Home Noticiário Internacional Argentina avalia oficialmente o sistema EMB 145 AEW&C, segundo site

Argentina avalia oficialmente o sistema EMB 145 AEW&C, segundo site

739
12

O site “Interdefensa Militar Argentina” publicou nesta quarta-feira, 5 de dezembro, notícia a respeito de demonstrações operacionais que estão sendo feitas no país vizinho do sistema EMB 145 AEW&C da Embraer.

Segundo a reportagem, no dia 2 de dezembro um EMB 145 AEW&C (E-99 FAB 6704) da Força Aérea Brasileira (FAB) chegou à I Brig. Aérea “ El Palomar”, da Força Aérea Argentina. A notícia acrescenta que não se trata de um simples fato protocolar, pois a visita da aeronave tem um caráter de missão militar ligada ao acordo prévio dos ministérios da Defesa de Brasil e Argentina.

O E-99 FAB 6704 chegou acompanhado de um Hercules C-130, também da FAB, que trouxe equipamentos de apoio. A missão brasileira deverá permanecer na Argentina por duas semanas, realizando demonstrações operacionais do sistema de AEW&C (alerta aéreo antecipado e controle). Ainda segundo o site, a Argentina avalia a possibilidade de alugar três aeronaves, podendo em seguida adquirir três exemplares novos, para a missão principal de controlar a fronteira norte do país.

A matéria também faz referência ao desenvolvimento dessa tecnologia ISR (sigla em inglês para inteligência, vigilância e reconhecimento) pela empresa argentina INVAP, embora os primeiros resultados desse trabalho não devam aparecer antes de uma década.

FONTE / FOTOS: Interdefensa Militar Argentina (matéria de M.R. Cimino e foto do alto de B. Inchcape)

Tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em espanhol

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Diegolatm
Diegolatm
7 anos atrás

Leasing de 3 E-99…Ta certo…eu acredito!

Os hermanos não tem orçamento para colocar os navios da marinha em mais de 150 dias no mar… imagina para “alugar” três caros aviões de vigilância da Embraer.

Acho que já estamos prontos para levar um calote Hermano e quem vai pagar o “pato” somos todos nós brazucas.

Vader
7 anos atrás

Ia dizer isso, ahahaha, mas o colega foi mais rápido.

Bom a Embraer se cuidar, senão lá vem calote.

Vader
7 anos atrás

Aliás, com a bocuda-caloteira a Argentina não está apenas perdendo dinheiro: está perdendo credibilidade.

Ninguém em sã consciência, a não ser quer seja cumpanhero de Foro de São Paulo (ou tenha o BNDES no bolso…), vende nada pra Argentina senão tiver dinheiro VIVO. E quando digo dinheiro digo DÓLAR, nada do ridículo peso argentino que nem os argentinos sabem mais quanto vale, dado que os índices de inflação e câmbio são manipulados a bel prazer.

Ricardo Santos
Ricardo Santos
7 anos atrás

Isso, se a FAB não alugar os dela!!!

Giordani
7 anos atrás

“Pozolha”…desde que não tenha dinheiro do BNDE$ no meio…tá valendo! Mas é uma insensatez das grandes! Pra quê os hermanos querem uma aeronave AEW&C, consumidora de recursos, se nem força ou polícia aérea eles tem????

Vão alugar sim…no dia em que o FX for finalizado!

Requena
Requena
7 anos atrás

A possibilidade de levar um calote dos hermanos é de 110%…

shipbuildingbr
shipbuildingbr
7 anos atrás

Pô Diegolatm, 150 dias de mar/ano é um numero de respeito em qualquer marinha 🙂

Para você ver fora os nossos Gururus poucos navios fazem isso em um ano. É logico que isso varia de um ano para o outro e de um navio (e seu estado) para o outro.

abç

Guilherme Poggio
Editor
7 anos atrás

Isso mesmo Nunão. Segundo reportagem publicada lá no Poder Naval só tem verba para 161 dias de patrulha para 2013.

http://www.naval.com.br/blog/2012/11/24/52812/#axzz2EDQdaYtw

Vader
7 anos atrás

É o que eu ia dizer…

joubertfreire
joubertfreire
7 anos atrás

Os Hermanos irão testar e na hora de comprar, vão comprar o Saab, o radar é o mesmo e o avião é mais barato, rsss, mui amigos…rsss..