Home Indústria Aeroespacial Sai acordo preliminar para o Iraque adquirir 28 jatos L-159 tchecos

Sai acordo preliminar para o Iraque adquirir 28 jatos L-159 tchecos

247
4

Segundo o Ministro da Defesa da República Tcheca, Alexandr Vondra, a fabricante Aero Vodochody vai entregar 28 jatos treinadores avançados e de ataque leve L-159 à Força Aérea Iraquiana, após um acordo preliminar ter sido conseguido nesta sexta-feira, 12 de outubro. As informações são da RIA Novosti.

“A República Tcheca concordou em entregar 28 aeronaves L-159 na versão biposta”, disse Vondra, acrescentando que 24 dos jatos serão novos. Os outros quatro são aviões que já operaram, por pouco tempo, na Força Aérea da República Tcheca. Os L-159 podem ser equipados com mísseis ar-ar Sidewinder, pods designadores e bombas guiadas a laser, segundo a reportagem. 

Também foi divulgada a notícia de que o valor do acordo é estimado em 1 bilhão de dólares e que, agora, ocorrerão negociações sobre os detalhes finais do futuro contrato. Conversações sobre esse acordo já vinham sendo feitas há três anos, pois o Iraque necessita de jatos treinadores avançados com urgência, estando em meio a um processo de receber caças a jato F-16C da norte-americana Lockheed Martin.

FONTE: RIA Novosti

FOTOS: Aero Vodochody

NOTA DO EDITOR: até o momento da publicação desta matéria (14h de 12/10), o site da Aero Vodochody não falava ainda desse possível acordo, mas trazia notícia sobre a visita de uma delegação iraquiana à fábrica (clique aqui para acessar nota, em inglês), a qual participou de discussões focadas no L-159.

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos
Marcos
8 anos atrás

Com aviônica americana, é claro.

Só na Repúbliqueta de Budaslávia é que são contra os americanos e a favor de um monte de países ditatoriais e financiadores do terrorismo internacional.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
8 anos atrás

Se eu não me engano os tchecos estão com um lote de L-159 encalhados. Esse deve ser o motivo pelo qual os iraquianos estão pegando eles, pois estão disponíveis agora e não daqui a alguns anos.

Baschera
Baschera
8 anos atrás

Também achei que seriam “usados”… mas a matéria cita que serão “apenas” quatro e os outros novos…..

Sei lá, desconhecia que seus sistemas e partes ainda pudessem ser fabricados…. até porque o mesmo negócio, porém menor em quantidades, o qual se mencionava somente unidades usadas, havia sido oferecido a Bolívia… mas Tio Sam vetou….

Sds.