Home Asas Rotativas Um resumo da Força Aérea Austríaca, numa só foto…

Um resumo da Força Aérea Austríaca, numa só foto…

672
22

…ou em mais algumas, para quem não se contenta com apenas uma imagem

Na foto acima, pode-se ver todos os tipos de aeronaves, de asa fixa e asas rotativas, que equipam a Força Aérea Austríaca. A imagem é particularmente interessante por permitir uma comparação entre os tamanhos dos aviões e helicópteros.

Como nas discussões de ontem (17 de outubro) essa força aérea entrou no debate dos leitores, resolvemos mostrar em algumas fotos os tipos que a equipam. São imagens para praticamente todos os gostos, afinal, não é só de caças que se faz uma força aérea. Algumas das fotos estão em formato grande, adequado a “papel de parede”. Clique para ampliar.

Para ver outras belas imagens em alta resolução, nesse caso dos Typhoons austríacos (embora numa das matérias eles estejam em companhia de caças bem conhecidos por aqui), clique nos links mais abaixo.

FOTOS: Força Aérea Austríaca

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
22 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Roberto F Santana
Roberto F Santana
7 anos atrás

Off-Topic.

Caríssimos editores,

Como o Poder Aéreo deixa passar um acontecimento histórico que foi a celebração dos 65 anos do primeiro voo super sônico?
Ficaria insuportável ser necessário passar pelos constragedores e cansativos filtros de cadastros, logins e senhas de outros sites.

Roberto F Santana
Roberto F Santana
7 anos atrás

Teve um tempo que os austriacos voavam os Draken e eram proibidos de usarem mísseis ar-ar, valiam-se somente de um par de Aden de 30mm e usavam um helicóptero que valia por todos esses da foto, o CH-53.

champs
champs
7 anos atrás

Esta primeira foto é linda.

Bem que poderia se tornar padrão para a apresentação de cada Força Aérea, o problema é que as grandes FAs precisariam de uma enorme distância para conseguir tirar uma foto deste tipo.

Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás

O C-130 “probe equiped” é ex-RAF.

Hamadjr
Hamadjr
7 anos atrás

E aqui … tudo na mesma

Giordani
7 anos atrás

Dom Robert,

Eu não sabia dessa proibição. Conte-nos mais. E o Draken é, foi e sempre será o mais belo avião de toda a história da caça militar!

Esse SAAB 105 é muito feio! Ele o A-37 são verdadeiros protagonistas de filme de terror!

Alguém se anima a fazer uma fotomontagem assim com os vetores da FAB? É capaz de estragar o dia do vivente…

Clésio Luiz
Clésio Luiz
7 anos atrás

Depois da 2ª guerra, Finlândia e Áustria sofreram sansões por causa do envolvimento com a Alemanha. Uma série de restrições que lhes foram impostas, como o nº de aeronaves que eles podiam adquirir.

Com o fim da Guerra Fria e o surgimento da União Europeia, as sansões foram levantadas e agora todo mundo é amiguinho nas zoropa.

claudiocalabria
claudiocalabria
7 anos atrás

Nesta imagem com todas as aeronaves é possível ver o tamanho do Typhoon, muita gente acha que esse avião é pequeno, mas ele é um caça bem grande, além de ser muito bom e bonito.

Blind Man's Bluff
Blind Man's Bluff
7 anos atrás

Sou só eu que tenho essa impressão, ou parece que, para um país predominante de montanhas, falta um helicoptero de ataque (dedicado)?

Roberto F Santana
Roberto F Santana
7 anos atrás

Prezado Nunão, Tudo bem, com mais de cem de aviação, todo dia tem algo a se comemorar, é difícil ficar de olho em tudo. Prezados Giordani e Clésio, O que sei é isso que o Clésio disse, no caso específico do míssil ar-ar deve ter sido pela então avançada tecnologia. A Finlândia apoiava o nazismo, tinha uma enorme suástica no cocar de seus aviões, a Áustria era terra natal de Hitler, essas sanções desapareceram talvez com a certeza de que toda a geração de ex-combatentes deixasse de existir.O interessante é que a Itália e a própria Alemanha foram empanturrados de… Read more »

Roberto F Santana
Roberto F Santana
7 anos atrás

Só não entendi uma coisa.
O camarada aprende a voar num turbo-hélice(!) PC-7, passa para o Saab feioso e vai direto paro Typhoon?

Roberto F Santana
Roberto F Santana
7 anos atrás

Obrigado Nunão,

Seis, sete ou oito horas por mês de voo, aí não vale a pena investir no profissional.
O avião é muito caro, ninguém aguenta isso.
É uma força aérea enxuta, sem a coleção inútil tipica dos países latino-americanos.
No futuro,avião de caça mesmo, será para poucos.

Um detalhe, um piloto desses quando não voa, não deve ficar à toa, deve ficar em frente ao computador estudando pilhas e pilhas de manuais.

Giordani
7 anos atrás

Li a um tempo atrás uma entrevista com um oficial europeu (acho, mas não tenho certeza, de que era sueco) que os pilotos complementariam as horas de voo no simulador…resumidamente, o oficial com um sorriso estampado no rosto só faltou dizer que seria algo como um “pré UAV”… Acho que foi no governo sarney que a FAB bateu no fundo do poço…80hs/ano era o que o governo liberava para os pilotos…teve até uma reportagem da veja, comparando com o padrão OTAN… É..tá feia a ‘cosa’…enquanto isso, a china dê-lhe empilhar novos jatos em suas fileiras…

HRotor
HRotor
7 anos atrás

Mas essa foto inicial do post esta mesmo bacana demais!
(a primeira vista, achava que era plastimodelismo rsrsrs….)

Ozawa
Ozawa
7 anos atrás

OFF TOPIC²… Aos 89 anos, primeiro “homem supersônico” quebra a barreira do som novamente. Você talvez não saiba, mas um homem chamado Chuck Yeager foi o primeiro “homem supersônico” do mundo. Para isso, quebrou a barreira do som com um avião Bell X-1 em 14 de outubro de 1947. Para comemorar o aniversário de 65 anos de seu feito, a Força Aérea dos Estados Unidos convidou o ex-piloto (agora com 89 anos) para um novo voo. Desta vez, ele não foi como piloto, mas sim como acompanhante de um outro capitão da Força Aérea. A bordo de um caça a… Read more »

Roberto F Santana
Roberto F Santana
7 anos atrás

Muito bom Ozawa.

O general está muito bem, 89 anos poucos conseguem chegar.
Nesse vídeo existe muito para se comentar, a cena em 05:48 em que o velho piloto admira, como um simples passageiro, o lugar que faz parte de sua vida, que é a sua vida; representa e mostra duas das maiores qualidades desse aviador: simplicidade e humildade.

_RJ_
_RJ_
7 anos atrás

Alguém se habilita a fazer um desenho das aeronaves da FAB no estilo da primeira foto desse post?
Daria um porter fantástico (e gigante)!

Max
Max
7 anos atrás

_RJ_, se me enviarem referencias fotográficas de boa qualidade posso produzir uma ilustração a base de aerografia com um estilo bem realista.
Sou meio que discípulo de um artista Americano chamado Dru Blair que fez muita coisa para a força aérea de lá.
Faz uma busca no Google images com o nome dele entre aspas.

Guilherme Poggio
Reply to  Max
7 anos atrás

Esclarecimentos enviados pelo leitor Rafael Moreira Furtado sobre a Força Aérea da Finlândia A Ilmavoimat foi criada em como uma força independente em 6/3/1918, com as primeiras aeronaves sendo doadas por um conde sueco, Erik von Rosen. A suástica foi uma forma de homenageá-lo, pois era sua insígnia de boa sorte. Elas ainda são vistas em muitos emblemas tradicionais da Força Aérea, e não possuem nenhuma relação com as suásticas nazistas da década de 30. E a Finlândia, de fato, foi aliada da Alemanha Nazista. Mas porque estava em guerra com a União Soviética desde 1939, em uma guerra clara… Read more »

Roberto F Santana
Roberto F Santana
7 anos atrás

Prezado Rafael Moreira e Guilherme Poggio, Não seria aqui neste site, por razões óbvias, discutir a suástica, que tem sua origem na gnose. Não devemos ser simplistas em considar a suástica como um “insígna de boa sorte” e seria muita ingenuidade, de qualquer ser humano ou nação, achar que usar tal símbolo nas armas em plena década de trinta, não poderia haver nenhum desdobramento futuro ou comprometimento. O Japão não tinha nenhuma “afinidade ideológica” com a Alemanha de Hitler, entretanto era um de seus aliados.Basicamente, guerras são feitas por disputas de territórios, atrás disso se coloca de tudo, religião, política,… Read more »