Home Tecnologia Projeto do avião KC-390 realiza ensaios em túnel de vento na Holanda

Projeto do avião KC-390 realiza ensaios em túnel de vento na Holanda

286
7

Uma equipe da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC) acompanhou (05/07) a realização de ensaio no túnel de vento subsônico com a aeronave KC-390, em Marknesse, Holanda. A campanha de ensaios tem como objetivo identificar as características aerodinâmicas da aeronave em condições críticas de voo subsônico, utilizando técnicas de medição de última geração, baseadas em varredura laser de alta definição.

O KC-390 é o primeiro projeto aeronáutico brasileiro a ser ensaiado no túnel de vento DNW, um dos maiores e mais modernos do mundo. Engenheiros e técnicos da Embraer trabalham conjuntamente com a equipe residente do túnel, em ambiente colaborativo e inovador, gerando resultados essenciais para a continuidade do projeto.

O modelo da aeronave KC-390, especialmente projetado para as campanhas de ensaio na Holanda, é o maior e mais sofisticado já construído pela Embraer, com cerca de cinco metros de comprimento, cinco de envergadura e amplamente instrumentado. Possui superfícies aerodinâmicas móveis e permite a abertura da porta/rampa de carga, bem como a extensão das mangueiras para reabastecimento em voo.

Com estas funcionalidades, é possível realizar uma investigação detalhada da esteira aerodinâmica e da turbulência gerada pela aeronave em condições críticas de voo. Os resultados permitirão confirmar a adequação das soluções de projeto, garantindo a realização segura de missões de reabastecimento em voo de aeronaves de caça e helicópteros, salto de paraquedistas e lançamento de cargas em voo. Serão realizadas, ainda, medições do nível de ruído gerado pelo KC-390 em regimes de pouso e decolagem, importante item para a certificação civil da aeronave.

FONTE / FOTO DO ALTO: FAB

7
Deixe um comentário

avatar
6 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
Mauricio R.Justin CaseFernando "Nunão" De MartiniMarcos Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcos
Visitante
Member
Marcos

O texto dá a entender que os testes de túnel de vento estão sendo feito agora, (talvez AINDA estejam sendo feitos). Mas o vídeo em questão já tem vários meses.

Justin Case
Visitante
Member
Justin Case

Amigos, Essa notícia eu ainda não vi publicada: http://www.flightglobal.com/news/articles/farnborough-kc-390-grows-in-importance-for-embraer-defense-373952/ FARNBOROUGH: KC-390 grows in importance for Embraer Defense By: Andrew Doyle Farnborough 06:00 9 Jul 2012 Source: FlightGlobal The KC-390 tactical military transport/tanker programme will represent 39% of Embraer Defense and Security’s total revenue in 2012, up from 19% last year, and is a big focus of the company’s presence at Farnborough. “We are in a very important phase right now, which is the joint definition phase, and as the project is fully funded by the government, we are getting more revenues and cash to take care of this phase, which… Read more »

Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

E apesar do entendimento c/ a Boeing, a megalomania qnto as vendas de KC-390, continua.
Coitada da Boeing, não deve ter percebido ainda, a relaidade daquilo que a espera.

Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

Me desculpem a postagem seguida, mas não resistí a tanta burrice:

a) “I think we are going to be the first [ahead of the Chinese/Russian MTA], which…”

Maguou!!!

O correto seria: “…Indian/Russian MTA…”

Rússia, Índia e China, deveriam chamar o parceiro de BRICS p/ uma “conversinha reservada”, se é que vcs me entendem…

b) “We don’t see any obstacle to trying to sell to France.”

Talvez não considerem que o A-400M “Atlas”, foi pensado p/ ser o substituto europeu dos C-130E/H e C-160 Transall, aeronaves de capacidade e desempenho bem parecidos.

Justin Case
Visitante
Member
Justin Case

Maurício R., boa tarde.

Como está entre colchetes, creio que o “[ahead of Chinese/Russian MTA]” foi inserido pelo articulista para “explicar o contexto”, não fazendo parte do que foi dito pela Embraer.
Abraço,

Justin

Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

Justin,

E eu continuo achando que a mancada, foi mesmo do executivo da Embraer.
É o próprio executivo, quem faz e explica a comparação, não há no texto referência prévia ao MTA; mas sim ao C-130 Hércules.
Mas enfim, cada um pensa o que quiser.