Saab e GE Aviation reforçam laços com empresas nacionais

O plano de transferência de tecnologia da Saab em relação à proposta do Gripen NG para o programa F-X2 foi fortalecido pela parceira GE Aviation que assinou Memorandos de Entendimento (MOU) com uma série de companhias nacionais da área aeroespacial. O MOU permitirá que as companhias brasileiras sejam fornecedoras mundiais de componentes e façam parte da rede de fornecedores da GE.

O MOU foi assinado com as empresas Grauna Aerospace S.A., Increase Aviation Service Ltda., TAP Maintenance and Engineering, Avio do Brasil e AKAER.

“A GE Aviation está contente em expandir a excelente relação com o Brasil, onde desenvolvemos tecnologias de ponta com empresas locais e recentemente lançamos um centro de tecnologia no Rio de Janeiro,” disse Tom Champion, diretor de cooperação industrial da GE Aviation.

FONTE: DefPro (tradução e adaptação do Poder Aéreo a partir do original em inglês)
FOTO: Reuters

ATUALIZAÇÃO: Saab e GE Aviation fortalecem laços com a indústria aeroespacial do Brasil

 

O plano da Saab de transferir tecnologia do Gripen NG, dentro do contexto do programa F-X2, acaba de receber um reforço: a assinatura de um Memorandum of Understanding (MoU) entre a GE Aviation e várias empresas aeroespaciais brasileiras.

Com a assinatura, os fornecedores brasileiros passam a fazer parte da cadeia global de suprimento da GE e a proposta da Saab à Força Aérea Brasileira, referente aos componentes internos do Gripen NG, também foi fortalecida.

Os MoUs assinados com a Grauna Aerospace S/A, a Increase Aviation Service Ltda., a TAP Maintenance and Engineering, a Avio do Brasil e a Akaer, preveem conhecimento especializado local nas diferentes áreas de manutenção, fabricação e engenharia aeronáutica.

“A GE Aviation tem o prazer de se fundamentar em sua excelente relação com o Brasil, onde desenvolvemos tecnologias de ponta com a indústria local e inauguramos nosso mais novo centro de pesquisa tecnológica, no Rio de Janeiro”, disse Tom Champion, diretor da GE Aviation Industrial Cooperation.”Por meio de um treinamento prático no próprio trabalho, a GE ajudará a desenvolver capacitações industriais no Brasil, posicionando o país para competir no mercado aeroespacial por muitos anos no futuro”, completou.

O potencial de cooperação da GE Aviation diz respeito ao desenvolvimento de programas com empresas aeoespaciais do Brasil, a fim de estabelecer suporte de longo prazo para aeronaves. Os programas devem incluir transferência de tecnologia, treinamento em manutenção e montagem, bem como em inspeção e testes de motores.

“Estou muito satisfeito com o suporte continuado dado pela GE, demonstrando seu compromisso com as nossas atividades conjuntas, no Brasil. A Saab e a GE mantêm uma longa e bem-sucedida parceria no programa Gripen”, disse Åke Albertsson, gerente-geral da Saab no Brasil.

A Akaer já participa do programa do Gripen NG, o que inclui projeto, ferramental e industrialização. Em maio de 2012, a Saab reforçou suas relações com a Akaer, por meio de investimentos financeiros, levando adiante outro estágio importante para futuros projetos, desenvolvimentos e produção do Gripen no Brasil.

A proposta do Gripen NG, feita pela Saab no Brasil, inclui um plano de transferência de tecnologia para equipar a indústria brasileira, com as capacitações necessárias (técnicas e conhecimento), nas áreas de desenvolvimento, produção e manutenção da aeronave.

A transferência de tecnologia será executada, por meio de um trabalho prático de desenvolvimento, fabricação, operação e futuras modernizações do Gripen NG no Brasil. Trata-se de uma aliança estratégica com a indústria local, na qual o Brasil atuará como um parceiro.

Sobre a Saab AB

A Saab atende o mercado com produtos líderes mundial, serviços e soluções que vão desde a defesa militar até a segurança civil. A Saab mantém operações e funcionários em todos os continentes e constantemente desenvolve, adota e aperfeiçoa novas tecnologias para atender às necessidades de seus clientes.
Sobre a GE Aviation

A GE Aviation, uma unidade operacional da GE [NYSE: GE], é uma das principais fornecedoras, no mundo, de motores de jatos, turbinas e turbohélices, bem como de componentes e sistemas integrados para aeronaves comerciais, militares, executivas e outras. A GE Aviation mantém uma rede global de serviços, em apoio a estas ofertas.

DIVULGAÇÃO: G&A Comunicação Empresarial / IMAGEM DO MOTOR: GE

Subscribe
Notify of
guest

3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos

Daqui a pouco a Boeing estará fabricando o F-18 por aqui, a Saab o Gripen e a Dassault o Rafale, talvez até os russos fabriquem o Su-35 por aqui, não só as aeronaves, mas motores, aviônicos, radares, eletrônica, tudo, absolutamente tudo, e o governo brasileiro continuará com seu “será que devo, será que não devo? ó dúvida cruel!”
O programa FX já virou piada faz tempo.

Hamadjr

Marcos vc é sujeito pessimista, o governo vai comprar 10 Saab, 10 SH-F18 10 Gripem e 6 Rafale, já o SU-35 é para a próxima compra, neste caso daqui a 30 anos vão comprar 10 F-35 10 SU-35 10 J9 e 6 F-22 modernizado.
Mas claro que isto só vai ser possível se o mundo não acabar agora em 2012.

Giordani

E o F-20 vive!!!!