quarta-feira, outubro 20, 2021

Gripen para o Brasil

FUMAÇA – Novo avião será apresentado nesta terça (18) em Pirassununga (SP)

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O novo avião da Esquadrilha da Fumaça, o A-29 Super Tucano, será apresentado nesta terça-feira (18) com as novas cores, na Academia da Força Aérea (AFA). A primeira exibição pública marca a cerimônia militar de Passagem de Comando do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA). O Tenente-Coronel-Aviador Marcelo Gobett Cardoso assume o cargo no lugar do Tenente-Coronel-Aviador Wagner de Almeida Esteves.
A pintura do novo A-29 é baseada nas cores da bandeira nacional. O avião vai substituir a aeronave T-27 Tucano, utilizada nas manobras há 29 anos. A nova aeronave vai garantir mais potência na realização das acrobacias.

Recordes – No ano em que completou seis décadas de história, o Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA) quebrou mais um recorde de apresentações: foram 130 em 16 estados brasileiros e em quatro países da América do Sul. Em 2011, a Fumaça realizou 122 demonstrações.

Nesses 60 anos, a imagem da Esquadrilha ficou marcada pela precisão, pela lógica. Entretanto, é no intangível que está o maior legado da Fumaça.

De acordo com o comandante do EDA, Tenente-Coronel Aviador Wagner de Almeida Esteves, os pilotos que integram o grupo já perderam a conta de quantas letras foram escritas nos céus ao longo do ano. “É difícil mensurar o carisma que essas apresentações despertam ou o quanto já foi publicado levando a imagem da FAB em espaços privilegiados do nosso país e do mundo”, afirma o comandante. “Essa é a alma da Fumaça. Aqui nós decolamos em busca da linguagem da emoção,” finaliza.

Circuitos – As missões internacionais da Fumaça neste ano incluíram manobras no Chile, Argentina, Bolívia e Venezuela. Em Santiago, capital chilena, a apresentação foi na Feira Internacional do Ar e do Espaço (FIDAE), uma das mais importantes feiras da América do Sul.

O Circuito Cívico, apresentações realizadas em homenagem ao Dia da Independência, abrangeu 15 cidades das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Outra missão que, também, merece destaque é a trajetória por nove cidades no Circuito Nordeste realizada em novembro.

FONTE: Agência Força Aérea

- Advertisement -

15 Comments

Subscribe
Notify of
guest
15 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Samuel B. Pysklyvicz "Jaguar"

Ficou show. Imagina o Barulho e a potencia dessa maquina.

Vader

Legal.

glaison

Linda pintura.

Roberto F Santana

Se fosse me dado o direito de opinar, eu diria que a pintura ficou feia. Quando do surgimento da república, infelizmente, a tarefa de desenhar e elaborar a nova bandeira ficou para um punhado de positivistas infelizes e de péssimo gosto. De desenho desarmonioso, sem sentido e incompreensível, nossa bandeira não é das mais belas. O pior, no entanto, ficou no desastre da combinação das cores. A combinação do verde, de matiz terrivelmente forte, é impossível com o amarelo, muito quente. Existe um conflito na harmonia entre estas duas cores e mesmo com a adição do azul, que combina perfeitamente… Read more »

Ozawa

E eu que já tava prestes a dizer que tinha ficado…, interessante…, bonitinho…, hummmm…, tá bem, belíssimo… Mas depois de ler esse parecer histórico-cromático-pictorial… Nem sei o que dizer…

Roberto F Santana

A bela está na simplicidade das coisas.
Olhe esse azul, olhe esse amarelo…

http://www.youtube.com/watch?v=W6tB8Lf7YoU

Roberto F Santana

beleza

Marcos

Poderiam ter feito uma nova pintura, não esse dai, derivada do Ana Raio, que aliás já cansou e é feia que dói.

Marcos

Na verdade a bandeira do Brasil deriva da bandeira do Império do Brasil, em verde com losango em amarelo, tendo ao centro o Brasão Imperial, cuja cor verde se refere à casa de Bragança e a amarela à casa de Habsburgo.

A primeira bandeira Republicana, também em verde e amarelo, se assemelhava à bandeira americana: quadro de estrelas do lado esquerdo e ao alto, e o restante com traços horizontais.

jcsleao

Roberto,
Permita-me fazer um comentário a respeito do seu post. As cores de nossa bandeira têm origem no surgimento da Casa Imperial Brasileira. Nossas cores nacionais são as mesmas desde então. O verde refere-se à casa de Bragança à qual pertencia D Pedro I do Brasil (Pedro IV de Portugal). Já o amarelo representa a casa dos Habsburgo, à qual pertencia D Leopoldina.
Após a proclamação da República o brasão imperial foi substituído pelo globo azul com as estrelas e a faixa com a inscrição Ordem e Progresso.
Infelizmente sou obrigado a concordar que o resultado não foi dos melhores…

Roberto F Santana

Prezados Marcos e jcsleao, Obrigado pelas informações. Toda cor é em si bonita.Não existe cor feia. As cores de nossa bandeira, isoladas ou bem combinadas são agradáveis à visão.E claro, não há dúvida da origem nobre de nossas cores.O que não cai bem é justamente a combinação desse tipo de verde com o amarelo. Isso, aliado ao desenho da bandeira, especialmente o losango, torna a bandeira não muito atraente.O losango não quebra a harmonia do conjunto. Por exemplo, a bandeira do Japão é extremamente simples e de boa combinação e possui um simbolismo forte, pode representar o sol que nasce… Read more »

Mayuan

Felizmente não existe opinião errada, apenas as diferentes. Como, de resto, opinião é como nariz, todo mundo tem, discordo do distinto colega pois gosto muito tanto da bandeira, quanto da pintura dos aviões do EDA. Feias pra mim são aquelas bandeiras com AK47 estampado (Moçambique) ou a do Iraque, por exemplo, entre outras. Ainda assim, respeito a opinião do colega.

Vader

Prezado Roberto, bom dia. Como bem lembrado pelo Marcos, o losango da Bandeira do Brasil não tem nada a ver com os positivistas. Ela deriva da bandeira imperial, que utilizava por seu lado as cores da Casa de Bragança e dos Habsburgos. Aqui a bandeira imperial brasileira: h*tp://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/4/40/Flag_of_Empire_of_Brazil_%281847-1889%29.svg Aqui, a primeira bandeira imaginada por Ruy Barbosa, que tremulou por apenas 4 dias: h*tp://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/2/23/Flag_of_Brazil_15-19_November.svg Sinceramente acho o Pavilhão Nacional dos mais belos e criativos do mundo. Enquanto o planeta inteiro usa listras, nós não usamos. Somos o único país a colocar uma abóbada celeste no pavilhão. A critica pode ser feita… Read more »

Marcos

Para finalizar:

A questão da bandeira é bastante simbólica. Do mesmo modo que trouxe as cores do Império para a República, trouxe consigo os problemas: apadrinhamento político, indicações de famílias, parte da sociedade vivendo em castas, enfim, tudo isso que ai está hoje.

glaison

Prefiro totalmente a pintura dos Super Tucanos novos do que essa do Blue Angels. Assim como também acho a nossa bandeira uma das mais belas do mundo.

Obs.: Opiniões..

Últimas Notícias

Acompanhe a estreia do 1º episódio da websérie Colaboração Real 4 no YouTube

Em 21 de outubro, às 11h, estreia o primeiro episódio da quarta temporada da websérie Colaboração Real no canal...
- Advertisement -
- Advertisement -