quinta-feira, setembro 29, 2022

Gripen para o Brasil

Voos restritos

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

VANT - foto cabo Silva Lopes - Agência Força Aérea - FAB

Ilimar Franco

vinheta-clipping-aereoEmbora tenham autonomia para voar 24h, os Vants, aviões de vigilância do governo, não podem ficar no ar toda essa jornada. Os países vizinhos reclamaram ao Brasil de eventuais invasões de seus espaços aéreos. Outro problema que o governo enfrenta é que, como esses aviões sobrevoam áreas sem conflito, as autoridades precisam cuidar para evitar colisões com outras aeronaves.

FONTE: O Globo, via resenha do EB

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

15 Comments

Subscribe
Notify of
guest

15 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
aldoghisolfi

E que não sejam alvos…

Giordani

Hehehe…muito cumpañero do lado de cá e de lá não quer esses “aviãozinhos” por sobre as suas cabeças…

aldoghisolfi

Giordani deu tiro na mosca… é esse o problema verdadeiro, porque fronteiras aqui entre nós nunca são respeitadas. Tivemos casos
de helis venezuelanos dando razante em aldeias brasileiras, carregando e descaregando ‘mercadorias’ inclusive em estradas de Roraima, se não me falha a memória e como divulgado na mídia da época. Os aviãozinhos começaram a incomdar…

Vader

Os VANTs da FAB foram comprados e estão sendo desenvolvidos com o propósito de dotar a Força de uma arma moderna e capaz. Já os VANTs da PF foram adquiridos pelo Sr. Tarso Genro para fazer a propaganda PeTralha do “Bravfil-Putênfia”, durante o governo do nosso “Sol da Humanidade” nonedáctilo, o “nunca antef na hiftória defte paíf”… Depois viram que a coisa é mais complicada, porque os VANTs tem que trabalhar em coordenação com FAB; que a brincadeira sai cara, e que não é só adquirir as aeronaves: elas tem que ser manutenidas e mantidas; e, por fim, que VANTs… Read more »

gilmarjosilva

Daqui a pouco chegam os caças ( aqueles do FX) e a coisa deve ficar pior com os hermanos…

Mauricio R.

Ué esses vizinhos tb invadem não só o espeço aéreo, como tb o território brasileiro, nada mais lógico tratá-los da mesma maneira.
O problema seria a falta de vontade da petralhada, em contrariar certos interesses.

Mauricio R.

OFF TOPIC…

…mas nem tanto, afinal é sobre designs de UAS russos:

(http://www.flightglobal.com/news/articles/PICTURE-Secret-Russian-UAV-design-revealed-382274/)

Mauricio R.

OFF TOPIC…

…mas nem tanto, afinal é sobre o 1º voo do “predator” indiano:

(http://livefist.blogspot.com.br/2013/02/indias-predator-to-take-off-in-year.html)

PS: Sorry, só me lembrei desta notícia, após postar a anterior!!!

Ivan

Muitos, a imensa maioria, notadamente quem não é leitor do AEREO, 🙂 imagina que os VANTs são simples aviãozinhos sem piloto, baratinhos e que decolam, voam e aterrisa por mágica. VANTs precisam de uma infraestrutura em terra para cumprir suas missões, como estações de comando e controle, estações para receber e processar as informações, equipes de manutenção na base principal e equpes móveis para operar desdobrado, links de comunicação (satélite de preferência), normas claras de vôo e de compartilhamento do espaço aéreo com aeronaves tripuladas militares ou não e por aí vai. Parece um aeromodelo tamanho gigante, mas é muito… Read more »

Ivan

Claro que o vôo de VANTs em território nacional precisa ser regulado e normatizado, mas se a missão é importante para o país, soluções devem ser encontradas para executar as mesmas. Assim sendo, enquanto não resolve o problema dos VANTs, existem outras soluções nacionais prontas. O ‘multi-role’ Super Tucano pode ser uma resposta. A torreta FLIR AN/AAQ-22 Star SAFIRE II, um sensor eletro-ótico e infravermelho, com integração prevista para a aeronave. Com este equipamento pode estabelecer vigilância a maiores altitudes que usando o EyeBall Mk1. Segundo a Embraer, o A-29 pode voar por 3,4 horas apenas com combustível interno e… Read more »

jacubao

Porque que no Brasil tudo é mais complicado, heim?

eduardo pereira

Por que aqui se nao molhar a mao de alguem recebe um nao em alto e bom som contra tudo e todos os principios morais!

Baschera

Ué… mas fazer voar um (genericamente falando…) VANT não é moleza…. que dá tempo para comer pizza, retocar a maquiagem, usar e abusar do celular nas redes sociais…etc ?? Quem já cruzou uma das fronteiras terrestres brasileiras sabe que aquilo ali é uma peneira….. sabendo as manhas…. vc pode levar e trazer o que bem entender. Existem interesses poderosos que atuam neste campo….. e duvido que o simples usos de VANTs faça muita diferença, a não ser mapear e vigiar de mais perto e em tempo real. Mas é necessário uma gama de outras ações para coibir minimamente este “comércio”… Read more »

Edcarlos Prudente

É uma tecnologia muito pratica e eficaz, deixar de operar ou restringir o uso não faz sentido algum! O emprego destas aeronaves pode ser bastante diversificado, não somente para patrulha e vigilância de fronteiras. Pode ser usado em auxilio a Força Nacional de Segurança, Policias, IBAMA, Florestas Nacionais administradas pelo Instituto Chico Mendes e etc.

Claro que muita gente poderosa pode sentir-se incomodada com estes usos!

Optimus

Tudo isso por um simples Vant de vigilância apenas… imagina se tivesse alguns hellfires nas asas: que gritaria os bolivarianos não iam fazer… E eu ia adorar! 😀

Caro Edcarlos, não tenha dúvida que entre os que são contra, muitos deles são alguns que você citou – e o porquê disso, você poderia imaginar…

Sds.

Últimas Notícias

VÍDEO: Novos caças Gripen sobem aos ceús no Brasil

Dois caças Gripen E da Força Aérea Brasileira (FAB) chegaram ao Brasil no último domingo, 25 e voaram hoje,...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -