Home Noticiário Internacional Aviões C-105 Amazonas da FAB estão parando por falta de peças barradas...

Aviões C-105 Amazonas da FAB estão parando por falta de peças barradas na Receita Federal

436
32

Segundo uma fonte, a empresa que faz o CLS (Contrato de Suporte Logístico) do C-295 na FAB (C-105 Amazonas) há 5 anos, está com problemas com a Receita Federal no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro.

Enquanto isso, a frota de C-105 está entrando em colapso e 4 aeronaves estão em AOG. O problema se agrava com a chegada da Rio+20 e a maior cheia do Rio Negro, pois o C-105 é a aeronave que faz a integração do Calha Norte na Amazônia e auxilia as populações ribeirinhas da região.

Subscribe
Notify of
guest
32 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fernando "Nunão" De Martini
Editor
7 anos atrás

O que mais me surpreende é que esse tipo de notícia não me surpreende mais.

Marcos
Marcos
7 anos atrás

“Nunão”

O que mais surpreende é que, ainda pode piorar.

Sds

Daglian
Daglian
7 anos atrás

Eu não sei nem o que dizer. O descaso com as nossas forças armadas chegaram à este ponto. Só resta rir quando dizem “Brasil potência”.

Vader
7 anos atrás

Inacreditável. Inacreditável. Inacreditável. Inacreditável… (1000X)

Às vezes eu acho que nosso país não foi descoberto. Foi evacuado…

De fato, só resta rir.

Optimus
Optimus
7 anos atrás

Os últimos 3 posts são um retrato tragicômico do que anda a FAB e as forças (des)armadas num geral no Brasil… Uma Força de transporte VIP para bajuladores e pra botar banca de potencia rica pros outros… Uma barganha comercial travestida de concorrência aeronáutica (F-X2) pra quem me dá mais, mas cobrando menos e sendo mais meu “camarada” – qnd aspectos técnico/econômico/logístico deveriam ser os motes da mesma… E por finalizar a bagunça burrocrática desse país consegue ainda atrapalhar e até impedir que os atuais (e parcos) recursos consigam ser utilizados a minimamente a contento… pq certamente nessa ai, alguém… Read more »

mc_jota21
mc_jota21
7 anos atrás

Problemas alfandegários ocorrem em muitos setores de extrema importância em nosso país.
Lembro-me das várias vezes que eu e meus amigos precisavamos de insumos importados em nossas pesquisas (atuávamos na área da biotecnologia em um instituto federal) e estas paravam na alfândega por conta da burocracia.
O Brasil perde muito, em termos de pesquisa, por conta disso.(o que poderia render publicações e posteriores patentes).

Justin Case
Justin Case
7 anos atrás

Amigos, Esse trânsito de equipamentos, componentes e “spare parts” é ajustado com todos os interessados antes mesmo de ser assinado o contrato de CLS. Como esses aviões já voam há alguns anos, algo deve ter mudado nas regras que regem essa importação/exportação. O processo tem que ser atualizado/ajustado e, eventualmente, isso tem reflexos financeiros. Pelas práticas comerciais, se foi o próprio governo que alterou as regras, ele terá que assumir os ônus financeiros dessa decisão. Mas os processos burocráticos são lentos e não é fácil obter recurso$$$ adicionais para resolver o problema. Ainda assim, é difícil julgar ou criticar se… Read more »

Observador
Observador
7 anos atrás

Senhores, Isto é mais uma amostra de que a Defesa não é prioridade alguma. E digo mais: se fosse para o GTE, para transportar os inúteis e os vadios de sempre, a Receita Federal resolveria rapidinho. Sobre o que o colega Optimus disse a respeito da imagem do Brasil lá fora, eu vinha alertando isto há tempos: mais dia, menos dia, os estrangeiros iam se tocar do engodo do “brasil putênfia”. “Você pode enganar algumas pessoas todo o tempo. Você pode também enganar todas as pessoas algum tempo. Mas você não pode enganar todas as pessoas todo o tempo”. –… Read more »

Vader
7 anos atrás

Observador disse:
8 de junho de 2012 às 21:45

A frase de Lincoln não se aplica ao “Bravfil Putênfia”: eles jamais me enganaram. Nem por um milésimo de segundo.

Abraço.

Darkman
Darkman
7 anos atrás

Parece piada qdo vc vê uma notícia dessas, falta de comprometimento é enorme a burrocracia nem se fala.
Como pode isso acontecer com Órgãos do próprio GF ???
Não é possível que ninguém esteja interessado em resolver essa situação.

Observador
Observador
7 anos atrás

Caro Vader:

Nem a mim.

E nem o povão que elegeu a turma que hoje manda. O nosso povo nunca engoliu as bobagens ideológicas professadas pela esquerda festiva.

Só votaram neles porque sentiam que migalhas estavam caindo da mesa dos poderosos.

Agora o banquete vai acabar e o povo vai votar no primeiro que aparecer.

O problema é que não existem opções.

Vão trocar as moscas. A m… será a mesma.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
7 anos atrás

Inacreditavel…

Pelo menos o GTE ( taxi aereo ) funciona bem e sem problemas.
Em outraas palavras: o Brasil ainda vive de aparecencias.

Quando irao acabar com essa cachorrada???

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
7 anos atrás

Manda logo um pelotao da PE la na PF, e retira esse material na marra.

Corsario137
Corsario137
7 anos atrás

Ineficiência do Ministério da Defesa, incapaz de fazer um telefonema pra Fazenda e resolver isso.

sergiocintra
sergiocintra
7 anos atrás

Tadeu PELO AMOR DE DEUS, a PE da Força Aérea é PA. Mas manda alguém lá pra … Brasília e enquadra 1o.: Ministro da Justiça, Ministro da Fazenda, Ministro da Defesa e o assessor dele, que veio dentro de um C-47 com uma Colt apontada e deletando todos os demais. 2o. Quem fez o contrato de terceirização, onde a prestadora de serviço não pode ter “problemas” fiscais, caso de rescisão e por aí vai. Como sabemos quando há um “crash” são varias as falhas, não uma unica sómente. “Administração é para administradores”, não para porcolíticos e/ou “sindicalistas” que só falam… Read more »

Marcelo Martins
Marcelo Martins
7 anos atrás

Isso só pode ser uma piada. Não é possível.
Só mesmo nessa república das bananas para acontecer essas coisas. Depois essa ____________ desse governo _________de _________ quer que o Brasil faça parte do Conselho de Segurança da ONU. Só pode ser piada mesmo.

COMENTÁRIO EDITADO

Corsario137
Corsario137
7 anos atrás

Comentário sendo editado em 3, 2…

FLIGHTER
FLIGHTER
7 anos atrás

Observador disse: 8 de junho de 2012 às 23:42 O problema é que não existem opções. Vão trocar as moscas. E a “Merla”… será a mesma. É fácil amigo!!!, é só eu, você e outras pessoas que pensam igual a você, ______________, nas próximas eleições, vamos _____________________, com os amigos, colegas e conhecidos, e vamos mandar esta mensagem para estes políticos de “Merla”, não importando de que partido for, saudações. COMENTÁRIO EDITADO – SENHORES, POR FAVOR, NÃO USEM ESSE ESPAÇO PARA PROPAGANDA POLÍTICA, SEJA DE VOTAR EM ALGUÉM OU DE NÃO VOTAR EM NINGUÉM.

FLIGHTER
FLIGHTER
7 anos atrás

Desculpe-me os erros, mas esse assunto me inoja, vamos lá: “pensarem igual a NOS”, “redes SOCIAIS”, “de que partido FOREM”, um abraço a todos…

Nick
Nick
7 anos atrás

Nem tem o que comentar. Um absurdo completo esse assunto. Só nesse país mesmo.

[]’s

Baschera
Baschera
7 anos atrás

Hahahaha….. só rindo não é mesmo !! Porque votando não adianta mais….. Parabéns a todos pelos comentários…. pena que aquela catrefa de bajuladores não aparece agora para defender a corja destes caras que se adonaram da República. Não vou além para não incomodar os moderadores…. Como administrador de empresas tenho vergonha de tentar explicar a meu filho coisas como estas….que só acontecem em países onde se perdeu desde a noção do ridículo até a mais pura vergonha na cara. Não estou mentindo a ele quando digo que a burocracia estatal, em todos os níveis, é composta por um bando de… Read more »

aldoghisolfi
aldoghisolfi
7 anos atrás

Mercadoria considerada estratégica tem passagem livre nas alfândegas…

aldoghisolfi
aldoghisolfi
7 anos atrás

Se não me falha a memória, mercadoria considerada estratégica tem desembaraço imediato e livre nas alfândegas, além do que, nada impediria que um cargueiro da Força fosse buscar as mercadorias na origem e pousasse em casa, restando apenas a precisão de informar a internação dos produtos adquiridos no exterior.

Blind Man's Bluff
Blind Man's Bluff
7 anos atrás

Brasil, um país de tolos.

Corsario137
Corsario137
7 anos atrás

Off Topic: “Dilma descarta redução da meta fiscal”

Link: http://www.valor.com.br/brasil/2696178/dilma-descarta-reducao-da-meta-fiscal

“…Para estimular o investimento privado, o governo decidiu começar a agir. Vai ampliar e acelerar as compras covernamentais… Serão cerca de R$ 10 bilhões em compras governamentais com margem de preferência nas áreas de tecnologia da informação e comunicação, de equipamentos médicos-hospitalares, de tecnologia mais complexa para o Ministério da Defesa…”

wallace
wallace
7 anos atrás

Absurdamente inacreditável técnicos da receita barrando equipamento das forças aéreas… Queria ver fazerem isso na época do regime militar, hehe

Só no Brasil mesmo…

Júlio
Júlio
7 anos atrás

Na verdade, acredito eu, que este foi um erro administrativo por parte da empresa que faz o CLS. A Receita deve estar questionando que se as peças são para as Forças Armadas a empresa não pode solicitar isenção de impostos, via expressa ou algo do genero que somente pode ser feito diretamente pelo Ministério da Defesa ou órgãos relacionados. E pelo jeito como as peças já entraram no país da forma errada é uma encrenca para resolver, tem o jeito rápido, fácil e caro (pagar os impostos e taxas) e o barato, demorado e correto (mandar de volta e importar… Read more »

wallace
wallace
7 anos atrás

Pagar imposto? Pelo que eu saiba governo não paga imposto para governo, mesmo entre esferas diferentes (por exemplo os prédios do governo federal não pagam IPTU)…

sergiocintra
sergiocintra
7 anos atrás

Julio É por aí. Normalmente os auditores da Receita até ajudam e orientam, o que é necessário: é fazer contato. “SE” a empresa contratada tem outros serviços a serem prestados e entram com o pedido num pacote, é mister a taxação. Mesmo que com o desmembramento, seria o correto a taxação. A unica opção de isenção seria a aquisição das peças via “Orgão governamental” e a contratação dos “serviços de manutenção (MO)”. ” ORA CUMpanheiro BASCHERA : TÔ certo ou TÔ errado? Mas tem que ser observado como está regida a cadeia de logística, elaboração de contratos e por aí… Read more »

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
7 anos atrás

sergiocintra,

Eu sei que a PE pertence ao EB, e que a PA e da FAB. Mas a PE tem mais peso e impoem mais respeito.

A PA nao tem a mesma experiencia que a PE possui, especialmente na area de controle de disturbios.

sergiocintra
sergiocintra
7 anos atrás

Tadeu Não esquenta não! Os objetivos são os mesmos, a doutrina a mesma -além disso são todos do Min.da Defesa. As proporções são diferentes em função da quantidade de tropa e a guarnição dos objetivos. Os “jarrões” de acordo com a instituição que se apresenta e o treinamento para o “controle de disturbios” os mesmos. Prendem o “milico” que tiver que prender e só. Embora a lei recente de “poder de polícia” está mais abrangente para as FA’s, o foco ainda é restrito ao ambiente das FA’s. O resto fica com os Federais, que hoje até operam aviões, drones e… Read more »

Guilherme Poggio
Editor
7 anos atrás

Pessoal

Lembrando a todos que quando um avião chega do exterior, MESMO SENDO DA FAB, ele recebe a visita de uma equipe da PF e da ANVISA.