas os altos custos do JSF implicarão em sérias limitações para as operações marítimas do país, como papel desempenado pelo país nas ações anti-pirataria. A Holanda também teria menos capacidade em ações humanitárias, segundo o instituto.

“A alteração dos objectivos operacionais das forças armadas é inevitável”, afirma o relatório. No momento em que há uma relação assimétrica entre as ambições do país, o orçamento ea estrutura das forças armadas, afirma o relatório.

Estabilidade

A melhor opção para a Holanda seria a formação de uma “força de estabilização robusta”. Isto significa que o país não tomaria parte nas ações iniciais de uma eventual intervenção em larga escala, mas contribuiria com operações de paz e estabilidade.

Neste cenário, o JSF e os submarinos não seriam necessários, segundo o instituto.

Para o Clingendael este cenário receberia nove estrelas em seu relatório, mas a opção que inclui o JSF receberia apenas cinco.

FONTE: DutchNews (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de originais em inglês)

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

9 Comments

Subscribe
Notify of
guest

9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos

Uma opção para os holandeses é encomendar um novo lote de F-16, o que reduziria custos de treinamento e de manutenção, e futuramente encomendar um lote pequeno de F-35.

Marcos

E uma solução para o Brasil seria armar os Phenom 300 com Sidewinder: teríamos transporte VIP e caças ao mesmo tempo.

HMS TIRELESS

O maconheiro que escreveu esse texto inadivertidamente ressaltou as capacidades do F-35. Veja que ele afirma que “o JSF será necessário apenas se a Holanda quiser tomar parte das ações ofensivas no início das intervenções militares.” Ocorre que foi exatamente isso que a Holanda fez, junto com outros países da OTAN, na campanha do Kosovo, onde um de seus F-16 abateu um Mig-29 sérvio.

Vader

Para a Holanda de fato o JSF é demais. Dois ou três esquadrões de Gripen NG já é mais que suficiente.

thomas_dw

Cancelar o F-35 acaba de vez com o que sobrou da industria aerospacial deles e com o que sobrou da credibilidade da Holanda na NATO.

Giordani

HMS TIRELESS disse:
14 de fevereiro de 2013 às 22:59

Hahahahahahahahahaha! É que na ânsia de desqualificar por desqualificar o produto, faltam argumentos. Eu preferiria que os holandeses jogassem limpo como jogaram os suíços, ao afirmarem que preferiam o Rafale, mas que a grana só dava para o Gripen…

Ivan

A questão proposta pelo Instituto Clingendael não é o JSF, mas o que os holandeses desejam para suas forças armadas. A compra ou não do F-35 Lightning II é apenas o pretexto para reaquecer um antigo debate. Chega a ser explícito em alguns pontos, como por exemplo: “A alteração dos objectivos operacionais das forças armadas é inevitável”, afirma o relatório. Em outra parte sugere transformar as forças armadas em uma força policial internacional, como neste trecho: A melhor opção para a Holanda seria a formação de uma “força de estabilização robusta”. E a opção que eles recomendam fica muito clara… Read more »

joseboscojr

Pessoal,
Meio que fora do tema, mas não tanto:
http://www.youtube.com/watch?v=y44lftPGWvM
Esse vídeo oficial do fabricante do F-35 tá muito interessante e mostra “en passant” as baias internas dele com 6 Amraams.

[…] Segundo instituto, JSF não é a melhor opção para a Holanda […]

Últimas Notícias

Os EUA perderam a supremacia convencional, precisam de investimento para manter a dissuasão

A China avançou tanto e tão rápido em seu poder aéreo e espacial que a capacidade da Força Aérea...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -