Home Noticiário Internacional Rússia quer cinco vezes mais caças de quinta geração

Rússia quer cinco vezes mais caças de quinta geração

205
21

O número de caças russos de quinta geração T-50, do programa Complexo Aéreo para as Forças Aéreas Tácticas (PAK-FA) vai aumentar em quase cinco vezes até 2015, informou o Comandante da Força Aérea da Rússia, general Aleksandr Zelin.

O primeiro voo do PAK-FA foi realizado em 29 de janeiro de 2010 em Komsomolsk on Amur. O segundo aconteceu na mesma cidade no início de março 2011. Atualmente, estão sendo intensificados os testes com este modelo de avião.

FONTE: Diário da Rússia

COLABOROU: Henrique C. O.

Subscribe
Notify of
guest
21 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
alphasr71a
alphasr71a
8 anos atrás

Prevejo a reativação do programa F-22…

Edgar
Admin
8 anos atrás

alphasr71a, até que o contingente de Su-50(?) atinja o de F-22, a USAF já irá contar em seu inventário com aeronaves de 6ª geração, e os esforços da indústria aeroespacial americana atualmente estão no desenvolvimento desta nova tecnologia, além, é claro, das entregas por parte da LM dos mais de 2.000 F-35.

Marcelo
Marcelo
8 anos atrás

Edgar, parece que você não está acompanhando o caso do F-35 ou é muito otimista…

Latino dark
Latino dark
8 anos atrás

Seja como for , esse otimo projeto foi nos orfertado ,e nossos politiqueiros disseram não ,sera que o Chaves pretende comprar umas unidades de pak fa ? na opinião sim .

sds

Rogério
Rogério
8 anos atrás

Marcelo, parece que vc é que esta mt otimista em relação ao PAK FA, se os EUA enfrentam problemas em relação ao F-35, mesmo com o know que eles tiveram com F-117, B-2 e F-22 imagine a Rússia que começou agora no mundo stealth, ou vai ver o mesmo não é tão sofisticado assim né, pq se for enfrentarão problemas igualmente, só ver o quão atrasado esta o INS Vikramaditya.

[]s

Marcelo
Marcelo
8 anos atrás

Rogerio, o F-35 está com problemas não na capacidade stealth, acho que só isso é que não está com problemas! Ele está com: – atraso no software, – trincas no suporte da porta do fan da versão STOVL – trincas nas raizes das asas de todas as versões – mal posicionamento do gancho de parada da versão C (Carrier) – problemas sérios na unidade que é um APU, gerador elétrico e pack ECS ao mesmo tempo – “lag” no display de capacete que substitui o HUD (o pak-fa terá HUD) isso o que eu lembro de cabeça! Inclusive pode até… Read more »

alphasr71a
alphasr71a
8 anos atrás

Desenvolver um jato demora anos e custa muito caro… Mesmo para um projeto que possa estar em andamento e adiantado. Reativar o programa do F-22, que já está “pronto”, seria muito mais provável do que esperar um caça de sexta geração.

Nick
Nick
8 anos atrás

Cinco vezes o que?? Qual seria essa quantidade?????

Rogério
Rogério
8 anos atrás

E vc acha que os russos completarão o programa PAF FA sem nenhum problema? Me lembro de uma reportagem antiga onde o comandante de um esquadrão de Tu-160 reclamava com a Tupolev que eles haviam entregado 20 aviõe diferentes e não 20 aviões do mesmo tipo, onde era impossivel transferir o motor esquerdo p/ o direito tamanha falta de padronização, sequer poderiam usar uma aeronave p/ canibalização devido a isso. Tb teve o problema da devolução dos caças MiG-29, em 2007, que eram de qualidade inferior. Ou seja os engenheiros russos não são superiores em nada. “..mas isso não irá… Read more »

Edgar
Admin
8 anos atrás

Marcelo, independente de sua opinião a respeito do programa JSF, a tabela da página 88 do documento abaixo especifica a quantidade de F-35 adquiridos pelas nações participantes, sem contar as compras de Israel e do Japão: http://www.jsf.mil/downloads/documents/JSF_PSFD_MOU_-_Update_4_2010.PDF Ao todo, oficialmente, serão produzidos 3.173 unidades, as quais: Australia – 100 Canada – 80 Denmark – 48 Italy – 131 Netherlands – 85 Norway – 48 Turkey – 100 United Kingdom – 138 United States – 2.443 Creio que eu fui é bem pessimista em meu comentário, excluí mais de 1100 unidades do programa JSF. Sobre o PAK-FA, se os Russos desejarem… Read more »

joseboscojr
joseboscojr
8 anos atrás

Uma coisa salta ao olhos do progrma PAK-FA em relação ao F-35, realmente não se divulga nenhum problema sobre o primeiro.

Marcelo
Marcelo
8 anos atrás

1×1 sem dúvida o B-2, o problema é o preço dele, o que está começando a acontecer com o F-35, que era para custar 40 milhoes de dolares e está atualmente em 150 milhões.

Sobre a capacidade stealth do PAK-FA só saberemos se será melhor ou pior que o F-35, quando ele entrar em operação, agora são só suposições. De qualquer forma, ele possuirá um radar maior que o do F-35 , além das antenas laterais na Banda L. Isso pode ser que compense a deficiência em “stealthness”.

Daglian
Daglian
8 anos atrás

Com certeza o F-35 será “mais stealth” que o PAKFA. Basta ver a experiência dos americanos com o F-22, F-117 e B-2.

Mas não é por isso que o PAKFA deixará de ser stealth também, mas será menos que o F-35 [na minha opinião]. Aliás, comparem o PAKFA com o F-22, a função principal do F-35 não é superioridade aérea, esta sendo do F-22.

ricardo_recife
ricardo_recife
8 anos atrás

O PAK e o F-35 vão ser os grandes adversários do século XXI. Cada vez mais acho que o FX-2 perdeu o bonde.

Caças apresentarem problemas em seu desenvolvimento é normal. Na segunda versão normalmente resolve estes problemas.

uitinaxavier
uitinaxavier
8 anos atrás

Amigos duvidam da capacidade russa os russos já estiveram muito na frente no quesito de aviação de caça, ninguém lembra que foi um cientista russo a propor se não me engano a refração de ondas de radio em 1966, Ao contrário do que pensam grande parte dos analistas ocidentais, e muitos aficcionados por aviação e meios militares, os russos estão bem desenvolvidos no quesito redução de assinaturas por radar (RCS) e na tecnologia de diminuição da assinatura Infravermelha (IR), que diminuem a capacidade e alcance de detecção dos radares e sensores convencionais. Pouca gente sabe que recentemente, os indianos conseguiram… Read more »

Rogério
Rogério
8 anos atrás

uitinaxavier disse:
13 de fevereiro de 2012 às 22:13

Claro Uitina, papel aceita tudo mesmo, o Brasil planeja a 2 frota 30 escoltas e 2 Aerodromos e 4 LPH e 26 submarinos.

Agora só p/ comparar os EUA tem um PIB de $14 tri e planeja adquirir 2000 F-35 enquanto a Rússia c/ PIB de $2 tri vai de 750 Pak FA e 1000 outros caças??? Rsss é papel aceita tudo mesmo.

Pergunta, a Rússia ainda aceita aquela mesada do Japão p/ desmantelar seus SubNucs?

[]s

[

Corsario137
Corsario137
8 anos atrás

Ilações, ilações…

Hammadjr
Hammadjr
8 anos atrás

Concordo plenamente com o Utina, até parece que os só existe capacidade tecnologia em uma parte do mundo, aliás uma das regras dos que tem tecnologia atrasada é fazer crer que realmente eles estão atrasados.

joseboscojr
joseboscojr
8 anos atrás

Ulitinaxavier, Eu posso estar com algum problema de interpretação de textos e ser um analfabeto funcional, mas pelo que li dos comentários dos colegas não vi nenhuma depreciação da tecnologia russa. Simplesmente há um consenso que os americanos dominam melhor a tecnologia stealth. Ninguém disse que os russos estão no tempo do arco e da flecha. Os russos inegavelmente dominam outros segmentos da tecnologia bélica, agora, o bom senso nos permite acreditar que após mais de 30 anos desenvolvendo e operando aeronaves furtivas os americanos estejam á frente. Os entusiastas da tecnologia russa é que se doem muito facilmente. Se… Read more »

joseboscojr
joseboscojr
8 anos atrás

Sempre os soviéticos estiveram à frente naquilo que sua doutrina determinava ser essencial e os americanos, idem. Por exemplo, tendo em vista o poder naval americano, os soviéticos (e agora os russos) se esmeraram na tecnologia de mísseis antinavios. Tendo em vista o conceito americano de obter a superioridade aérea, os soviéticos se esmeraram em ter sistema de mísseis antiaéreos, etc. Os americanos seguiram pelo mesmo caminhos. Tendo em vista a superioridade numérica das forças terrestres do Pacto de Varsóvia, os americanos se esmeraram em ter armas antitanques melhores e mais capazes. Em relação à tecnologia de caças, tanto os… Read more »