Home Aviação Naval Fase 1 do projeto do Sea Gripen está perto de ser completada

Fase 1 do projeto do Sea Gripen está perto de ser completada

361
19

A Jane’s divulgou, na semana passada que a Saab está perto de terminar a fase 1 de estudos de projeto para uma versão do caça multitarefa Gripen NG (nova geração) capaz de operar em porta-aviões. As informações foram passadas à IHS Jane’s pela própria Saab.

Após anos de trabalho de design preliminar e de estudos de viabilidade, os planos para o Sea Gripen serão concretizados no final deste mês de agosto pela equipe formada por engenheiros suecos e britânicos. A informação foi dada por  Tony Ogilvy, diretor geral de aeronáutica e chefe do centro de projeto do Sea Gripen na Saab do Reino Unido (Saab UK).

FONTE: Jane’s

VEJA TAMBÉM:

19 COMMENTS

  1. Eu nunca fui muito fã do Gripen para o FX-2 porque o que foi oferecido ao Brasil é um caso clássico de “non ecziste”, alías como o programa FX.
    Provavelmente o “Sea” sai antes do “NG” e o “NG” sai antes do NCC-1701 Enterprise.

  2. Por “não existir” é que seria ideal para o Brasil, já que nos permitiria participar ativamente do projeto, tanto na arquitetura da aeronave, como tendo acessos aos softwares para calibrações, ajustes, configurações, etc.

    E aproveitando: o Mundo segue, o Brasil…

  3. OLá,

    Bom discordando do Giordani, acho que o Sea-AMX é melhor, já que é mais especifico e tem as “maiores pernas” da força.

    kkkkk

    Abraços,

  4. Marcos disse:
    16 de agosto de 2012 às 23:04

    “Por “não existir” é que seria ideal para o Brasil, já que nos permitiria participar ativamente do projeto…”

    Neste ponto concordo com o Marcos, não era o que o Brasil queria? Desenvolver, montar e exportar nos moldes do que a Embraer faz hoje no mercado civil?
    A questão deve ser a que custo e a que prazo seria feito isso, ao custo de aquisição proposto pelos suecos ou teria um custo adicional de desenvolvimento? E o prazo excederia 2016 para o primeiro lote?

    Sobre o Sea Gripen sou contra por causa da demanda, custo alto para pouca demanda, são poucos os países que operam ou vão operar PA, e todos já escolheram os caças que vão operar.

    Sempre lembrando que no meu ponto de vista o Gripen só vale a pena numa composição Hi-low, e o Hi viria de prateleira mesmo a não ser que a transferência ocorresse em sistemas diferentes do transferido pelo Gripen (exemplo: motor que os suecos não podem tranferir).

  5. Senhores,

    “Não Existe”? Como assim?

    Pelo que li o NG já foi vendido para a Suécia e a Suíça, no ritmo do projeto Fx brasileiro (12 anos se não me engano) é capaz do Gripen “Sea” estar com um protótipo voando antes de finalizarmos o recebimento dos nossos 36 aviões.

  6. Mauricio R. disse: 17 de agosto de 2012 às 11:11

    Senhores,

    Acho que esse avião seria interessante para os operadores de Gripen que desejassem uma comunalidade entre aviões da força aérea e marinha, ou seja, Suécia, Suíça, África do Sul, etc.

  7. Caro Giordani:

    Ele já veio.

    No poema do século XIV “Orlando Furioso”, o primo de Orlando vai até a LUA para recuperar o juízo perdido por aquele. E vai voando até lá montado num hipoGRIFO, naquela que foi a primeira viagem espacial da literatura.

    Pois é. Vivemos em uma época medíocre.

    Não conseguimos pensar nada que já não tenha sido pensado antes.

  8. sE FOR PARA ENTRAR EM ALGUM PROJETO DE DESENVOLVIMENTO QUE ENTREMOS EM UM DE 5ª gERAÇÃO, NÃO NO gRILO DOS mARES.

    NOTA DO EDITOR: FAVOR ESCREVER COM LETRAS MINÚSCULAS

  9. Caro Fabio,

    SE esse projeto fosse desenvolvido por aqui não seria contra não. 🙂

    Mas também concordo que deveríamos estar AGORA já com o contrato de desenvolvimento e fabricação de um caça conjunto de 5ª geração para receber por volta de 2025/30.

    []’s

  10. esse é mais um recado para o gov.br… acho que é a melhor maneira do BR ficar neutro é indo de Gripen mesmo… Na dúvida entre Obama e Hollande, vai de Rainha Silvia! Gripen BR FAB e MB, pronto. Acabou! Só falta a nossa rainha Dilma assinar…

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here