Home Sistemas de Armas Turquia vai reescrever o código-fonte de 204 caças F-16

Turquia vai reescrever o código-fonte de 204 caças F-16

377
7

A administração dos EUA concordou em princípio, há quase dois meses, com a transferência de informações sobre códigos de software dos caças Lockheed Martin F-16 para a Turquia. Uma vez que o acordo seja concluído, e se aprovado pelo Congresso dos EUA, a Turquia terá a capacidade de modificar automaticamente os códigos de software do sistemas de armas dos caças com os códigos-fonte nacionais, disseram fontes dos EUA que pediram para não ser nomeadas.

A Turquia vai se tornar a primeira nação, entre as 26 usuárias do F-16, a ter a capacidade de receber informações sobre os código-fonte dos caças F-16 – principalmente dos seus sistemas de armas – permitindo assim substituí-los por software nacional sempre que necessário.

A Lockheed Martin este ano começou a fornecer à Turquia 14 caças F-16C e 16 F-16D sob um contrato de 2007. O custo total de 30 F-16 adicionais foi de US$ 1,78 bilhão.

Sob um contrato separado, assinado em abril de 2005 entre a Turquia e os EUA, 213 caças F-16 turcos estão sendo modernizados a um custo de US$ 1,1 bilhão pela Turkish Aerospace Industries (TAI) em Ankara. A Turquia será capaz de mudar os códigos-fonte do sistema de armas dos seus 204 caças F-16 com códigos nacionais e o acordo nacional for assinado com os EUA. Existem 50 diferentes sistemas de armas em cada F-16 que são secretos.

FONTE: Today’s Zaman

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
jacubao
jacubao
8 anos atrás

213 caças F-16 turcos.
E o Brasil fica enrolando por mais de uma década para comprar apenas 36 caças, e olha que caberia umas 10 turquias no Brasil.

Vader
8 anos atrás

A Turquia é um aliado absolutamente estratégico dos EUA. Utiliza caças americanos há décadas. Abrigou(?) tempos atrás mísseis balísticos norte-americanos. Está no Programa JSF, construindo partes significativas do F-35. Terá após a modernização possivelmente a melhor força de F-16 do mundo. E após décadas de uso de tal vetor e algumas dezenas de bilhões de dólares gastos os americanos lhes liberarão UM dos CINQUENTA códigos-fonte dos caças. Evidentemente porque hoje já contam para si próprios com códigos tremendamente mais avançados. E olha que se trata de um caça de 4a geração, que está com aposentadoria marcada nas forças armadas americanas… Read more »

edcreek
edcreek
8 anos atrás

Olá,

Vader vc foi direto ao ponto, os americanos disseram que liberariam os codigos fontes do F/A-18 Super Hornet muito mais novo e extrategico que o F-16, vc acredita neles?

Sobre o Rafale um dos pré-requisitos para o finado FX-2 erá acesso aos codigos fontes, além de oferecerem isso tambem ofereceram os codigos de programação do radar AESA novo, na proposta. Toda via os codigos são somente Franceses, e os Suecos tem que pedir para quem para liberar os codigos do condenado e sem compradores NG, Inlgeses, Americanos, Sul-Africanos, o projeto mosaico Sueco continua uma incognita.

Abraços,

Justin Case
Justin Case
8 anos atrás

Boa notícia, Galante.

Talvez as coisas estejam mudando, embora pareça faltar ainda alguma coisa:

“…Uma vez que o acordo seja concluído, e se aprovado pelo Congresso dos EUA, a Turquia terá…”

Pena não ter sido possível fazer isso já durante a modernização que está sendo feita na TAI. O aprendizado poderia ter sido muito maior.

Abraço,

Justin

Antonio M
Antonio M
8 anos atrás

OS EUA até poderão liberar tais códigos, mas porque são aliados de fato e não de “mentirinha” …….

Grifo
Grifo
8 anos atrás

Senhores, liberar o acesso ao código fonte é apenas o começo. Ele permite que o país faça a integração de novos armamentos, mas não dá a ele a capacidade de desenvolver os seus próprio software para futuros aviões. Somente *desenvolvendo junto* é possível adquirir esta capacidade. Mal comparando, se a Microsoft te der o código fonte do Windows, isto não vai te ensinar a desenvolver o seu próprio sistema. Se no entanto você participar do desenvolvimento, estiver envolvido nas decisões deste a concepção e o desenho do software, durante a sua codificação, teste, homologação, isto sim te permitiria dominar o… Read more »

Ivan
Ivan
8 anos atrás

Grifo, Até onde sei, apenas a SAAB ofereceu ao Brasil a possibilidade de desenvolver em conjunto o código fonte do seu candidato ao F-X2, o Gripen NG. Algo que fico batendo sempre, ser co-proprietário do código fonte é algo muito maior que se pensa, é muito mais que ter uma licença de uso. Sendo “dono” do copyright vc pode mudar tudo, simplesmente passa a ter uma base para desenvolver novos produtos. É maior que o F-X2. Observada a importância da notícia para a Turquia, fico convicto que a oportunidade representada pelo programa Gripen NG é fabulosa, até porque o código… Read more »