Home Asas Rotativas Novo pouso forçado de EC225 no Mar do Norte – transmissão pode...

Novo pouso forçado de EC225 no Mar do Norte – transmissão pode ser a causa

830
30

Na terça-feira, 23 de outubro, o jornal britânico The Telegram noticiou (com informações da Associated Press) o pouso forçado no Mar do Norte de um helicóptero EC225 da empresa CHC Helicopter Corp, que transportava trabalhadores de uma plataforma de petróleo na segunda-feira. A Guarda Costeira britânica informou que as 19 pessoas a bordo foram resgatadas.

O acidente deu-se no voo de volta da plataforma, a 50 quilômetros a sudoeste das Ilhas Shetland, arquipélago escocês. O helicóptero ainda flutuava qundo seus ocupantes foram resgatados do bote salva-vidas e levados para um navio-tanque próximo.

Helicópteros Super Puma, em especial, têm estado sob escrutínio após uma série de acidentes e incidentes. Neste ano, o Bond Aviation Group suspendeu alguns de seus voos após um pouso forçado de um Super Puma de sua frota no Mar do Norte. Em abril de 2009, 16 pessoas morreram quando uma aeronave do tipo caiu no mar após uma falha na caixa de transmissão, poucos meses após outro Super Puma ter feito pouso forçado no Mar do Norte, quando 18 pessoas foram resgatadas com apenas pequenos ferimentos.

Falha de componentes da caixa de transmissão pode ter sido a causa

Na quinta-feira, 25 de outubro, o site Flightglobal noticiou que as investigações iniciais sobre o pouso forçado do Eurocopter EC225 Super Puma mostra grandes similaridades com outro pouso na água controlado, envolvendo o mesmo tipo de aeronave, em maio deste ano. Novamente, falha em um componente crítico da caixa de transmissão pode ser o responsável pelo incidente.

Segundo boletim da AAIB (Air Accidents Investigation Branch) do Reino Unido, a tripulação da aeronave de indicativo G-CHCN fabricada em 2007 fez o pouso forçado após um aviso de que o sistema de lubrificação da caixa de transmissão falhou. Uma tentativa de operar o sistema de emergência recebeu o mesmo aviso de falha.

Segundo a AAIB, o incidente de 10 de maio deste ano, envolvendo o EC225 de indicativo G-REDW da Bond Offshore Helicopters apresentou uma série de fatos similar, envolvendo a perda do sistema principal de lubrificação da caixa e aviso subsequente de falha no sistema de emergência. Porém, boletim de 17 de outubro concluiu que o sistema de emergência estava operando corretamente, apesar de ter dado um “falso aviso” de falha. Foi recomendado à Eurocopter a revisão do projeto do sistema para que forneça as informações corretas aos pilotos.

Exame preliminar da caixa de transmissão principal da aeronave G-CHCN mostrou, da mesma forma que a G-REDW, uma fissura nos 360˚ de circunferência na engrenagem cônica (bevel gear) do eixo vertical, segundoAAIB. Isso significa que a engrenagem que operava a bomba de óleo principal não estava mais sendo acionada.

Já havia sido publicada uma diretiva da EASA para monitoramento do sistema em helicópteros do tipo com certo tempo de uso, mas a transmissão da aeronave  G-CHCN não fazia parte desse universo. A EASA e a Eurocopter estão revisando seus requerimentos para estender a abrangência da diretiva.

Os três principais operadores de helicópteros no Mar do Norte, CHC, Bond e Bristow, proibiram os voos de suas frotas de EC225 e AS332L após o incidente, e a proibição ainda estava valendo na quinta-feira (25/10).

Ainda segundo a FlightGlobal, a Eurocopter afirmou que “a investigação em curso permitirá que entendamos melhor as exatas circunstâncias do incidente e possamos prover aos nossos clientes as necessárias informações e explicações que permitam a retomada das operações seguras.”

FONTES: The Telegram e Flightglobal (compilação, tradução e edição do Poder Aéreo a partir de originais em inglês)

COLABORARAM: Ricardo Recife e Maurício R.

FOTOS: CHC (aeronaves EC225 e AS332 de sua frota)

VEJA TAMBÉM:

30
Deixe um comentário

avatar
29 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
16 Comment authors
NickRomauBROptimusBascheraClésio Luiz Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Clésio Luiz
Visitante
Member
Clésio Luiz

Ô notícia gloriosa para os xenófobos de plantão! Imaginem as repercussões. Isso é munição para falar mal dos franceses por pelo menos 5 anos!!!

Vader
Visitante
Member

Isso porque é a versão civil da Kombi-Voadora. Imaginem os problemas da versão militar…

A cada dia que passa o apelido fica mais próximo da realidade…

juarezmartinez
Visitante
Member
juarezmartinez

Ô notícia gloriosa para os xenófobos de plantão! Imaginem as repercussões. Isso é munição para falar mal dos franceses por pelo menos 5 anos!!! Leia mais (Read More): Novo pouso forçado de EC225 no mar do Norte – transmissão pode ser a causa | Poder Aéreo – Informação e Discussão sobre Aviação Militar e Civil Não há necessidade dos “Xenófobos de plantão”, aos quais eu me incluo e penso que o adjetivo que mais de adecua a estes é “os com bom senso de plantão”, pois os produtos desta empresa falam por si só, logciamente com a ajuda de ícones… Read more »

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Uma pane dessas por aqui, com Madame Min dentro, ia ser divertido.

Giordani
Visitante
Member

Ao menos bóia…

HRotor
Visitante
Member
HRotor

Shit happens, be ready… Um helicóptero é um sistema de forças poderosas girando e sendo lubrificadas continuamente. Diferente de um avião, em um helicóptero, além dos motores, tem-se as asas rotativas e as caixas de engrenagens e eixos de transmissão sendo submetidos a forças centrífugas, aquecimento e vibração extremas. Tudo tem que estar em perfeito equilíbrio. A vibração é um dos fenômenos mais complexos em um helicóptero. Toda massa girando a altas velocidades possui uma frequência própria de vibração. Como são vários componentes diferentes girando, existe ainda a interação entre as diversas frequências, podendo haver ressonância, que pode levar à… Read more »

Vader
Visitante
Member

Giordani disse:
26 de outubro de 2012 às 12:57

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!! 🙂 🙂 🙂 🙂 🙂

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Giordani:

É uma lei da natureza! M… bóia.

Franco Ferreira
Visitante
Franco Ferreira

1- Sobre as fotos: (a) a primeira contém um estranho conjunto de 2 prefixos (um francês e outro inglês); (b) a segunda é brasileira; (c) a legenda diz “FOTOS: CHC (aeronaves EC225 e AS332 de sua frota)”. Pergunto: Esta CHC é brasileira ou inglesa?

2- Bela dissertação, HROTOR!

Vader
Visitante
Member

Sabem que observando bem a versão civil da Kombi nem é tão feia assim? Pelo menos o da 1a foto, com o radome pintado na cor da aeronave, nem é tão horrendo. Mantém o jeitão de Kombosa, mas pelo menos dá um ar retrô de “bondinho-do-Pão-de-Açúcar”…

🙂

HRotor
Visitante
Member
HRotor

(Obrigado Franco, só alguns humildes pitacos…)

A CHC é uma empresa multinacional “canadense” (as aspas são pelo pool globalizado de investidores que atualmente a gerenciam).
Há alguns anos, a CHC comprou a BHS, que é (ou era…) brasileira…
As aeronaves do grupo CHC operam off shore no mundo todo, têm pinturas similares, azul, branca e vermelha, e recebem a matrícula conforme o país em que voam.
A BHS segue as normas operacionais da CHC. Até os check-lists são idênticos no mundo todo.
Esta semana, a BHS também interrompeu a operação dos 225, conforme mostra o artigo.
Sds

HRotor
Visitante
Member
HRotor

O Vader anda com os dois pés no lado negro da força…

Galeão Cumbica
Visitante
Galeão Cumbica

Como passageiro desta aeronave, não tem como comparar com o S-92 com o 225, a Lider me parece que tem mais 225 do que a BHS.

Ivan
Visitante
Member
Ivan

Galeão Cumbica,

Vc já voou, mesmo como passageiro, no EC225 e no S-92?
Ou apenas no EC225?

Poderia escrever aqui suas impressões sobre o vôo destes helicópteros?

Grato,
Ivan.

Mayuan
Visitante
Mayuan

Só me pergunto de que adianta ficar nesse eterno mimimi reclamando de aeronaves que já foram compradas e vão ser usadas por décadas. O plano é esse mesmo? Ficar reclamando por vinte anos? Só curiosidade mesmo mas nem se preocupem em me responder.

Galeão Cumbica
Visitante
Galeão Cumbica

No embarque das plataformas do presal sao em torno de 1:30 de voo saindo de jacarepagua, e sim ja voei nas duas e posso dizer como usuario que o S 92 e uma aeronave superior pois pelo nivel de vibração, acabamento, posicionamento de bancos (o S92 cabem 18 pessoas confortaveis e mais um comissario mais piloto e co, o EC225 cabem as mesmas pessoas mas com uma configuração de submarino, mas isso acho ser um detalhe menor, mas o mais gritante é o ruido, voando uma hora e meia em um destes vc chega a ficar surdo! No pouso e… Read more »

Franco Ferreira
Visitante
Franco Ferreira

1- Nunão – Obrigado – Aprendi.

2- Hrotor – Elogio em “causa própria” é vitupério!!! (Aqui entra o bonequinho rindo que eu não sei onde está!) A tua dissertação não esgota o assunto; mas não contém nenhum erro!!! A 2ª parte sobrepuja de longe ao vitupério. Parabéns!

HRotor
Visitante
Member
HRotor

As impressões do Galeão corroboram com tantas outras, entre passageiros e tripulantes, quando comparam o EC225 e o S92. Mas é a BHS quem mais opera os helicópteros de grande porte, tanto 225 como 92. A Líder opera o 92 e recentemente adquiriu uma dúzia de 225, ainda não entregues. A Aeróleo opera vários Super Pumas e a Omni está adquirindo também seus grande-porte, dos 2 tipos. A Sikorsky tem essa “mania” de buscar a excelência no desenvolvimento de novos projetos, como o Black Hawk para uso militar e o S76 e S92 para o mercado off-shore. Já a Bell… Read more »

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Interessante…. mas este é se não me engano o QUARTO acidente com esta aeronave no mar do norte. Eu e o Juarez Martinez já temos o PDF com o boletim preliminar da AAIB com a investigação deste acidente com o helicóptero da CHC…. Algumas considerações: o eixo da transmissão que se rompeu foi exatamente o mesmo que derrubou o He da Bond em maio; – informações dadas pela Eurocopter em agosto de que o acidente da Bond teria sido um alarme expúrio (alarme falso interpretado como pane real) é mentira, pois esse boletim sita o rompimento do eixo e suas… Read more »

Baschera
Visitante
Member
Baschera

HRotor, Segundo a minha fonte (piloto): “arrisco dizer que a parada dos EC-225/725 e de grande parte dos AS-332 mais modernos vai ser longa. A causa foi o rompimeto de um eixo interno da MGB que movimenta as bombas de óleo lubrificante e tambem o sistema de emergência de glicol, por isso esse último não funcionou. Já é fato constatado que o processo de fabricação do eixo é inadequado e terá que ser reformulado (o tipo de liga metálica ou sua densidade). Porem, o AAIB está estudando se o sistema de lubrificação como um todo não terá que ser remodelado…… Read more »

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Mais desdobramentos do acidente e consequente interdição a operação de aeronaves EC-225 e AS-332:

“The EAD now affects all EC225s and AS332s fitted with bevel gear vertical shafts, regardless of serial number. It reduces the time interval for helicopters operated over water for downloading and reviewing data recorded by the aircraft’s Vibration Health Monitoring system. It also bans overwater flights by any of the type if they have no VHM system fitted, or an unserviceable VHM.”

(http://www.flightglobal.com/news/articles/Operators-return-some-Super-Pumas-to-work-as-EASA-widens-safety-ruling-378130/)

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.
Vader
Visitante
Member

Meu Deus, e esse LIXO nos custou, cada um, o preço de um F-16.

Inacreditável. Inacreditável. Inacreditável. (1.000 X)

Tem nada não. Como diz o Juarez, Jesus tá vendo. Um dia alguém vai pagar por isso.

Clésio Luiz
Visitante
Member
Clésio Luiz

@Mauricio R.

Eu não menciono aqui nem um terço dos problemas, de aeronaves americanas, que leio nos sites de notícias como o Flight Global. Afinal, seria taxado de ser xenofobo. Mas essas vergonha eu sei que outros não possuem.

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Vader disse: 27 de outubro de 2012 às 8:02 Meu Deus, e esse LIXO nos custou, cada um, o preço de um F-16. Um dia alguém vai pagar por isso Se vão pagar ou devolver a nossa grana eu não sei….não sou muito otimista neste ponto….. mas dizem que este “negocião” é cacaca de galinha perto de um outro “submersível entubado”….. e que seria mais ou menos do tamanho do negócio que o Sr. “Prateleira nunca mais” quase nos enfia naquele lugar….. Depois dizem que que são honestos, pensam a longo prazo…. querem salvar o Brasil “dusamericanú”…. claro, americano não… Read more »

Optimus
Visitante
Optimus

Marcos disse:
26 de outubro de 2012 às 12:48

Esqueça meu caro, o Brasil não tem essa sorte..

RomauBR
Visitante
RomauBR

Caro Baschera,

creio piamente que no caso de embate entre Jesus e o anjo da guarda do “nine fingers”, o último prevalece. É incrível sua capacidade de se esquivar dos dejetos – gerados e lançados por ele mesmo – nesse imenso mar de lama que se tornou nosso querido Lisarb.

Nick
Visitante
Member
Nick

Pode estar na hora de fazer um RECALL. 🙂

[]’s