Home Noticiário Nacional PF responsabiliza FAB por fuga de avião que traria drogas do Paraguai

PF responsabiliza FAB por fuga de avião que traria drogas do Paraguai

368
8

Aeronave pousaria em pista da área rural de Boa Esperança do Sul, SP. Políca armou operação, mas piloto foi alertado por quadrilha e fugiu.

 

A-29 com indicação de frequência na cabine - foto FAB

A Polícia Federal (PF) de Araraquara (SP) afirma que o caça da Força Aérea Brasileira (FAB), que rastreava uma aeronave carregada de armas e drogas vindas do Paraguai e que pousaria em Boa Esperança do Sul (SP), no último sábado (19), estava muito próximo do avião suspeito, o que alertou a quadrilha. A FAB alega que seguia o avião à distância, de forma oculta, e que o piloto da aeronave clandestina não foi comunicado e sequer viu a aproximação do caça.

A PF começou a investigar a quadrilha há cerca de dez dias, quando um dos suspeitos comprou combustível para aviação. O esquema foi descoberto e a operação preparada. “Como havia a possibilidade da invasão do espaço aéreo brasileiro, nós contatamos a FAB para monitorar via radar a invasão e o trajeto dessa aeronave clandestina”, conta o delegado.

A aeronave desceria em um campo de pouso utilizado por aviões agrícolas. No local, três homens aguardavam as armas e drogas. A Polícia Federal montou um cerco ao lado da pista no meio de um canavial, mas, segundo o delegado Alexandre Braga, o avião da FAB estava muito perto e os integrantes da quadrilha que estavam em terra deram o sinal para o piloto não pousar.

O avião suspeito retornou ao país de origem e foi seguido pela FAB por cerca de 800 quilômetros até entrar no espaço aéreo do Paraguai. “Há alguns anos, foi editada a lei do abate que prevê situações como essa, mas quem decide isso é a FAB”, diz o delegado da PF.

Sobre essa possibilidade, a Força Aérea afirma que existe um protocolo, mas que neste caso não era esse o programado. A FAB diz ainda que a aeronave investigada foi identificada e que as informações ainda sigilosas serão repassadas à PF.

Ação

Um homem de 26 anos, suspeito de integrar o grupo que receberia as drogas e armas vindas do Paraguai, morreu após trocar tiros com a PF. Um vereador de Bocaina (SP) foi preso e um terceiro integrante da quadrilha conseguiu fugir.

A polícia apreendeu um revólver calibre 38, uma pistola, munição e um rádio de comunicação. No pátio da PF estão dois veículos usados pelos suspeitos. Um dos automóveis está com o vidro estilhaçado devido à troca de tiros. O outro está carregado com os galões de combustível que serviria para reabastecer o avião.

FONTE: G1

8
Deixe um comentário

avatar
8 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
8 Comment authors
calopesdasilvaandre.dadysDrCockroachGrifojuarezmartinez Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Vader
Visitante
Active Member

Ah que gracinha… A PF monta um cerco no local e a aeronave foge porque os caras viram do solo o Super Tucano da FAB? E o “bloqueio” da PF? Esse eles não viram? Bons esses marginais hein? Que coisa: eles conseguem identificar um A-29 voando no ar, coisa que muito especialista não consegue, mas não conseguem “perceber” que estão “cercados”? Ou será que eles possuem radares de acompanhamento do espaço aéreo, mas não tem o velho Eyeball Mk1, além do ‘desconfiômetro” bem próprio desse tipo de bandidagem, para perceberem o cerco da PF? Me recuso a acreditar que a… Read more »

Giordani
Visitante
Member
Giordani

Falta de planejamento. Só no que posso pensar com base nestas informações editada pelos famosos estagiários do G1. Simplesmente uma bagunça! Montar cerco ao lado dos marginais. O piloto marginal não viu, ele focou apenas em 2 graus a sua frente e nada mais!! Foi o pessoal em terra que localizou o A-29?!?!?! E voou 800km dentro do território brazileiro sem ser interrogado? Questionado? Forçado a pousar???? Ah! Por favor! Se isso for verdade, essa Lei do Abate é tão séria, mas tão séria quanto mapa astral!!!!! Eu já escrevi em outra oportunidade e repito, jamais, JAMAIS, um avião será… Read more »

Diegolatm
Visitante
Diegolatm

Essa história está muito mal contada….não acredito nessa reportagem.

juarezmartinez
Visitante
Member
juarezmartinez

Srs. Quem conhece os meandros do dia a dia operacional nas fronteiras, sabe que isto é corriqueiro, e que a lei do abate é para Inglês ver.
Nenhgum avião será abatido enquanto estiver a turma que está ai, pois os militares sabem das armadilhas envolvidas no processo e quem vai acabar em umTribunal militar será o comandante da força e o piloto que efetuar o abate.

Os traficantes estão trazendo crianças a bordo e quando são abordados pelos interceptadores, colocam as crianças na porta da aeronave(normalmente aparetando serem menores do 10 anos), já viram o tamanho do pepino…então….

Grande abraço

Grande abraço

Grifo
Visitante
Grifo

Senhores, mais uma trapalhada da Polícia Federal, que quer colocar na FAB a culpa dos meliantes terem visto os policiais fazendo tocaia em solo e avisado a tripulação do avião.

De resto a chamada Lei do Abate é uma piada legal que jamais será utilizada pela FAB que não quer os seus oficiais sendo julgados por homicídio.

DrCockroach
Visitante
DrCockroach

Historia realmente mal-contada, trabalho de jornalismo fraquissimo, etc, etc.

Mas sem saber realmente o que aconteceu, o que os brasileiros querem eh que as duas organizacoes (PF e FAB) trabalhem em harmonia; os comentarios do delegado p imprensa sao de uma infelicidade total ( mesmo que fossem eventualmente verdadeiros) e depoem contra ele mesmo. Diria:
“Vc tem o direito de permanecer calado, caso decida falar, tudo que disser poderah ser usado contra vc…”

Falta ordem na casa.

[]s!

andre.dadys
Visitante
andre.dadys

Companheiros,

Ao observar outros fatos passados, podemos conjecturar:
– A PF opera (ou tenta operar) VANTs. A CIA opera UAVs armados.
– A PF demonstra grande vontade vontade de aumentar a sua atuação nas fronteiras.
– A PF gosta de aparecer.

Por outro lado:
– A FAB vem fazendo o possível para manter suas aeronaves em condição de voo.
– A FAB tem limitações de voo com os caças (mesmo os ALX)
– A FAB está seguindo os protocolos da Lei do Abate.

O que podemos concluir:
A PF daqui a pouco vai querer comprar o SuperTucano para patrulhar as fronteiras e abater outras aeronaves.

A megalomania de alguns é insuperável!

calopesdasilva
Visitante
calopesdasilva

Completando a ideia do Andre.dadys, na próxima solicitação de auxílio da PF, a FAB (que tem a maioria esmagadora de seus militares, inclusive os pilotos dos E99 e dos A29, ganhando uma fração dos agentes da PF que estavam no cerco) devia sugerir que a ilibada PF monitore os aviões do narcotrafico com seus proprios VANT, que, aliás, custaram mais que o dobro do que os comprados pela FAB e, até a ultima informação que li pela imprensa, não operavam por incompetencia administrativa e tecnica daquela instiuiççao