sexta-feira, março 5, 2021

Gripen para o Brasil

Ladrões levam motores de F-16 em Israel

Destaques

Defesa aérea da Sérvia atingiu outro F-117 durante a Operation Allied Force

A história de como um jato de ataque stealth F-117 Nighthawk da Força Aérea dos Estados Unidos foi abatido...

HENSOLDT: Sistemas antidrone e de proteção de áreas críticas e estratégicas

Nos últimos anos, a venda de drones cresceu muito no mundo. Esses objetos voadores, cada vez mais comuns em...

FAB coordena Operação Escudo Antiaéreo

Operação aconteceu de forma conjunta entre a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira No período...
Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Na quinta-feira passada, 6 de dezembro, o jornal “The Times of Israel” publicou notícia de que diversos motores utilizados nos caças F-16 da Força Aérea Israelense foram furtados de uma base aérea nos territórios ocupados.  As investigações policiais preliminares indicam que tanto militares quanto pessoal civil da base podem ter ajudado os ladrões  – afinal, esses motores são itens grandes e pesados.

Não se sabe para que seriam usados os motores ou se os ladrões buscavam apenas o metal. Também ainda não está claro quando o fato aconteceu e nenhum suspeito havia sido preso até a publicação do ocorrido. Em incidente de junho do ano passado, partes de caças F-15 e F-16 de uma base militar próxima a Tel Aviv foram encontradas quando a polícia fazia buscas num depósito utilizado por mercadores de sucata.

Nos últimos meses, roubo de material militar tem sido um problema. Em maio, dois veículos todo-terreno foram subtraídos da Base do Exército de Ketziot no sul do país e, em janeiro, perto de 1.500 cápsulas de munição de carro de combate foram furtadas de outra base no sul.

Sobre roubos de cápsulas de munição, assim como sobre o assunto do furto dos motores, a Arutz Sheva (Israel National News) já trazia uma matéria publicada originariamente em junho deste ano, detalhando várias das ações noticiadas pelo Times of Israel.

Especificamente sobre o interesse de ladrões de metal Beduínos em cápsulas de munição, a matéria trazia um vídeo do Channel 2 (abaixo), mostrando como estes usam veículos todo-terreno para entrar em zonas de treinamento militar de Israel durante exercícios de tiro. Segundo o vídeo, eles coletam cápsulas ejetadas e outros itens e há ordens por parte do Exército proibindo soldados de atirar nos ladrões, que assim operam às claras.

A matéria fala em problemas para os militares lidarem com ladrões devido à “infiltração de esquerda neo-marxista” no escritório do procurador das Forças Armadas de Israel, o que faz com que soldados que atiram em árabes sejam processados.

FONTES: The Times of Israel e Arutz Sheva – Israel National News (também vídeo)

Compilação, tradução e edição do Poder Aéreo a partir de originais em inglês.

FOTO DO ALTO (em caráter meramente ilustrativo): USAF

- Advertisement -

12 Comments

Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
DrCockroach

🙂 Este video da materia fez meu dia, nada como comecar com muitas risadas.

Os beduinos, com aquelas motos todo terreno (?), no meio do treinamento p/ coletar/roubar capsulas eh absolutamente comico; este mereceria um episodio do Comedy Central; nao sei se com o Homer Simpson ou, provavel, o Alan do “Two and a Half Man”…

Imagine sentar numa mesa de bar com estes beduinos e escutar as explicacoes deles, deve ser divertidissimo…ah sim, claro que bebem tb, especialmente estes.

Os colegas podem ficar indignados, mas o DrCockroach achou muito divertido (nao deixem de ver o video).

[]s!

Giordani

“…problemas para os militares lidarem com ladrões devido à “infiltração de esquerda neo-marxista” no escritório do procurador das Forças Armadas de Israel, o que faz com que soldados que atiram em árabes sejam processados.”

Não sabia que o braZil estava exportando marias-do-rosário…
😉

Vader

Putz, até lá tem essa desgraça…

Nick

Quanto será que os chineses pagariam por esses motores??? 🙂

[]’s

Marcelo

Nick disse:
10 de dezembro de 2012 às 8:57

boa pergunta. Com certeza, milhões de qualquer dinheiro que pedirem…

Vader

A pergunta deve ser: como sair com vários motores de F-16 pela fronteira mais vigiada e protegida do planeta?

R: impossível.

De mais a mais não sei até que ponto teriam serventia para os chinas, que não conseguem reproduzir (leia-se: copiar) sequer motores russos da década de 80.

Observador

Nick disse: 10 de dezembro de 2012 às 8:57 Tirou as palavras de minha boca. Vader disse: 10 de dezembro de 2012 às 9:19 A resposta correta é: bem possível. Afinal de contas, os israelenses tem todo o seu aparato de segurança montado e voltado para impedir que coisas ENTREM nos territórios ocupados e não que saiam. E para a China sempre é negócio tomar contato com tecnologia sensível; mesmo que não consigam reproduzí-la de imediato, sempre aprendem muito com a análise. Basta lembrar o incidente ocorrido em 2001, quando um EP-3 americano colidiu com um caça chinês e foi… Read more »

Vader

Observador disse:
10 de dezembro de 2012 às 11:23

“E não sei se existe falta de capacidade ou falta de interesse político em copiar as turbinas russas”

O loco meu caro, os caras já copiaram o avião (Su-27) inteiro! Claro que há interesse em copiar as turbinas russas, tanto que já o fizeram. Só que a qualidade, segundo as próprias autoridades chinesas, deixou muito a desejar.

No mais, uma coisa é desmontar e estudar. Outra bastante diferente é entender ao ponto de conseguir replicar à perfeição.

Sds.

Observador

Vader,

A relação dos dois países é para lá de complicada. Os chinenes vem copiando descaradamente a aviação russa desde o MIG-21 ( ou J-7).

No entanto, os russos continuaram vendendo seus aviões aos chineses, mesmo cientes que seriam copiados.

Estranho, não?

No entanto, os chineses que já tem projetos de quinta geração e já colocaram um “taikonauta” em órbita, ainda não conseguiram copiar satisfatoriamente uma turbina?

Para mim, tem caroço neste angu.

Clésio Luiz

Um dos protótipos do J-20 está equipado com turbinas chinesas. E me parece que os Flankers (J-11B) copiados por eles estão usando a turbina chinesa. Então, o que não foi copiado com sucesso?

Vader

Clésio Luiz disse:
10 de dezembro de 2012 às 19:37

Segundo as próprias autoridades chinesas a turbina não é confiável em durabilidade e deixa a desejar em potência e controle.

Acho que tem matéria aqui no Aéreo sobre isso.

thomas_dw

Levaram pecas do motor – nao o motor, imagine sair com um motor de 1.6 t de uma base sem ninguem notar.

Combates Aéreos

Caças J-11 chineses venceram os Gripen tailandeses no dogfight

Mas os Gripen da Tailândia venceram no combate BVR Uma palestra proferida na Universida de Politécnica do Noroeste da China...
- Advertisement -
- Advertisement -